14101
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 8º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Palavras compostas por aglutinação e justaposição

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 8º ano do EF sobre Palavras compostas por aglutinação e justaposição

Plano 02 de 3 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ilcilene Silva

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a segunda aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é reconhecer palavras formadas pelo processo de composição, distinguindo justaposição e aglutinação .

.

Materiais necessários: Pedaços de papel A4 ou cartolina (20X20cm), papel 40kg, lápis de cor, duas caixas de sapatos encapadas com folhas de revistas (ou envelopes A4) identificadas da seguinte forma: “compostas por aglutinação” e “compostas por justaposição”, notebook e datashow.

Dificuldades antecipadas: Localizar nos vocábulos os morfemas lexicais que compõem as palavras compostas por aglutinação.

Referências sobre o assunto:

SILVA,Maria Cecília Pérez de Sousa e; KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça. Linguística aplicada ao português: morfologia. 17ª ed. São Paulo: Cortez, 2009.

BACHESCHI, Celso Antônio. Formação de palavras expressivas na norma urbana culta de São Paulo - Projeto NURC/SP. Disponível em: <www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-09122014-184316/> . Acesso em: 04 de agosto de 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Apresente o tema dessa aula. Explique que brincarão de inventores de coisas e de palavras.
  • Fale um pouco sobre o fato de que a língua é produção humana e que os indivíduos falantes de cada língua produzem-na conforme suas necessidades comunicativas e que nessa aula experimentarão um pouco sobre como isso acontece.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Continue a conversa iniciada na abertura da aula a respeito da linguagem como produto da ação humana que se modifica conforme as necessidades de comunicação de seus usuários. Relacione a questão das invenções à necessidade humana também, pois são pensadas para auxiliar a humanidade a viver melhor. Considerando isso, leve-os a refletir sobre a invenção dos aparelhos tecnológicos, por exemplo. Pergunte se imaginam de onde surgiram os fones de ouvidos que reproduzem músicas e estações de rádio.
  • Apresente a imagem da invenção como base para a criação dos fones de ouvidos. Leve-os a perceber como o homem aprimorou essa invenção. Use as perguntas do slide para direcionar essa conversa inicial. Caso necessário, consulte aqui as respostas esperadas. Anote em cartolina os nomes apontados por eles, pois retomaremos no desenvolvimento dessa aula.
  • Convide-os a, finalmente, brincar de “inventor” de palavras. A proposta é criar um nome para o invento apresentado, esse nome deve ser composto pelos radicais aos elementos envolvidos no invento. Exemplos: chapéu-rádio, chapádio, charrádio, radiopeu, etc.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Apresente a proposta de exercitação como um desafio: criar “inventos malucos”.
  • Oriente a turma a pensar no invento e desenhar como eles imaginam que seria esse invento se fosse construído.
  • Depois do desenho pronto, peça que atribuam um nome ao invento conforme os elementos usados e/ou a utilidade da invenção, portanto o nome criado deverá ser composto por aglutinação ou por justaposição.
  • Nesse momento serão conduzidos a refletir sobre os dois processos de formação de palavras compostas. Procure auxiliá-los caso sintam dificuldade em nomear seus inventos.
  • Explique que as palavras compostas podem ser reunidas em dois grupos distintos: justaposição e aglutinação.
  • Volte às palavras criadas na introdução e peça que observem em quais houve perda fonética e em quais palavras isso não aconteceu. Explique que essa é a condição para a distinção entre palavras compostas por aglutinação (há perda fonética) e palavras compostas por justaposição (não há perda fonética).
  • Deixe disponível na sala as duas caixas indicadas na lista de material desse plano. Nelas, os alunos deverão colocar o invento criado. Explique que deverão selecionar a caixa conforme o processo de composição usado para formar o nome do invento por eles criado.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Prepare antecipadamente, em papel 40Kg, uma proposta de galeria. Peça aos alunos que a ajudem a organizar os inventos em dois grupos considerando a caixa onde foram colocados. Para isso, precisam fazer a revisão para verificar se está condizente com a classificação indicada na caixa. Então, retire um a um e faça uma breve revisão da classificação que fizeram. Caso haja dúvidas, retome rapidamente as informações sobre os tipos de composição.
  • Solicite alunos para auxiliá-la na fixação dos desenhos na galeria conforme as indicações.
  • Conclua fazendo uma revisão geral das palavras na galeria.

Materiais complementares: Acesse exemplo das fichas e da galeria de inventos clicando aqui.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a segunda aula de um conjunto de 3 planos de aula com foco em análise linguística e semiótica. A finalidade desse conjunto de planos é reconhecer palavras formadas pelo processo de composição, distinguindo justaposição e aglutinação .

.

Materiais necessários: Pedaços de papel A4 ou cartolina (20X20cm), papel 40kg, lápis de cor, duas caixas de sapatos encapadas com folhas de revistas (ou envelopes A4) identificadas da seguinte forma: “compostas por aglutinação” e “compostas por justaposição”, notebook e datashow.

Dificuldades antecipadas: Localizar nos vocábulos os morfemas lexicais que compõem as palavras compostas por aglutinação.

Referências sobre o assunto:

SILVA,Maria Cecília Pérez de Sousa e; KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça. Linguística aplicada ao português: morfologia. 17ª ed. São Paulo: Cortez, 2009.

BACHESCHI, Celso Antônio. Formação de palavras expressivas na norma urbana culta de São Paulo - Projeto NURC/SP. Disponível em: <www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8142/tde-09122014-184316/> . Acesso em: 04 de agosto de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Apresente o tema dessa aula. Explique que brincarão de inventores de coisas e de palavras.
  • Fale um pouco sobre o fato de que a língua é produção humana e que os indivíduos falantes de cada língua produzem-na conforme suas necessidades comunicativas e que nessa aula experimentarão um pouco sobre como isso acontece.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Continue a conversa iniciada na abertura da aula a respeito da linguagem como produto da ação humana que se modifica conforme as necessidades de comunicação de seus usuários. Relacione a questão das invenções à necessidade humana também, pois são pensadas para auxiliar a humanidade a viver melhor. Considerando isso, leve-os a refletir sobre a invenção dos aparelhos tecnológicos, por exemplo. Pergunte se imaginam de onde surgiram os fones de ouvidos que reproduzem músicas e estações de rádio.
  • Apresente a imagem da invenção como base para a criação dos fones de ouvidos. Leve-os a perceber como o homem aprimorou essa invenção. Use as perguntas do slide para direcionar essa conversa inicial. Caso necessário, consulte aqui as respostas esperadas. Anote em cartolina os nomes apontados por eles, pois retomaremos no desenvolvimento dessa aula.
  • Convide-os a, finalmente, brincar de “inventor” de palavras. A proposta é criar um nome para o invento apresentado, esse nome deve ser composto pelos radicais aos elementos envolvidos no invento. Exemplos: chapéu-rádio, chapádio, charrádio, radiopeu, etc.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações:

  • Apresente a proposta de exercitação como um desafio: criar “inventos malucos”.
  • Oriente a turma a pensar no invento e desenhar como eles imaginam que seria esse invento se fosse construído.
  • Depois do desenho pronto, peça que atribuam um nome ao invento conforme os elementos usados e/ou a utilidade da invenção, portanto o nome criado deverá ser composto por aglutinação ou por justaposição.
  • Nesse momento serão conduzidos a refletir sobre os dois processos de formação de palavras compostas. Procure auxiliá-los caso sintam dificuldade em nomear seus inventos.
  • Explique que as palavras compostas podem ser reunidas em dois grupos distintos: justaposição e aglutinação.
  • Volte às palavras criadas na introdução e peça que observem em quais houve perda fonética e em quais palavras isso não aconteceu. Explique que essa é a condição para a distinção entre palavras compostas por aglutinação (há perda fonética) e palavras compostas por justaposição (não há perda fonética).
  • Deixe disponível na sala as duas caixas indicadas na lista de material desse plano. Nelas, os alunos deverão colocar o invento criado. Explique que deverão selecionar a caixa conforme o processo de composição usado para formar o nome do invento por eles criado.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Prepare antecipadamente, em papel 40Kg, uma proposta de galeria. Peça aos alunos que a ajudem a organizar os inventos em dois grupos considerando a caixa onde foram colocados. Para isso, precisam fazer a revisão para verificar se está condizente com a classificação indicada na caixa. Então, retire um a um e faça uma breve revisão da classificação que fizeram. Caso haja dúvidas, retome rapidamente as informações sobre os tipos de composição.
  • Solicite alunos para auxiliá-la na fixação dos desenhos na galeria conforme as indicações.
  • Conclua fazendo uma revisão geral das palavras na galeria.

Materiais complementares: Acesse exemplo das fichas e da galeria de inventos clicando aqui.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 8º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 8º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF08LP05 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano