14185
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Atividade - Brincadeiras com latas

As crianças usarão a imaginação para pensar como transformar latas nos mais diversos objetos.

Plano 04 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Leiry Kelly Silva Oliveira

O que fazer antes?

Contextos prévios:

A proposta pressupõe que as crianças já tenham vivenciado investigações sobre as possíveis transformações com materiais de largo alcance, com base na reflexão de que, a partir de um objeto, podemos criar outro dando a ele novos sentidos e funções. É fundamental acordar com as crianças como poderão coletar as latas de alumínio com a comunidade.

Considere que é por meio das experiências estabelecidas em contextos de aprendizagens ricos que as crianças constroem suas percepções para darem novos sentidos aos objetos. Por isso, é imprescindível que já tenham vivenciado explorações livres com as latas num contexto que oportunizou à elas investigarem, testarem e descobrirem sobre as possibilidades diversas que o material oferece.

Espaços:

Reserve um espaço para a grande roda que será realizada no início e fim da atividade. As latas e os materiais diversos para transformá-las podem ser dispostos em mesas grandes, que facilitem o agrupamento das crianças em torno dos objetos, ou no chão. Atente-se para que a disponibilização dos materiais seja cuidadosa e convidativa, para que as crianças possam se sentir incentivadas e acolhidas a criar o que desejarem a partir das latas.

Materiais:

Latas de alumínio de diversos tamanhos. Atente-se para a qualidade, segurança e higienização das latas antes de oferecê-las para as crianças. Materiais diversos: tintas, pincéis, barbantes, fitas coloridas, pedrinhas, areia, folhas, entre outros materiais que possam ser usados para a transformação da lata.

Tempo sugerido:

Aproximadamente 01 hora e 30 minutos.

Perguntas para guiar suas observações:

1. Quais as estratégias usadas pelas crianças para transformar as latas? Utilizaram materiais para a construção ou a ressignificaram apenas com a imaginação? Criaram brincadeiras a partir das latas?

2. Como as crianças interagiram durante a brincadeira? Brincaram individualmente, em grupo ou em duplas? Construíram composições juntas? Ajudaram umas às outras?

3. De que formas as crianças estão comunicando suas produções, ideias e explorações?


<inicio-h1>

Para incluir todos:

<fim-h1>

Identifique barreiras físicas, comunicacionais ou relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança para interagir com os materiais. Busque estar atento quanto às relações estabelecidas entre as crianças, propondo alternativas para a qualidade das interações e traçando estratégias para que uma criança ajude a outra.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Em grande roda, relembre junto às crianças suas reflexões sobre os materiais recicláveis, suas transformações e as experimentações que a turma realizou em outros momentos com as latas. Compartilhe o propósito da atividade que utilizará as latinhas e a ideia de que podemos usar a imaginação para transformar uma lata comum em diversas coisas fantásticas, como uma casinha ou patas de um grande elefante. Explique que elas poderão escolher as latas e os materiais que desejarem para realizarem suas composições. Acorde com elas a duração da atividade, a organização do material restante e a volta para a grande roda ao fim daatividade.

Possíveis falas do professor neste momento: Crianças, vocês lembram das latinhas que coletamos e exploramos juntos nos últimos dias? (As crianças, provavelmente, irão expressar oralmente algumas lembranças da coleta e da brincadeira com as latas. Acolha as falas e integre-as à contextualização da atividade) Já vimos de diversas formas como podemos modificar materiais e transformá-los em algo totalmente novo. Hoje vocês farão isso com as latinhas. Temos alguns materiais disponíveis para ajudar na transformação e vocês poderão utilizá-los à vontade. Vocês podem escolher o tipo de latas que quiserem e a quantidade necessária para sua ideia, porém vamos ter cuidado para não deixar nenhum amigo sem material. Quando estiver faltando 10 minutos para terminar, vou avisar para vocês que está quase na hora de organizarmos os materiais e voltar à grande roda para compartilhar nossas criações.


2

Convide as crianças para escolherem suas latas e começarem a planejar a transformação com os materiais de forma livre, a partir da observação e da testagem dos materiais disponíveis. Esta é uma etapa em que várias ideias podem emergir, até que escolham uma mais realizável. Acompanhe esta etapa, oferecendo alguns aportes, se necessário, para ajudá-los na tomada de decisões em relação à viabilidade do que decidiram realizar.


3

Circule entre entre as crianças, observando e registrando suas composições e experimentações com os diversos materiais. Seus registros podem ser escritos, ao transcrever a fala de uma criança sobre sua composição, ou registro fotográfico de ações, expressões e outras linguagens das crianças. Seja curioso e demonstre interesse pelas criações das crianças, celebrando suas descobertas e atentando para oportunidades decolaborar com as experimentações. Incentive-as a progredirem de forma autônoma em suas composições. Procure acolher as ideias das crianças, considerando o caráter imaginativo da proposta e a autoria delas em suas criações. Problematize, caso seja necessário, apoiando-as no processo.

Possíveis ações das crianças: Uma criança tenta prender um barbante em uma das latas de forma vertical e não está conseguindo deixar a amarração forte o bastante. O professor poderá se aproximar e, dialogando com a criança e respeitando a autoria de sua composição, ajudá-la a encontrar uma estratégia para terminar a montagem.

Possíveis falas do professor: O que você está fazendo? Será que tem outra forma de tentarmos prender o barbante ou outra lata que você poderia usar? Você gostaria de testar de uma outra forma? O que você acha de pedirmos ajuda à um colega?


4

Diga que faltam 20 minutos para o fim da atividade e que é hora de começarem a finalizar suas criações. Conte que, em 10 minutos, você pedirá a todos que organizem os materiais e disponham suas criações no espaço que destinou para a roda. Diga ao grupo que eles podem organizar da maneira que preferirem, contudo, é necessário que fique de uma forma que todos consigam apreciar as criações. Após esse momento, convide as crianças para apreciarem as obras que o grupo criou. Reserve cerca de 10 minutos para esse momento. Observe como elas se relacionam. O que consideram, como se surpreendem, o que dizem umas às outras e o que mais chamar sua atenção. Em seguida, convide o grupo para se acomodar na grande roda.


Para finalizar:

Já acomodadas na grande roda, convide as crianças a compartilharem suas criações realizadas no dia e como se sentem após este processo de criação. Pergunte sobre suas explorações, que materiais utilizaram e como brincarão com a composição. Incentive-as a se expressarem oralmente e acolha toda forma de expressão, respeitando a individualidade de cada criança.

Desdobramentos

As composições criadas a partir das latas podem ser organizadas dentro da sala, criando um espaço de faz de conta e brincadeira ativa. Essa proposta também pode ser o início de outras experimentações com materiais recicláveis, abrindo oportunidade para a experiências com outros materiais como caixas, pneus, garrafas pet etc.

Engajando as famílias

Uma instalação com as produções das crianças poderá ser montada em um espaço da escola, para apreciação da comunidade escolar que participou da coleta das latinhas. Caso opte por não manter os materiais em sala, as criações podem ser enviadas para casa, junto com os registros escritos e fotografias, para que as crianças continuem a brincadeira com suas famílias.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EF01 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03CG02 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03ET02 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano