14044
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Poema de forma fixa e livre

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do EF sobre Poema de forma fixa e livre

Plano 01 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Marianna Zaroni Parro

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero poema e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de Leitura.

Materiais necessários: Duas cópias impressas de cada texto para os grupos de alunos; computador; projetor multimídia e tela.

Informações sobre o gênero: O poema é um gênero literário marcado pela musicalidade, pela subjetividade e pela escrita em versos, os quais podem ser elaborados em forma fixa ou livre, ou seja, que seguem, ou não, um padrão e métrica definidos.

Dificuldades antecipadas: Os estudantes podem ter dificuldade em reconhecer a finalidade dos textos, bem como sua adequação ao gênero trabalhado, por serem produzidos a partir de questões do cotidiano e, principalmente, por tratarem de objetos inanimados, o que quebra o paradigma de que poemas só podem ter como temática questões existenciais e subjetivas.

Referências sobre o assunto:

GEBARA, Ana Elvira Luciano. O poema, um texto marginalizado. In: CHIAPPINI, Lígia (coord.geral). Aprender e ensinar com textos didáticos e paradidáticos. 5ed. São Paulo: Cortez, 2007.

PINHEIRO, Hélder. Poesia na sala de aula. 2ª Ed. João Pessoa: Idéia, 2002.

SORRENTI, Neusa. A poesia vai à escola: reflexões, comentários e dicas de atividades. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

TERRA, E. Da leitura literária à produção de textos. São Paulo: Contexto, 2018. Capítulo “A poesia” p. 83-98.

TAVARES, B. Contando Histórias em versos. Poesia e Romanceiro Popular no Brasil. São Paulo: Ed 34, 2005. Parte I. A poesia. p.15-57.

Título da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto.

Orientações: Apresente aos alunos o título da aula, ressaltando brevemente que eles descobrirão diferentes formas de organizar estruturalmente os poemas e as possibilidades de temas que eles podem abordar.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Organize os estudantes em grupos de quatro alunos. Dependendo do número de alunos, essa quantidade pode variar. Recomenda-se, entretanto, que o número de alunos por grupo não seja maior do que quatro, para que todos tenham a possibilidade de interagir. Ao organizá-los dessa forma, incentivamos a troca de conhecimentos entre eles, além de incentivarmos a interação entre a turma.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 44 minutos

Orientações:

  • Pergunte aos alunos se eles sabem o que é um poema e quais os temas mais comuns deste tipo textual. Ao longo dessa conversa, é comum que os alunos respondam que poemas são textos curtos, escritos em tópicos ou que não ocupam uma linha completa, e que tratam de temas como o amor e os sentimentos humanos.
  • Instigue os alunos a pensar se é possível escrever poemas sobre outros temas como aqueles sugeridos pelas imagens: uma pedra, um livro, um relógio ou uma flor.
  • Explique que o intuito desta aula é apresentar-lhes textos que tratam de questões diferentes das que eles estão acostumados a ler em poemas, e descobrir diferentes formas de organização desses poemas. O objetivo desta discussão inicial é trazer os conhecimentos prévios dos alunos e incentivá-los a olhar para a questão temática dos poemas sob outra perspectiva. Caso ache pertinente, cite exemplos de poemas que foram elaborados com essa temática, como os poemas de Drummond (No meio do caminho; A flor e a náusea); a música de Toquinho (O caderno) e o poema de Vinícius de Moraes (O relógio).
  • O tempo sugerido para esta atividade é de 3 minutos.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Explique aos alunos que dois textos serão distribuídos entre os grupos, de forma que um mesmo texto seja analisado por metade da turma; e o outro texto pela outra metade da sala.
  • Leia com os alunos o poema de Vinicius de Moraes (você pode projetá-lo, entregar impresso ou ainda apenas declamar para os alunos, neste momento).
  • O tempo sugerido para esta atividade é de 2 minutos.

Materiais complementares: O poema de Vinícius está disponível online.

Fonte: A porta, Vinícius de Moraes, Sabiá. Disponível em: http://www.viniciusdemoraes.com.br/pt-br/poesia/poesias-avulsas/porta. Acesso em 28 de agosto de 2018.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Leia com os alunos o poema de Belvedere (você pode projetá-lo, entregar impresso ou ainda apenas declamar para os alunos, neste momento).
  • O tempo sugerido para esta atividade é de 2 minutos.

Materiais complementares: O poema de Belvedere está disponível online.

Fonte: Quebra-cabeças, Belvedere. Disponível em: http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia/pcoisas/poecoi91.php. Acesso em 28 de agosto de 2018.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Mostre as perguntas que devem ser discutidas por cada grupo (você pode projetá-las, copiar no quadro ou imprimir). O objetivo destas questões é fazer com que os alunos levantem hipóteses, principalmente, sobre a estrutura e o ritmo dos poemas, além de conscientizarem-se de que os poemas podem ser produzidos com base nos mais diversos assuntos e com eu-líricos inusitados. Após esta atividade, espera-se que os alunos consigam perceber as diferenças estruturais, métricas e sonoras entre os textos, sendo, portanto, uma primeira percepção em relação às formas fixa e livre. Não há a necessidade de se preocupar com termos mais técnicos ou teóricos, como o enjambement, trabalhado na última pergunta.
  • Peça para que as respostas às perguntas sejam registradas no caderno de cada integrante do grupo.
  • O tempo sugerido para esta atividade é de 14 minutos.

Materiais complementares: Clique aqui para acessar a versão para impressão dos dois poemas.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua, após a primeira discussão em grupo, para cada estudante de cada grupo, um cartão com uma cor.
  • Peça para que se organizem de acordo com as cores (por exemplo: todos os alunos da cor verde formam um grupo), de forma que alunos de diferentes grupos, mas que leram o mesmo texto, comparem as respostas dadas às perguntas e destaquem os elementos percebidos. O objetivo de mesclar os alunos é que, além de circularem em outros grupos, é que eles possam discutir as distintas percepções sobre os textos, bem como comparar poemas, analisar sua estrutura composicional e definir diferenças e tipos de poemas a partir dessa análise.
  • Enquanto eles discutem, circule pela sala e estimule as discussões em cada grupo e esclareça as possíveis dúvidas.
  • O tempo sugerido para esta atividade é de 10 minutos.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Exponha novamente os textos para a turma, leia se necessário e peça para que cada grupo compartilhe as respostas dadas às perguntas.
  • Registre as respostas dos grupos no quadro ou no ppt.
  • Discuta as respostas dadas pelos grupos e os incentive a observar as diferenças entre os textos como, por exemplo:
  • Os poemas tratam de temas e situações do cotidiano.
  • Os poemas são organizados em versos e estrofes, embora tenham estruturas distintas, ou seja, o segundo poema é composto por uma única estrofe.
  • Se há ou não uma padronização das rimas: O poema de Vinicius é ritmado e as sentenças são concluídas em uma única linha; enquanto o poema de Belvedere não possui rimas e se vale do recurso de enjambement (não é necessário se preocupar com as nomenclaturas, mas sim que os alunos se apropriem dos conceitos). Esta questão do enjambement pode não ser percebida facilmente pelos alunos, portanto, é importante reforçar este aspecto durante a leitura do texto, na próxima etapa da atividade. Caso eles não se apropriem desta questão, uma alternativa é pedir para que cada aluno leia uma sentença do texto (até o ponto final). Este mesmo processo pode ser feito também com o poema de Vinícius, para que a diferença fique mais clara.
  • No poema de Vinícius o eu-lírico é um objeto inanimado; enquanto no poema de Belvedere a temática é sobre um objeto inanimado.

  • Incentive os estudantes a observar quais são os elementos que foram ressaltados: composição gráfica, conteúdo, sonoridade, etc. Não há a necessidade de se preocupar com as nomenclaturas corretas, como estrofe, verso ou rima. O importante é que os alunos reconheçam as diferenças e semelhanças entre os poemas.
  • Conduza a discussão à formalização da estrutura dos poemas de forma fixa e de forma livre. Dê continuidade à atividade com a pergunta: se tivéssemos que classificar esses textos em estrutura "fixa" ou "livre", qual se encaixaria em cada nomenclatura? Por quê? A partir desta questão, objetiva-se que os alunos percebam algumas características destes textos que os definem enquanto "fixo" ou "livre":

Poema de Vinícius: forma fixa; texto organizado em versos e estrofes; esquema de rimas.

Poema de Belvedere: forma livre; única estrofe; sem rimas; enjambement.

  • O tempo sugerido para esta atividade é de 13 minutos.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Faça uma votação entre os estudantes e pergunte qual dois dois poemas eles gostaram mais e por quê.
  • Peça para que um grupo leia novamente, em voz alta, o poema escolhido pela turma.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero poema e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de Leitura.

Materiais necessários: Duas cópias impressas de cada texto para os grupos de alunos; computador; projetor multimídia e tela.

Informações sobre o gênero: O poema é um gênero literário marcado pela musicalidade, pela subjetividade e pela escrita em versos, os quais podem ser elaborados em forma fixa ou livre, ou seja, que seguem, ou não, um padrão e métrica definidos.

Dificuldades antecipadas: Os estudantes podem ter dificuldade em reconhecer a finalidade dos textos, bem como sua adequação ao gênero trabalhado, por serem produzidos a partir de questões do cotidiano e, principalmente, por tratarem de objetos inanimados, o que quebra o paradigma de que poemas só podem ter como temática questões existenciais e subjetivas.

Referências sobre o assunto:

GEBARA, Ana Elvira Luciano. O poema, um texto marginalizado. In: CHIAPPINI, Lígia (coord.geral). Aprender e ensinar com textos didáticos e paradidáticos. 5ed. São Paulo: Cortez, 2007.

PINHEIRO, Hélder. Poesia na sala de aula. 2ª Ed. João Pessoa: Idéia, 2002.

SORRENTI, Neusa. A poesia vai à escola: reflexões, comentários e dicas de atividades. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

TERRA, E. Da leitura literária à produção de textos. São Paulo: Contexto, 2018. Capítulo “A poesia” p. 83-98.

TAVARES, B. Contando Histórias em versos. Poesia e Romanceiro Popular no Brasil. São Paulo: Ed 34, 2005. Parte I. A poesia. p.15-57.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto.

Orientações: Apresente aos alunos o título da aula, ressaltando brevemente que eles descobrirão diferentes formas de organizar estruturalmente os poemas e as possibilidades de temas que eles podem abordar.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Organize os estudantes em grupos de quatro alunos. Dependendo do número de alunos, essa quantidade pode variar. Recomenda-se, entretanto, que o número de alunos por grupo não seja maior do que quatro, para que todos tenham a possibilidade de interagir. Ao organizá-los dessa forma, incentivamos a troca de conhecimentos entre eles, além de incentivarmos a interação entre a turma.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 44 minutos

Orientações:

  • Pergunte aos alunos se eles sabem o que é um poema e quais os temas mais comuns deste tipo textual. Ao longo dessa conversa, é comum que os alunos respondam que poemas são textos curtos, escritos em tópicos ou que não ocupam uma linha completa, e que tratam de temas como o amor e os sentimentos humanos.
  • Instigue os alunos a pensar se é possível escrever poemas sobre outros temas como aqueles sugeridos pelas imagens: uma pedra, um livro, um relógio ou uma flor.
  • Explique que o intuito desta aula é apresentar-lhes textos que tratam de questões diferentes das que eles estão acostumados a ler em poemas, e descobrir diferentes formas de organização desses poemas. O objetivo desta discussão inicial é trazer os conhecimentos prévios dos alunos e incentivá-los a olhar para a questão temática dos poemas sob outra perspectiva. Caso ache pertinente, cite exemplos de poemas que foram elaborados com essa temática, como os poemas de Drummond (No meio do caminho; A flor e a náusea); a música de Toquinho (O caderno) e o poema de Vinícius de Moraes (O relógio).
  • O tempo sugerido para esta atividade é de 3 minutos.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Explique aos alunos que dois textos serão distribuídos entre os grupos, de forma que um mesmo texto seja analisado por metade da turma; e o outro texto pela outra metade da sala.
  • Leia com os alunos o poema de Vinicius de Moraes (você pode projetá-lo, entregar impresso ou ainda apenas declamar para os alunos, neste momento).
  • O tempo sugerido para esta atividade é de 2 minutos.

Materiais complementares: O poema de Vinícius está disponível online.

Fonte: A porta, Vinícius de Moraes, Sabiá. Disponível em: http://www.viniciusdemoraes.com.br/pt-br/poesia/poesias-avulsas/porta. Acesso em 28 de agosto de 2018.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Leia com os alunos o poema de Belvedere (você pode projetá-lo, entregar impresso ou ainda apenas declamar para os alunos, neste momento).
  • O tempo sugerido para esta atividade é de 2 minutos.

Materiais complementares: O poema de Belvedere está disponível online.

Fonte: Quebra-cabeças, Belvedere. Disponível em: http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia/pcoisas/poecoi91.php. Acesso em 28 de agosto de 2018.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Mostre as perguntas que devem ser discutidas por cada grupo (você pode projetá-las, copiar no quadro ou imprimir). O objetivo destas questões é fazer com que os alunos levantem hipóteses, principalmente, sobre a estrutura e o ritmo dos poemas, além de conscientizarem-se de que os poemas podem ser produzidos com base nos mais diversos assuntos e com eu-líricos inusitados. Após esta atividade, espera-se que os alunos consigam perceber as diferenças estruturais, métricas e sonoras entre os textos, sendo, portanto, uma primeira percepção em relação às formas fixa e livre. Não há a necessidade de se preocupar com termos mais técnicos ou teóricos, como o enjambement, trabalhado na última pergunta.
  • Peça para que as respostas às perguntas sejam registradas no caderno de cada integrante do grupo.
  • O tempo sugerido para esta atividade é de 14 minutos.

Materiais complementares: Clique aqui para acessar a versão para impressão dos dois poemas.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua, após a primeira discussão em grupo, para cada estudante de cada grupo, um cartão com uma cor.
  • Peça para que se organizem de acordo com as cores (por exemplo: todos os alunos da cor verde formam um grupo), de forma que alunos de diferentes grupos, mas que leram o mesmo texto, comparem as respostas dadas às perguntas e destaquem os elementos percebidos. O objetivo de mesclar os alunos é que, além de circularem em outros grupos, é que eles possam discutir as distintas percepções sobre os textos, bem como comparar poemas, analisar sua estrutura composicional e definir diferenças e tipos de poemas a partir dessa análise.
  • Enquanto eles discutem, circule pela sala e estimule as discussões em cada grupo e esclareça as possíveis dúvidas.
  • O tempo sugerido para esta atividade é de 10 minutos.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Exponha novamente os textos para a turma, leia se necessário e peça para que cada grupo compartilhe as respostas dadas às perguntas.
  • Registre as respostas dos grupos no quadro ou no ppt.
  • Discuta as respostas dadas pelos grupos e os incentive a observar as diferenças entre os textos como, por exemplo:
  • Os poemas tratam de temas e situações do cotidiano.
  • Os poemas são organizados em versos e estrofes, embora tenham estruturas distintas, ou seja, o segundo poema é composto por uma única estrofe.
  • Se há ou não uma padronização das rimas: O poema de Vinicius é ritmado e as sentenças são concluídas em uma única linha; enquanto o poema de Belvedere não possui rimas e se vale do recurso de enjambement (não é necessário se preocupar com as nomenclaturas, mas sim que os alunos se apropriem dos conceitos). Esta questão do enjambement pode não ser percebida facilmente pelos alunos, portanto, é importante reforçar este aspecto durante a leitura do texto, na próxima etapa da atividade. Caso eles não se apropriem desta questão, uma alternativa é pedir para que cada aluno leia uma sentença do texto (até o ponto final). Este mesmo processo pode ser feito também com o poema de Vinícius, para que a diferença fique mais clara.
  • No poema de Vinícius o eu-lírico é um objeto inanimado; enquanto no poema de Belvedere a temática é sobre um objeto inanimado.

  • Incentive os estudantes a observar quais são os elementos que foram ressaltados: composição gráfica, conteúdo, sonoridade, etc. Não há a necessidade de se preocupar com as nomenclaturas corretas, como estrofe, verso ou rima. O importante é que os alunos reconheçam as diferenças e semelhanças entre os poemas.
  • Conduza a discussão à formalização da estrutura dos poemas de forma fixa e de forma livre. Dê continuidade à atividade com a pergunta: se tivéssemos que classificar esses textos em estrutura "fixa" ou "livre", qual se encaixaria em cada nomenclatura? Por quê? A partir desta questão, objetiva-se que os alunos percebam algumas características destes textos que os definem enquanto "fixo" ou "livre":

Poema de Vinícius: forma fixa; texto organizado em versos e estrofes; esquema de rimas.

Poema de Belvedere: forma livre; única estrofe; sem rimas; enjambement.

  • O tempo sugerido para esta atividade é de 13 minutos.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações:

  • Faça uma votação entre os estudantes e pergunte qual dois dois poemas eles gostaram mais e por quê.
  • Peça para que um grupo leia novamente, em voz alta, o poema escolhido pela turma.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 7º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP44 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP48 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano