9842
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Estratégias de cálculo envolvendo adição em contexto de jogos/desafios

POR: Elissandra de Oliveira de Almeida 17/07/2018
Código: MAT1_05NUM02

1º ano / Matemática / Números

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF01MA06) Construir fatos fundamentais da adição e utilizá-los em procedimentos de cálculo para resolver problemas.

Plano de aula de matemática com atividades para 1 do Fundamental sobre verificar os conhecimentos prévios dos alunos sobre cálculo aditivo em contexto de jogo e de resolução de problema e valorizar as estratégias de cálculo aditivo empregadas pelos alunos

 

Objetivo select-down

Este plano foi elaborado pelo Time de Autores da NOVA ESCOLA

Autor: Elissandra de Oliveira de Almeida

Mentor: Maria Lydia Mello

Especialista: Luciana Tenuta

Habilidade da BNCC

(EF01MA06) - Construir fatos fundamentais da adição e utilizá-los em procedimentos de cálculo  para resolver problemas.



Conhecimentos prévios

Para o desenvolvimento do plano de aula, é importante observar se os alunos são capazes de:

  1. Recitar a série numérica até 5;
  2. Relacionar símbolo-quantidade;
  3. Fazer correspondência termo-a-termo;
  4. Juntar quantidades distintas, seja por meio de cálculo mental ou usando outras estratégias de cálculo.

Objetivos específicos

  1. Verificar os conhecimentos prévios dos alunos sobre cálculo aditivo em contexto de jogo e de resolução de problema;
  2. Valorizar as estratégias de cálculo aditivo empregadas pelos alunos;
  3. Socializar as representações feitas pelos alunos envolvendo cálculo aditivo em contexto de jogo e de resolução de problema.

Conceito-chave

Cálculo aditivo com somas até 5.

Recursos necessários

  1. Material de contagem: palitos de picolé, tampinhas, sobras de E.V.A
  2. Cartaz com o objetivo (opcional)
  3. Fichas com a representação das quantidades ou números (conjuntos de 1 a 4) para o jogo Cincos
  4. Fichas para marcação dos registros das quantidades das cartas usadas, durante o jogo, em cada rodada
  5. Atividade do Raio X em folhas do tipo A4 para serem usadas individualmente.


Tempo sugerido: 2 minutos.
Orientação: Projete ou leia o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.

Aquecimento select-down

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Organize previamente o material necessário para a realização do jogo. Explique as regras do jogo, apresentando o material que será usado e orientando a turma na formação de grupos com 4 alunos. Faça a demonstração do jogo com um grupo de 3 crianças sendo você, professor(a), o(a) quarto(a) participante, a fim de garantir que a turma compreenda com clareza como o jogo funciona. As cartas do jogo podem ser confeccionadas por você, ou podem ser usadas cartas de baralho.

Propósito: Explicar as regras do jogo por meio da simulação de uma jogada.

Discuta com a turma:

Durante a simulação do jogo estimule as crianças a:

  • Identificar as quantidades representadas em cada carta;
  • Recitar a série numérica até 4;
  • Comparar quantidades (qual a carta de maior valor e a de menor valor);
  • Expressar estratégias de cálculo pessoal por meio da participação durante a simulação do jogo.

Certifique-se de que a turma compreendeu as regras por meio da simulação feita, antes de dar início ao jogo propriamente dito.

Materias complementares:

Atividade Principal

Complemento

Guia de intervenção

Aquecimento select-down

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Leia ou projete as Regras do Jogo Cincos para a turma.

Propósito: Explicar as regras para os alunos.

Aquecimento select-down

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Leia ou projete as Regras do Jogo Cincos para a turma. Porém, destacamos aqui algumas observações para

  • O primeiro jogador a desvirar sua carta nunca pode fazer um total de 5, pois não há cartas sobre a mesa. nesse caso, é possível fazer alterações no desenvolvimento das jogadas. Para tanto, tenha à parte um conjunto de 4 cartas com a representação de quantidades ou numeradas de 1 a 4 (algarismos). Embaralhe as mesmas, pondo a pilha virada para baixo e peça ao primeiro jogador que retire a carta da parte superior da pilha extra. Assim, você dará chances a ele de tentar formar 5.
  • A regra que determina o vencedor do jogo pode ser discutida e modificada juntamente com os alunos.
  • Ofereça aos alunos uma folha de registro das quantidades tiradas nas cartas, em cada jogada. dessa forma, os alunos fazem contagens, registram quantidades (palitos, círculos ou algarismos), fazem comparações e adicionam as quantidades para verificar se o total é 5.

Propósito: Explicar as regras para os alunos.

Aquecimento select-down

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Apresente para os alunos o modelo das cartas para o jogo Cincos (representação de quantidades). Faça coletivamente a contagem das quantidades nelas representadas.

Propósito: Apresentar as cartas do jogo Cincos.

Aquecimento select-down

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Explique aos alunos como farão o preenchimento na ficha de registro das quantidades tiradas nas cartas a cada rodada. Como cada criança tem 8 cartas para virar sobre a mesa, logo, serão 8 rodadas. O modelo completo para impressão encontra-se clicando aqui.

Propósito: Explicar o registro das rodadas.

Atividade Principal select-down

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientação: Distribua o conjunto de cartas para cada grupo. Peça às crianças que escolham entre si um colega para embaralhar as cartas, repartindo-as entre os membros do grupo, de modo que todas fiquem com a mesma quantidade de cartas. Entregue uma folha de marcação para que as crianças possam, se sentirem necessidade, fazer o registro das quantidades tiradas nas suas cartas em cada rodada. Estimule-os a escolherem uma estratégia de sorteio para decidir quem começa o jogo e qual será a ordem de participação dos próximos jogadores.

Propósito: Vivenciar situações de contagem com somas até 5 por meio do Jogo Cincos.

Discuta com a turma:

Durante a distribuição das cartas, aproveite para perguntar às crianças:

  • Como vocês farão para repartir igualmente as cartas entre todos?
  • Como terão certeza de que todos receberam a mesma quantidade de cartas?
  • Que cartas vocês podem combinar para somar 5?
  • Quanto falta para somar 5?

Resolução da Atividade Principal

Discussão da solução select-down

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Escolha algumas crianças de diferentes grupos para socializarem suas estratégias de cálculo pessoal para descobrirem que cartas deveriam juntar para dar 5. Se possível, selecione crianças de diferentes grupos que tiraram cartas com quantidades iguais para que possam explicar aos colegas como fizeram para chegarem ao total 5.

Propósito: Socializar as possibilidades encontradas pelas crianças para somar 5 e as estratégias de cálculo pessoal por eles usadas.

Discuta com a turma:

Durante as explicações dadas pelas crianças, leve-as a pensar sobre:

  • Se tirarmos duas cartas iguais é possível formar 5?
  • Sobre a mesa estão duas cartas diferentes, o que podemos fazer para saber se deu 5?
  • Será que toda vez que duas cartas forem diferentes sempre conseguiremos formar 5?

Favoreça a participação das crianças, organizando os turnos de fala, propiciando que crianças mais tímidas, caso haja na turma, também possam expressar suas ideias. Valorize as estratégias de cálculo pessoal socializadas por elas, levando-as a identificarem que para cada carta há um complemento adequado de forma que o resultado seja 5.

Sistematização do conceito select-down

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientação: Projete ou escreva no quadro ou apresente em cartaz a sistematização do conceito.

Propósito: Destacar que só é possível somar 5 no jogo usando dois números diferentes.

Encerramento select-down

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientação: Destaque as possibilidades encontradas na turma para somar 5 usando as cartas do jogo.

Propósito: Enfatizar as possibilidades de somar 5 com o jogo.

Raio X select-down

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientação: Entregue a atividade em folhas individuais para os alunos. Leia o comando da atividade oralmente pelo menos duas vezes. Pergunte aos alunos o que entenderam sobre a atividade. Coloque a disposição dos mesmos material de contagem, por exemplo, tampinhas de refrigerante. Explique que eles podem registrar a outra quantidade secreta da maneira como acharem melhor.

Durante a realização da atividade passe pelas carteiras dos alunos e

  • Observe as estratégias usadas;
  • Pergunte como fizeram para descobrir o número secreto;
  • Pergunte se há outra forma de encontrar a quantidade que falta para dar 5;
  • Pergunte: Para formar 5 com a primeira carta (3), a outra deverá ser maior ou menor que 3? Por quê? Repita as perguntas para as cartas “4” e “2”. Valorize as hipóteses elaboradas pelas crianças para encontrar a solução.
  • Converse sobre o tipo de registro usado pelo aluno (marcas ou algarismos);
  • Estimule-os a usar diferentes estratégias de contagem;
  • Pergunte o que podem fazer para saber se o resultado está correto;
  • Oportunize a possibilidade de comparar sua atividade com a de outro colega para verificação dos resultados.

Propósito: Realizar somas com total 5, a partir das experiências vivenciadas pelo jogo.

Materiais Complementares:

Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade Complementar

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.
Orientação: Projete ou leia o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.


Este plano foi elaborado pelo Time de Autores da NOVA ESCOLA

Autor: Elissandra de Oliveira de Almeida

Mentor: Maria Lydia Mello

Especialista: Luciana Tenuta

Habilidade da BNCC

(EF01MA06) - Construir fatos fundamentais da adição e utilizá-los em procedimentos de cálculo  para resolver problemas.



Conhecimentos prévios

Para o desenvolvimento do plano de aula, é importante observar se os alunos são capazes de:

  1. Recitar a série numérica até 5;
  2. Relacionar símbolo-quantidade;
  3. Fazer correspondência termo-a-termo;
  4. Juntar quantidades distintas, seja por meio de cálculo mental ou usando outras estratégias de cálculo.

Objetivos específicos

  1. Verificar os conhecimentos prévios dos alunos sobre cálculo aditivo em contexto de jogo e de resolução de problema;
  2. Valorizar as estratégias de cálculo aditivo empregadas pelos alunos;
  3. Socializar as representações feitas pelos alunos envolvendo cálculo aditivo em contexto de jogo e de resolução de problema.

Conceito-chave

Cálculo aditivo com somas até 5.

Recursos necessários

  1. Material de contagem: palitos de picolé, tampinhas, sobras de E.V.A
  2. Cartaz com o objetivo (opcional)
  3. Fichas com a representação das quantidades ou números (conjuntos de 1 a 4) para o jogo Cincos
  4. Fichas para marcação dos registros das quantidades das cartas usadas, durante o jogo, em cada rodada
  5. Atividade do Raio X em folhas do tipo A4 para serem usadas individualmente.

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Organize previamente o material necessário para a realização do jogo. Explique as regras do jogo, apresentando o material que será usado e orientando a turma na formação de grupos com 4 alunos. Faça a demonstração do jogo com um grupo de 3 crianças sendo você, professor(a), o(a) quarto(a) participante, a fim de garantir que a turma compreenda com clareza como o jogo funciona. As cartas do jogo podem ser confeccionadas por você, ou podem ser usadas cartas de baralho.

Propósito: Explicar as regras do jogo por meio da simulação de uma jogada.

Discuta com a turma:

Durante a simulação do jogo estimule as crianças a:

  • Identificar as quantidades representadas em cada carta;
  • Recitar a série numérica até 4;
  • Comparar quantidades (qual a carta de maior valor e a de menor valor);
  • Expressar estratégias de cálculo pessoal por meio da participação durante a simulação do jogo.

Certifique-se de que a turma compreendeu as regras por meio da simulação feita, antes de dar início ao jogo propriamente dito.

Materias complementares:

Atividade Principal

Complemento

Guia de intervenção

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Leia ou projete as Regras do Jogo Cincos para a turma.

Propósito: Explicar as regras para os alunos.

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Leia ou projete as Regras do Jogo Cincos para a turma. Porém, destacamos aqui algumas observações para

  • O primeiro jogador a desvirar sua carta nunca pode fazer um total de 5, pois não há cartas sobre a mesa. nesse caso, é possível fazer alterações no desenvolvimento das jogadas. Para tanto, tenha à parte um conjunto de 4 cartas com a representação de quantidades ou numeradas de 1 a 4 (algarismos). Embaralhe as mesmas, pondo a pilha virada para baixo e peça ao primeiro jogador que retire a carta da parte superior da pilha extra. Assim, você dará chances a ele de tentar formar 5.
  • A regra que determina o vencedor do jogo pode ser discutida e modificada juntamente com os alunos.
  • Ofereça aos alunos uma folha de registro das quantidades tiradas nas cartas, em cada jogada. dessa forma, os alunos fazem contagens, registram quantidades (palitos, círculos ou algarismos), fazem comparações e adicionam as quantidades para verificar se o total é 5.

Propósito: Explicar as regras para os alunos.

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Apresente para os alunos o modelo das cartas para o jogo Cincos (representação de quantidades). Faça coletivamente a contagem das quantidades nelas representadas.

Propósito: Apresentar as cartas do jogo Cincos.

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Explique aos alunos como farão o preenchimento na ficha de registro das quantidades tiradas nas cartas a cada rodada. Como cada criança tem 8 cartas para virar sobre a mesa, logo, serão 8 rodadas. O modelo completo para impressão encontra-se clicando aqui.

Propósito: Explicar o registro das rodadas.

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientação: Distribua o conjunto de cartas para cada grupo. Peça às crianças que escolham entre si um colega para embaralhar as cartas, repartindo-as entre os membros do grupo, de modo que todas fiquem com a mesma quantidade de cartas. Entregue uma folha de marcação para que as crianças possam, se sentirem necessidade, fazer o registro das quantidades tiradas nas suas cartas em cada rodada. Estimule-os a escolherem uma estratégia de sorteio para decidir quem começa o jogo e qual será a ordem de participação dos próximos jogadores.

Propósito: Vivenciar situações de contagem com somas até 5 por meio do Jogo Cincos.

Discuta com a turma:

Durante a distribuição das cartas, aproveite para perguntar às crianças:

  • Como vocês farão para repartir igualmente as cartas entre todos?
  • Como terão certeza de que todos receberam a mesma quantidade de cartas?
  • Que cartas vocês podem combinar para somar 5?
  • Quanto falta para somar 5?

Resolução da Atividade Principal

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Escolha algumas crianças de diferentes grupos para socializarem suas estratégias de cálculo pessoal para descobrirem que cartas deveriam juntar para dar 5. Se possível, selecione crianças de diferentes grupos que tiraram cartas com quantidades iguais para que possam explicar aos colegas como fizeram para chegarem ao total 5.

Propósito: Socializar as possibilidades encontradas pelas crianças para somar 5 e as estratégias de cálculo pessoal por eles usadas.

Discuta com a turma:

Durante as explicações dadas pelas crianças, leve-as a pensar sobre:

  • Se tirarmos duas cartas iguais é possível formar 5?
  • Sobre a mesa estão duas cartas diferentes, o que podemos fazer para saber se deu 5?
  • Será que toda vez que duas cartas forem diferentes sempre conseguiremos formar 5?

Favoreça a participação das crianças, organizando os turnos de fala, propiciando que crianças mais tímidas, caso haja na turma, também possam expressar suas ideias. Valorize as estratégias de cálculo pessoal socializadas por elas, levando-as a identificarem que para cada carta há um complemento adequado de forma que o resultado seja 5.

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientação: Projete ou escreva no quadro ou apresente em cartaz a sistematização do conceito.

Propósito: Destacar que só é possível somar 5 no jogo usando dois números diferentes.

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientação: Destaque as possibilidades encontradas na turma para somar 5 usando as cartas do jogo.

Propósito: Enfatizar as possibilidades de somar 5 com o jogo.

Tempo sugerido: 8 minutos.

Orientação: Entregue a atividade em folhas individuais para os alunos. Leia o comando da atividade oralmente pelo menos duas vezes. Pergunte aos alunos o que entenderam sobre a atividade. Coloque a disposição dos mesmos material de contagem, por exemplo, tampinhas de refrigerante. Explique que eles podem registrar a outra quantidade secreta da maneira como acharem melhor.

Durante a realização da atividade passe pelas carteiras dos alunos e

  • Observe as estratégias usadas;
  • Pergunte como fizeram para descobrir o número secreto;
  • Pergunte se há outra forma de encontrar a quantidade que falta para dar 5;
  • Pergunte: Para formar 5 com a primeira carta (3), a outra deverá ser maior ou menor que 3? Por quê? Repita as perguntas para as cartas “4” e “2”. Valorize as hipóteses elaboradas pelas crianças para encontrar a solução.
  • Converse sobre o tipo de registro usado pelo aluno (marcas ou algarismos);
  • Estimule-os a usar diferentes estratégias de contagem;
  • Pergunte o que podem fazer para saber se o resultado está correto;
  • Oportunize a possibilidade de comparar sua atividade com a de outro colega para verificação dos resultados.

Propósito: Realizar somas com total 5, a partir das experiências vivenciadas pelo jogo.

Materiais Complementares:

Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade Complementar

Este plano foi elaborado pelo Time de Autores da NOVA ESCOLA

Autor: Elissandra de Oliveira de Almeida

Mentor: Maria Lydia Mello

Especialista: Luciana Tenuta

Habilidade da BNCC

(EF01MA06) - Construir fatos fundamentais da adição e utilizá-los em procedimentos de cálculo  para resolver problemas.



Conhecimentos prévios

Para o desenvolvimento do plano de aula, é importante observar se os alunos são capazes de:

  1. Recitar a série numérica até 5;
  2. Relacionar símbolo-quantidade;
  3. Fazer correspondência termo-a-termo;
  4. Juntar quantidades distintas, seja por meio de cálculo mental ou usando outras estratégias de cálculo.

Objetivos específicos

  1. Verificar os conhecimentos prévios dos alunos sobre cálculo aditivo em contexto de jogo e de resolução de problema;
  2. Valorizar as estratégias de cálculo aditivo empregadas pelos alunos;
  3. Socializar as representações feitas pelos alunos envolvendo cálculo aditivo em contexto de jogo e de resolução de problema.

Conceito-chave

Cálculo aditivo com somas até 5.

Recursos necessários

  1. Material de contagem: palitos de picolé, tampinhas, sobras de E.V.A
  2. Cartaz com o objetivo (opcional)
  3. Fichas com a representação das quantidades ou números (conjuntos de 1 a 4) para o jogo Cincos
  4. Fichas para marcação dos registros das quantidades das cartas usadas, durante o jogo, em cada rodada
  5. Atividade do Raio X em folhas do tipo A4 para serem usadas individualmente.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes