14106
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 8º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Conhecendo o verbete enciclopédico em detalhes: Traços linguísticos

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 8º ano do EF sobre Conhecendo o verbete enciclopédico em detalhes: Traços linguísticos

Plano 06 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Gleiciane Rosa Vinote Rocha

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é sexta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero verbete de enciclopédia e no campo de atuação das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Dois verbetes enciclopédicos digitais de estilos diferentes, de acordo com o público e o contexto de circulação:
a) Selfie. Wikipedia: a enciclopédia livre. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Selfie>. Acesso em: 9 set. 2018.
b) Selfie. Dicionário Popular. Disponível em: <https://www.dicionariopopular.com/selfie/>. Acesso em: 9 set. 2018.

Internet , datashow/computador ou celulares ou laboratório de informática ou, em último caso, textos impressos com os hiperlinks marcados.

Vídeo-minuto: O que é Selfie? 2015. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=dQp1MlqUyaI>. Acesso em: 9 set. 2018.
caneta marca-texto.

Informações sobre o gênero: Verbete enciclopédico é um gênero textual de natureza expositiva, encontrado, como o nome já diz, em enciclopédias. Elas são organizadas em verbetes. Eles têm como objetivo apresentar definições e informações sobre um determinado assunto, utilizando linguagem objetiva e impessoal. Podem conter gráficos, ilustrações e subdivisões para complementar as informações. Atualmente, há mais uso das enciclopédias virtuais, sendo a WIKIPÉDIA a mais conhecida. Ela é colaborativa, ou seja, todos podem editar e fornecer conteúdo, criando ou modificando um verbete, tornando, assim, o texto dinâmico. A leitura em um verbete enciclopédico impresso e virtual também muda, uma vez que virtualmente ela não é linear e os hipertextos permitem que o leitor opte por diferentes caminhos e textos, aprofundando o tema.
O vídeo-minuto tem como objetivo homenagear, criticar, informar ou gerar humor, tendo um tempo determinado em torno de 1 minuto.

Dificuldades antecipadas: A turma pode ter dificuldade no uso da impessoalização e na compreensão de vocabulário técnico.

Referências sobre o assunto:

ABREU, Márcia Luiza; MURTA, Cláudia Almeida R.; SILVA, Flávio Martins. Enciclopédia x Wikipedia: igualdade na diversidade?. Revista Letra Magna. Disponível em: <http://www.letramagna.com/artigo13_XII.pdf>. Acesso em: 03 jul. 2018.

BARBOSA, Jacqueline P. As práticas de linguagem contemporâneas e a BNCC. Na Ponta do Lápis, n.31, jul 2018. Disponível em: <https://www.escrevendoofuturo.org.br/arquivos/7589/npl31.pdf>. Acesso em: 04 set. 2018.

COSTA, Sérgio Roberto. Dicionário de gêneros textuais. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.
DIONÍSIO, Angela P. Verbetes: um gênero além do dicionário. In: DIONÍSIO, Angela P.; MACHADO, Anna R.; BEZERRA, M. Auxiliadora. Gêneros textuais e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.
DUQUE, Ana Paula. Redação hipertextual coletiva na Wikipedia. Estudos Linguísticos, São Paulo, n.38, set-dez 2009.Disponível em: <http://www.gel.org.br/estudoslinguisticos/volumes/38/EL_V38N3_02.pdf>. Acesso em: 03 jul. 2018.

LIMA, Vanessa. Verbete digital: análise de gênero na Wikipedia. Revista L@el em (Dis- Revista L@el em (Dis-)curso, vol.4, n.2, 2011.Disponível em: <https://revistas.pucsp.br/index.php/revlael/article/view/2991>. Acesso em: 03 jul.2018.
NERY, Alfredina. Escrita de verbetes enciclopédicos. Revista Nova Escola, 2017. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/6043/escrita-de-verbetes-enciclopedicos> Acesso em: 03 jul.2018.
PORSCHE, Sandra Cristina. et al. O gênero verbete no ensino . In: Simpósio Internacional de Gêneros Textuais, 2009, Caxias do Sul-RS. Disponível em: <https://www.ucs.br/ucs/extensao/agenda/eventos/vsiget/portugues/anais/arquivos/o_genero_verbete_no_ensino.pdf>. Acesso em: 03 jul. 2018.
TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gêneros orais: conceituação e caracterização. Anais do SILEL. Volume 3, Número 1. Uberlândia: EDUFU, 2013.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Apresente o tema da aula para os alunos. Não dê maiores informações para não prejudicar o andamento da atividade realizada na introdução.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 9 minutos

Orientações:

1. Pergunte aos alunos se eles conhecem um verbete de enciclopédia e se sabem qual a finalidade dele.

2. Por meio de uma conversação espontânea com os alunos, destaque para os estudantes que um verbete de dicionário tem como finalidade principal explicar o conceito de uma palavra e que o verbete de enciclopédia traz mais informações além da definição, utilizando linguagem objetiva e impessoal. Ele pode conter gráficos, ilustrações e subdivisões para complementar os dados. Também comente que, hoje em dia, a versão mais utilizada é a digital.

3. Não ultrapasse dois minutos nessa questão. Ela é apenas um levantamento de informações prévias sobre o gênero.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Projete os slides acima com as duas definições de selfie para que os alunos possam diferenciá-las. Explique que elas foram retiradas de verbetes enciclopédicos digitais.

Caso não seja possível a projeção, imprima os textos clicando aqui e os distribua para cada aluno.
Foi escolhido este tema por despertar o interesse dos jovens e também por ser algo que faz parte do cotidiano deles. Caso queira usar outra temática, devido ao perfil da turma, pesquise na Internet ou em livros didáticos.

2. Solicite a um aluno que leia, primeiramente a definição 1 e, depois, a outro que leia a definição 2.

3. Em seguida, numa conversa espontânea, peça aos alunos que observem a linguagem dos dois textos e respondam, oralmente, às seguintes questões:
a) A definição b está mais voltada para o público jovem. Por quais razões podemos afirmar isso?
b) Imagine a seguinte situação: Você precisa comprar uma Fanta Laranja e chega ao bar do bairro e solicita: - Por obséquio, o Senhor poderia fornecer-me uma água gaseificada sabor laranja. E o vendedor diz que não tem, mesmo com o balcão cheio desse produto. Reflita: Por que isso aconteceu? Para uma comunicação efetiva , precisamos utilizar sempre a linguagem formal?
4. Peça a dois alunos que, voluntariamente, de forma oral, respondam à questão. Conduza os alunos a refletirem que a definição b está mais voltada para o público jovem porque apresenta uma linguagem mais informal ao utilizar gírias como “sensação” e “tomou conta”.
Sobre a segunda questão, os alunos deverão perceber que a comunicação efetiva não ocorreu porque foi utilizada uma linguagem formal numa situação em que isso não se fazia necessário. Sendo assim, o tipo de linguagem a ser utilizada depende da situação comunicativa em que se está inserido.
5. Fique atento ao tempo de execução desta atividade. Você terá até 7 minutos para realizá-la.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Para realizar as atividades do desenvolvimento, solicite que os alunos façam duplas.
  • Os alunos do oitavo ano nasceram na era intitulada “tecnológica”, em que a transmissão de conteúdo se dá de forma mais dinâmica. Um gênero que se aproxima do verbete de enciclopédia na função de transmitir conteúdos e em aspectos estruturais é o vídeo-minuto. Para analisar em que aspecto da linguagem se assemelham esses gêneros, exiba este vídeo minuto: https://www.youtube.com/watch?v=dQp1MlqUyaI.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça aos alunos que reflitam sobre as seguintes questões:
    O vídeo-minuto é uma forma mais moderna de transmitir conteúdo. Em relação à linguagem, este vídeo-minuto assistido se assemelha à definição 1 ou a 2? Por quê?
  • Conduza os alunos a refletirem que o vídeo-minuto se assemelha mais à definição 2 por ter uma linguagem mais informal, utilizando palavras como “aí”, “pessoal” e a redução “foto”.
  • Fique atento para não ultrapassar 7 minutos nesta atividade junto a do slide anterior.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Projete a tela acima com os verbetes do termo selfie a fim de trabalhar as diferenças linguísticas existentes entre eles.

2. Peça dois alunos que leiam os textos de forma alternada: cada um lê um.
3. Imprima os textos e os distribua para cada aluno.
Clique aqui para imprimir o verbete da Wikipédia.
Clique aqui para imprimir o verbete do Dicionário popular
4. Solicite aos alunos que, pintem, usando caneta marca-texto, de verde os verbos que estão no presente, de amarelo os no passado e de laranja os adjetivos. Em seguida, peça-os que colem os textos no caderno.
5. Para acessar a resolução da atividade, clique aqui. Esta questão deve ser corrigida junto com a atividade 3.
Caso a turma tenha dificuldade em identificar os tempos verbais, retome que o tempo presente refere-se a algo que acontece no momento atual e o tempo passado se refere a algo que já aconteceu.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Após a atividade anterior, projete esta tela e peça aos alunos que, ainda em duplas, reflitam sobre as questões apresentadas nela:
2. Faça uma correção participativa, pedindo aos alunos que respondam de forma espontânea e voluntária às questões. Se nenhum aluno se voluntariar, faça indicações pontuais, estimulando a participação deles. Faça as intervenções que julgar necessárias de modo que os alunos compreendam que no texto 1 há uma mescla no uso do presente e do passado, ambos com 4 ocorrências. Já no texto só há ocorrência do tempo presente.
Além disso, esclareça que no texto 2 há mais uso de adjetivos que servem para descrever mais profundamente os termos citados.
3. Chame a atenção também para o fato de que ambos os textos usam a terceira pessoa, dando efeito de impessoalidade ao texto.
4. Por último, diga que diferente do vídeo-minuto, o texto 1 apresenta uma linguagem formal.
5. Caso os alunos tenham dificuldades para compreender o que é um adjetivo, retome que eles pertencem a classe de palavras responsável por qualificar um substantivo.
Se tiverem dificuldades em entender sobre a pessoa verbal, explique que a primeira pessoa é representada pelos pronomes “eu” e “nós” e a terceira pessoa por “ele” e “eles”.
6. Fique atento para não ultrapassar 23 minutos na realização das atividades deste slide e do anterior.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Solicite que os alunos reflitam sobre a questão projetada.
2. Não ultrapassar 5 minutos na realização desta atividade.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

1. Peça que alguns alunos socializem a resposta dada na questão 1 do slide anterior.
2. Leve-os a perceberem que os dois textos escritos têm mais irregularidades em relação à linguagem apesar de serem do mesmo gênero: verbete de enciclopédia, mostrando que os gêneros textuais, como um verbete de enciclopédia e um vídeo-minuto, possuem relatividade, ou seja, dependendo do público-alvo e de seu objetivo o tipo de linguagem pode variar.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é sexta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero verbete de enciclopédia e no campo de atuação das práticas de estudo e pesquisa. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Dois verbetes enciclopédicos digitais de estilos diferentes, de acordo com o público e o contexto de circulação:
a) Selfie. Wikipedia: a enciclopédia livre. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Selfie>. Acesso em: 9 set. 2018.
b) Selfie. Dicionário Popular. Disponível em: <https://www.dicionariopopular.com/selfie/>. Acesso em: 9 set. 2018.

Internet , datashow/computador ou celulares ou laboratório de informática ou, em último caso, textos impressos com os hiperlinks marcados.

Vídeo-minuto: O que é Selfie? 2015. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=dQp1MlqUyaI>. Acesso em: 9 set. 2018.
caneta marca-texto.

Informações sobre o gênero: Verbete enciclopédico é um gênero textual de natureza expositiva, encontrado, como o nome já diz, em enciclopédias. Elas são organizadas em verbetes. Eles têm como objetivo apresentar definições e informações sobre um determinado assunto, utilizando linguagem objetiva e impessoal. Podem conter gráficos, ilustrações e subdivisões para complementar as informações. Atualmente, há mais uso das enciclopédias virtuais, sendo a WIKIPÉDIA a mais conhecida. Ela é colaborativa, ou seja, todos podem editar e fornecer conteúdo, criando ou modificando um verbete, tornando, assim, o texto dinâmico. A leitura em um verbete enciclopédico impresso e virtual também muda, uma vez que virtualmente ela não é linear e os hipertextos permitem que o leitor opte por diferentes caminhos e textos, aprofundando o tema.
O vídeo-minuto tem como objetivo homenagear, criticar, informar ou gerar humor, tendo um tempo determinado em torno de 1 minuto.

Dificuldades antecipadas: A turma pode ter dificuldade no uso da impessoalização e na compreensão de vocabulário técnico.

Referências sobre o assunto:

ABREU, Márcia Luiza; MURTA, Cláudia Almeida R.; SILVA, Flávio Martins. Enciclopédia x Wikipedia: igualdade na diversidade?. Revista Letra Magna. Disponível em: <http://www.letramagna.com/artigo13_XII.pdf>. Acesso em: 03 jul. 2018.

BARBOSA, Jacqueline P. As práticas de linguagem contemporâneas e a BNCC. Na Ponta do Lápis, n.31, jul 2018. Disponível em: <https://www.escrevendoofuturo.org.br/arquivos/7589/npl31.pdf>. Acesso em: 04 set. 2018.

COSTA, Sérgio Roberto. Dicionário de gêneros textuais. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.
DIONÍSIO, Angela P. Verbetes: um gênero além do dicionário. In: DIONÍSIO, Angela P.; MACHADO, Anna R.; BEZERRA, M. Auxiliadora. Gêneros textuais e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.
DUQUE, Ana Paula. Redação hipertextual coletiva na Wikipedia. Estudos Linguísticos, São Paulo, n.38, set-dez 2009.Disponível em: <http://www.gel.org.br/estudoslinguisticos/volumes/38/EL_V38N3_02.pdf>. Acesso em: 03 jul. 2018.

LIMA, Vanessa. Verbete digital: análise de gênero na Wikipedia. Revista L@el em (Dis- Revista L@el em (Dis-)curso, vol.4, n.2, 2011.Disponível em: <https://revistas.pucsp.br/index.php/revlael/article/view/2991>. Acesso em: 03 jul.2018.
NERY, Alfredina. Escrita de verbetes enciclopédicos. Revista Nova Escola, 2017. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/6043/escrita-de-verbetes-enciclopedicos> Acesso em: 03 jul.2018.
PORSCHE, Sandra Cristina. et al. O gênero verbete no ensino . In: Simpósio Internacional de Gêneros Textuais, 2009, Caxias do Sul-RS. Disponível em: <https://www.ucs.br/ucs/extensao/agenda/eventos/vsiget/portugues/anais/arquivos/o_genero_verbete_no_ensino.pdf>. Acesso em: 03 jul. 2018.
TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gêneros orais: conceituação e caracterização. Anais do SILEL. Volume 3, Número 1. Uberlândia: EDUFU, 2013.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Apresente o tema da aula para os alunos. Não dê maiores informações para não prejudicar o andamento da atividade realizada na introdução.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 9 minutos

Orientações:

1. Pergunte aos alunos se eles conhecem um verbete de enciclopédia e se sabem qual a finalidade dele.

2. Por meio de uma conversação espontânea com os alunos, destaque para os estudantes que um verbete de dicionário tem como finalidade principal explicar o conceito de uma palavra e que o verbete de enciclopédia traz mais informações além da definição, utilizando linguagem objetiva e impessoal. Ele pode conter gráficos, ilustrações e subdivisões para complementar os dados. Também comente que, hoje em dia, a versão mais utilizada é a digital.

3. Não ultrapasse dois minutos nessa questão. Ela é apenas um levantamento de informações prévias sobre o gênero.

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Projete os slides acima com as duas definições de selfie para que os alunos possam diferenciá-las. Explique que elas foram retiradas de verbetes enciclopédicos digitais.

Caso não seja possível a projeção, imprima os textos clicando aqui e os distribua para cada aluno.
Foi escolhido este tema por despertar o interesse dos jovens e também por ser algo que faz parte do cotidiano deles. Caso queira usar outra temática, devido ao perfil da turma, pesquise na Internet ou em livros didáticos.

2. Solicite a um aluno que leia, primeiramente a definição 1 e, depois, a outro que leia a definição 2.

3. Em seguida, numa conversa espontânea, peça aos alunos que observem a linguagem dos dois textos e respondam, oralmente, às seguintes questões:
a) A definição b está mais voltada para o público jovem. Por quais razões podemos afirmar isso?
b) Imagine a seguinte situação: Você precisa comprar uma Fanta Laranja e chega ao bar do bairro e solicita: - Por obséquio, o Senhor poderia fornecer-me uma água gaseificada sabor laranja. E o vendedor diz que não tem, mesmo com o balcão cheio desse produto. Reflita: Por que isso aconteceu? Para uma comunicação efetiva , precisamos utilizar sempre a linguagem formal?
4. Peça a dois alunos que, voluntariamente, de forma oral, respondam à questão. Conduza os alunos a refletirem que a definição b está mais voltada para o público jovem porque apresenta uma linguagem mais informal ao utilizar gírias como “sensação” e “tomou conta”.
Sobre a segunda questão, os alunos deverão perceber que a comunicação efetiva não ocorreu porque foi utilizada uma linguagem formal numa situação em que isso não se fazia necessário. Sendo assim, o tipo de linguagem a ser utilizada depende da situação comunicativa em que se está inserido.
5. Fique atento ao tempo de execução desta atividade. Você terá até 7 minutos para realizá-la.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Para realizar as atividades do desenvolvimento, solicite que os alunos façam duplas.
  • Os alunos do oitavo ano nasceram na era intitulada “tecnológica”, em que a transmissão de conteúdo se dá de forma mais dinâmica. Um gênero que se aproxima do verbete de enciclopédia na função de transmitir conteúdos e em aspectos estruturais é o vídeo-minuto. Para analisar em que aspecto da linguagem se assemelham esses gêneros, exiba este vídeo minuto: https://www.youtube.com/watch?v=dQp1MlqUyaI.
Slide Plano Aula

Orientações:

  • Peça aos alunos que reflitam sobre as seguintes questões:
    O vídeo-minuto é uma forma mais moderna de transmitir conteúdo. Em relação à linguagem, este vídeo-minuto assistido se assemelha à definição 1 ou a 2? Por quê?
  • Conduza os alunos a refletirem que o vídeo-minuto se assemelha mais à definição 2 por ter uma linguagem mais informal, utilizando palavras como “aí”, “pessoal” e a redução “foto”.
  • Fique atento para não ultrapassar 7 minutos nesta atividade junto a do slide anterior.

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Projete a tela acima com os verbetes do termo selfie a fim de trabalhar as diferenças linguísticas existentes entre eles.

2. Peça dois alunos que leiam os textos de forma alternada: cada um lê um.
3. Imprima os textos e os distribua para cada aluno.
Clique aqui para imprimir o verbete da Wikipédia.
Clique aqui para imprimir o verbete do Dicionário popular
4. Solicite aos alunos que, pintem, usando caneta marca-texto, de verde os verbos que estão no presente, de amarelo os no passado e de laranja os adjetivos. Em seguida, peça-os que colem os textos no caderno.
5. Para acessar a resolução da atividade, clique aqui. Esta questão deve ser corrigida junto com a atividade 3.
Caso a turma tenha dificuldade em identificar os tempos verbais, retome que o tempo presente refere-se a algo que acontece no momento atual e o tempo passado se refere a algo que já aconteceu.

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Após a atividade anterior, projete esta tela e peça aos alunos que, ainda em duplas, reflitam sobre as questões apresentadas nela:
2. Faça uma correção participativa, pedindo aos alunos que respondam de forma espontânea e voluntária às questões. Se nenhum aluno se voluntariar, faça indicações pontuais, estimulando a participação deles. Faça as intervenções que julgar necessárias de modo que os alunos compreendam que no texto 1 há uma mescla no uso do presente e do passado, ambos com 4 ocorrências. Já no texto só há ocorrência do tempo presente.
Além disso, esclareça que no texto 2 há mais uso de adjetivos que servem para descrever mais profundamente os termos citados.
3. Chame a atenção também para o fato de que ambos os textos usam a terceira pessoa, dando efeito de impessoalidade ao texto.
4. Por último, diga que diferente do vídeo-minuto, o texto 1 apresenta uma linguagem formal.
5. Caso os alunos tenham dificuldades para compreender o que é um adjetivo, retome que eles pertencem a classe de palavras responsável por qualificar um substantivo.
Se tiverem dificuldades em entender sobre a pessoa verbal, explique que a primeira pessoa é representada pelos pronomes “eu” e “nós” e a terceira pessoa por “ele” e “eles”.
6. Fique atento para não ultrapassar 23 minutos na realização das atividades deste slide e do anterior.

Slide Plano Aula

Orientações:

1. Solicite que os alunos reflitam sobre a questão projetada.
2. Não ultrapassar 5 minutos na realização desta atividade.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

1. Peça que alguns alunos socializem a resposta dada na questão 1 do slide anterior.
2. Leve-os a perceberem que os dois textos escritos têm mais irregularidades em relação à linguagem apesar de serem do mesmo gênero: verbete de enciclopédia, mostrando que os gêneros textuais, como um verbete de enciclopédia e um vídeo-minuto, possuem relatividade, ou seja, dependendo do público-alvo e de seu objetivo o tipo de linguagem pode variar.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 8º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP40 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP42 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano