14110
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 8º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Exposição oral: corpo que fala!

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 8º ano do EF sobre Exposição oral: corpo que fala!

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Carolina Freitas Gentil Almeida Cangemi

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Recursos indicados
Necessários: canais de envio de mensagens, vídeos e áudios, como WhatsApp ou similares. Dependendo da realidade de cada escola, você também pode encaminhar o material como documento.

Opcionais: Google Formulários (tutoriais: criando um formulário  disponível aqui; salvando as informações no formulário – disponível aqui; analisando e editando gráficos  disponível aqui). 

Tema
Apresente, por meio do WhatsApp, o título da aula: Exposição oral  corpo que fala. Convém considerar que toda atividade discursiva e todas as práticas linguísticas se dão em textos orais ou escritos com a presença de semiologias de outras áreas, como a gestualidade e o olhar, na fala, ou elementos pictóricos e gráficos, na escrita. Assim, as produções discursivas são eventos complexos constituídos de várias ordens simbólicas que podem ir além do recurso estritamente linguístico (cf. MARCUSCH, 2007). Desse modo, conduza sua aula considerando a perspectiva apresentada.

Introdução
Para verificação do conhecimento prévio, será feito um jogo rápido, em duplas, com perguntas sobre as formas de comunicação estabelecidas corporalmente. Para isso, peça que os alunos contatem um colega por chamada de vídeo ou áudio. Encaminhe a eles as imagens do slide do plano original. Questione os alunos a respeito dos aspectos referentes ao comportamento corporal (gestos, postura e expressão facial, por exemplo). Pergunte: a expressão facial das pessoas nas imagens diz algo para você? O quê? Os gestos das personagens são importantes para a interpretação das imagens? Por quê? Observação: direcione a discussão para que os alunos associem as respostas com a forma como os corpos estão. Lembre-se de que as expressões faciais ou os gestos, por exemplo, indicam uma verbalização oral. Logo, percebê-los contribui para um modelo didático que permite o domínio de um objeto de ensino complexo.

Desenvolvimento
Compartilhe com a turma, pelo WhatsApp, o vídeo disponível aqui, que traz um resumo sobre a Guerra do Vietnã. A proposta da autora, Débora Aladim, é resumir um fato histórico importante relacionando-o com o filme Forest Gump. Portanto, no vídeo, há diversas habilidades sendo acionadas, tais como: intertextualidade, conhecimento histórico, síntese, construção composicional, elementos paralinguísticos, elementos cinésicos etc. Solicite a análise, em duplas, do vídeo. Oriente a análise do vídeo de acordo com as observações abaixo:
- abertura/saudação (como a abertura ocorre?);
- introdução ao tema (como o tema é apresentado?);
- apresentação e desenvolvimento do conteúdo (após a apresentação do tema, como a exposição continua?);
- síntese final e/ou conclusão, encerramento (como o fechamento ocorre?).
Solicite que os alunos anotem as respostas em seus cadernos. Veja as possibilidades de respostas no plano original.

Fechamento
Para verificação do conteúdo aprendido na aula, proceda o jogo "Verdadeiro ou Falso" do slide de Fechamento do plano original. Você pode transformar o slide em um quiz e compartilhá-lo com a turma. Uma opção é fazê-lo no Google Forms, pois, desse modo, é possível analisar o índice de acertos e erros automaticamente (veja como usar o Google Forms em Recursos Opcionais). O gabarito da tabela está disponível aqui.

Convite às famílias
Os alunos poderão convidar seus familiares a realizar o jogo “Verdadeiro ou Falso”, do Fechamento. Em seguida, poderão confrontar juntos suas ideias com a resolução da professora.

Sugestão Enviada Por: Michele Batista


Código: LPO8_05SQA04

(EF69LP40) Analisar, em gravações de seminários, conferências rápidas, trechos de palestras, dentre outros, a construção composicional dos gêneros de apresentação – abertura/saudação, introdução ao tema, apresentação do plano de exposição, desenvolvimento dos conteúdos, por meio do encadeamento de temas e subtemas (coesão temática), síntese final e/ou conclusão, encerramento –, os elementos paralinguísticos (tais como: tom e volume da voz, pausas e hesitações – que, em geral, devem ser minimizadas –, modulação de voz e entonação, ritmo, respiração etc.) e cinésicos (tais como: postura corporal, movimentos e gestualidade significativa, expressão facial, contato de olho com plateia, modulação de voz e entonação, sincronia da fala com ferramenta de apoio etc.), para melhor performar apresentações orais no campo da divulgação do conhecimento.

(EF69LP41) Usar adequadamente ferramentas de apoio a apresentações orais, escolhendo e usando tipos e tamanhos de fontes que permitam boa visualização, topicalizando e/ou organizando o conteúdo em itens, inserindo de forma adequada imagens, gráficos, tabelas, formas e elementos gráficos, dimensionando a quantidade de texto (e imagem) por slide, usando progressivamente e de forma harmônica recursos mais sofisticados como efeitos de transição, slides mestres, layouts personalizados etc.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 8º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 8º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas