14043
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Estratégias de leitura nos contos de humor

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do EF sobre Estratégias de leitura nos contos de humor

Plano 02 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Mariana do Nascimento Ramos

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero contos de humor e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de Leitura.

Materiais necessários:

  • Material em sala de aula: computador, projetor, fotocópias do texto literário Às escuras na íntegra (recomendado 1 para cada aluno).

Informações sobre o gênero: o conto é uma narrativa breve, escrita em prosa, e que, embora tenha os mesmos elementos de um romance ou uma novela – enredo, personagem, tempo e espaço – é mais curta e apresenta ideias concisas e precisas. Os contos de humor, especificamente, utilizam as características do que é considerado divertido e cômico para a estruturação de sua narrativa e constroem o humor por meio de mecanismos linguísticos, figuras de linguagem, quebra de expectativa e conhecimentos de mundo que são mobilizados na interação entre autor, texto e leitor.

Dificuldades antecipadas: Fazer referências intertextuais necessárias para a consolidação do elemento cômico no gênero contos de humor.

Referências sobre o assunto:

  • BERGSON, Henri. O riso. Zahar Editores: Rio de Janeiro, 1983.
  • COSTA, Flavio Moreira da. Os 100 melhores contos de humor da literatura universal. Ediouro: Rio de Janeiro, 2001.
  • DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. "Textos Humorísticos "; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/redacao/textos-humoristicos.htm>. Acesso em 03 de agosto de 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Para preparar esta aula, leia o conto de humor Às escuras, de Artur Azevedo. Analise e estude o texto de forma que você possa se familiarizar com a escrita e reconhecer e destacar as inferências, pistas, previsões, subentendidos, personagens, enredo, tempo e espaço.
  • Mostre esse slide e faça essa pergunta em voz alta. Veja a reação que ela provoca entre os alunos.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 9 minutos

Orientações:

  • Mostre o meme à turma e promova uma conversa com os alunos sobre a percepção deles em relação ao teor cômico do texto. Pergunte coisas do tipo:
  • Vocês conhecem o personagem do meme?
  • Existe algum trocadilho ou jogo de palavras que o torna engraçado?
  • Que referências vocês precisam ter para entendê-lo?
  • O objetivo desta atividade é fazer com que o aluno perceba que o humor só é consolidado quando entendemos as referências extra-textuais em que é usado. Aqui, por exemplo, utiliza-se um meme com um personagem infanto-juvenil popular para que os alunos percebam como só são capazes de entender a mensagem cômica se conhecerem quem é Nemo e sua história. Assim, o mesmo processo será gradualmente visto no gênero conto de humor.
  • Caso o professor não conheça o filme Procurando Nemo, da Disney, cujo enredo narra a história de um peixinho que passa o tempo inteiro sendo procurado pelo pai, é importante que se contextualize em relação ao meme utilizado, buscando referências do filme. Se achar oportuno, procure outro meme cujo efeito cômico se dê apenas por referências extra-textuais.
  • Tempo sugerido para esta atividade: 3 minutos.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Mostre a capa do livro em que o conto foi publicado e veja a reação que ele provoca nos alunos (o conto foi originalmente publicado em folhetim, mas, para fins didáticos em sala de aula, optou-se por essa capa de domínio público).
  • Faça as seguintes perguntas e deixe-os respondê-las livremente:
  • Considerando este título, sobre o que você acha que este conto vai falar/tratar? Levante algumas hipóteses.
  • Considerando o título e a capa do livro, o que você pode esperar do conto?
  • Artur Azevedo é um autor do século XIX. O conto de humor Às escuras data do final do século XIX. Com essa nova informação, levante hipóteses sobre esse conto.
  • Anote no quadro algumas hipóteses levantadas pelos alunos sobre o tema do conto e sobre os elementos cômicos que acreditam que irão encontrar no texto. A ideia dessa atividade é deixá-los associar livremente seus conhecimentos prévios às “informações” que o título já pode oferecer. Dessa forma, a ideia de inferência será construída pouco a pouco, mostrando para eles como a leitura de um conto de humor pressupõe a participação ativa do leitor.
  • Tempo sugerido para esta atividade: 6 minutos.

Material complementar: Você pode encontrar o link de impressão da atividade aqui.

Fonte: Às escuras, Artur Azevedo, disponível em <http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bi000059.pdf> Acesso em: 02 de agosto de 2018.

Fonte: Imagem disponível em <https://www.amazon.com/%C3%80s-Escuras-Portuguese-Artur-Azevedo-ebook/dp/B00AGZ9CN0>

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo total sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Separe a turma em grupos (sugestão: grupos de máximo 4 alunos, para que todos possam participar ativamente).
  • Deixe a tela com o título do conto durante esta atividade. Se a projeção não for possível, escreva no quadro.
  • Distribua um trecho do conto para cada trio. Espera-se que cada trio tenha um trecho diferente, e o total de trechos deverá completar o conto na íntegra. Entretanto, dependendo do número de alunos, você pode entregar o mesmo trecho para mais grupos. Você pode encontrar o link de impressão para esta atividade nos materiais complementares.
  • Os grupos devem ler o trecho em voz alta, trabalhar o vocabulário (se necessário) e inferir, oralmente e para a turma toda, o arco narrativo do conto (início, meio e fim), levando em conta o gênero do texto: conto de humor.
  • O professor deve fazer as seguintes perguntas ao final da apresentação de cada grupo:
  • Que elementos do texto levaram a essas hipóteses?
  • Há algum trecho em que o autor deixa implícito alguma coisa, ou seja, deixa para o leitor interpretar a partir de seus conhecimentos e de pistas no texto?
  • Fique atento para que os alunos percebam que eles, como leitores, possuem certa “responsabilidade” sobre o texto lido, já que as inferências só são concluídas a partir do seu conhecimento de mundo. Sendo assim, o leitor deixa de ter papel passivo no ato da leitura, mito comumente divulgado. Por se tratar de um conto escrito no século XIX, procure trabalhar com os alunos como suas inferências e previsões têm a ver com um conhecimento de mundo datado, mas que nem por isso prejudica a leitura proposta. Isso ficará claro no gênero tratado, pois, mesmo trabalhando com um texto do século XIX, os alunos trarão inferências a partir do olhar cronológico sobre o conto lido.
  • Tempo sugerido para essa atividade: 20 minutos.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua uma cópia do conto para cada aluno.

2. Ponha o conto, na íntegra, em sua versão audiolivro. Caso não seja possível ouvir o conto com a turma em audiolivro, sugerimos que você ouça o conto anteriormente e, em sala de aula, faça uma leitura em voz alta, respeitando as entonações necessárias para a produção de sentido e do efeito de humor.

3. Peça para os alunos acompanharem o áudio com o texto escrito.

4. Após ouvirem o conto, faça as seguintes perguntas para os alunos:

  • Que conhecimento de mundo é preciso ter para entender o humor deste conto?
  • O conto de Artur Azevedo foi escrito em meados do século XIX. Você reconhece alguma “pista” dessa data no texto? Qual?
  • O desfecho do conto é surpreendente/engraçado?
  • Se este texto fosse publicado hoje, do modo como está escrito, ele seria engraçado?
  • As hipóteses levantadas anteriormente foram confirmadas?

5. O objetivo desta atividade é mostrar que o conto não se resume apenas às palavras, mas também ao que está inferido, implícito e subentendido para além do que está propriamente escrito. No caso do gênero contos de humor, o elemento cômico passa nitidamente pela ideia de que o leitor precisa de certo conhecimento de mundo para conseguir decodificá-lo, participando ativamente da leitura.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua uma cópia do conto para cada aluno.

2. Ponha o conto, na íntegra, em sua versão audiolivro. Caso não seja possível ouvir o conto com a turma em audiolivro, sugerimos que você ouça o conto anteriormente e, em sala de aula, faça uma leitura em voz alta, respeitando as entonações necessárias para a produção de sentido e do efeito de humor.

3. Peça para os alunos acompanharem o áudio com o texto escrito.

4. Após ouvirem o conto, faça as seguintes perguntas para os alunos:

  • Que conhecimento de mundo é preciso ter para entender o humor deste conto?
  • O conto de Artur Azevedo foi escrito em meados do século XIX. Você reconhece alguma “pista” dessa data no texto? Qual?
  • O desfecho do conto é surpreendente/engraçado?
  • Se este texto fosse publicado hoje, do modo como está escrito, ele seria engraçado?
  • As hipóteses levantadas anteriormente foram confirmadas?

5. O objetivo desta atividade é mostrar que o conto não se resume apenas às palavras, mas também ao que está inferido, implícito e subentendido para além do que está propriamente escrito. No caso do gênero contos de humor, o elemento cômico passa nitidamente pela ideia de que o leitor precisa de certo conhecimento de mundo para conseguir decodificá-lo, participando ativamente da leitura.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua uma cópia do conto para cada aluno.

2. Ponha o conto, na íntegra, em sua versão audiolivro. Caso não seja possível ouvir o conto com a turma em audiolivro, sugerimos que você ouça o conto anteriormente e, em sala de aula, faça uma leitura em voz alta, respeitando as entonações necessárias para a produção de sentido e do efeito de humor.

3. Peça para os alunos acompanharem o áudio com o texto escrito.

4. Após ouvirem o conto, faça as seguintes perguntas para os alunos:

  • Que conhecimento de mundo é preciso ter para entender o humor deste conto?
  • O conto de Artur Azevedo foi escrito em meados do século XIX. Você reconhece alguma “pista” dessa data no texto? Qual?
  • O desfecho do conto é surpreendente/engraçado?
  • Se este texto fosse publicado hoje, do modo como está escrito, ele seria engraçado?
  • As hipóteses levantadas anteriormente foram confirmadas?

5. O objetivo desta atividade é mostrar que o conto não se resume apenas às palavras, mas também ao que está inferido, implícito e subentendido para além do que está propriamente escrito. No caso do gênero contos de humor, o elemento cômico passa nitidamente pela ideia de que o leitor precisa de certo conhecimento de mundo para conseguir decodificá-lo, participando ativamente da leitura.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Peça para os alunos concluírem o que esse meme tem a ver com as análises estudadas em sala de aula.
  • Questione os alunos: o que podemos concluir sobre o gênero contos de humor?
  • Estimule que os alunos participem livremente. Espera-se que eles cheguem à conclusão de que os elementos necessários para que haja o efeito cômico no gênero contos de humor muitas vezes partem de inferências, de subentendidos do texto e do conhecimento de mundo que o leitor possui. Assim como em outros gêneros que utilizam elementos de humor, o conto de humor parte explicitamente de referências externas para sua compreensão completa. Nessa aula, por exemplo, os alunos fizeram levantamentos e hipóteses e utilizaram a ideia da inferência como uma estratégia de leitura essencial para o gênero conto de humor.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é segunda aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero contos de humor e no campo de atuação artístico-literário. A aula faz parte do módulo de Leitura.

Materiais necessários:

  • Material em sala de aula: computador, projetor, fotocópias do texto literário Às escuras na íntegra (recomendado 1 para cada aluno).

Informações sobre o gênero: o conto é uma narrativa breve, escrita em prosa, e que, embora tenha os mesmos elementos de um romance ou uma novela – enredo, personagem, tempo e espaço – é mais curta e apresenta ideias concisas e precisas. Os contos de humor, especificamente, utilizam as características do que é considerado divertido e cômico para a estruturação de sua narrativa e constroem o humor por meio de mecanismos linguísticos, figuras de linguagem, quebra de expectativa e conhecimentos de mundo que são mobilizados na interação entre autor, texto e leitor.

Dificuldades antecipadas: Fazer referências intertextuais necessárias para a consolidação do elemento cômico no gênero contos de humor.

Referências sobre o assunto:

  • BERGSON, Henri. O riso. Zahar Editores: Rio de Janeiro, 1983.
  • COSTA, Flavio Moreira da. Os 100 melhores contos de humor da literatura universal. Ediouro: Rio de Janeiro, 2001.
  • DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. "Textos Humorísticos "; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/redacao/textos-humoristicos.htm>. Acesso em 03 de agosto de 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Para preparar esta aula, leia o conto de humor Às escuras, de Artur Azevedo. Analise e estude o texto de forma que você possa se familiarizar com a escrita e reconhecer e destacar as inferências, pistas, previsões, subentendidos, personagens, enredo, tempo e espaço.
  • Mostre esse slide e faça essa pergunta em voz alta. Veja a reação que ela provoca entre os alunos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 9 minutos

Orientações:

  • Mostre o meme à turma e promova uma conversa com os alunos sobre a percepção deles em relação ao teor cômico do texto. Pergunte coisas do tipo:
  • Vocês conhecem o personagem do meme?
  • Existe algum trocadilho ou jogo de palavras que o torna engraçado?
  • Que referências vocês precisam ter para entendê-lo?
  • O objetivo desta atividade é fazer com que o aluno perceba que o humor só é consolidado quando entendemos as referências extra-textuais em que é usado. Aqui, por exemplo, utiliza-se um meme com um personagem infanto-juvenil popular para que os alunos percebam como só são capazes de entender a mensagem cômica se conhecerem quem é Nemo e sua história. Assim, o mesmo processo será gradualmente visto no gênero conto de humor.
  • Caso o professor não conheça o filme Procurando Nemo, da Disney, cujo enredo narra a história de um peixinho que passa o tempo inteiro sendo procurado pelo pai, é importante que se contextualize em relação ao meme utilizado, buscando referências do filme. Se achar oportuno, procure outro meme cujo efeito cômico se dê apenas por referências extra-textuais.
  • Tempo sugerido para esta atividade: 3 minutos.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Mostre a capa do livro em que o conto foi publicado e veja a reação que ele provoca nos alunos (o conto foi originalmente publicado em folhetim, mas, para fins didáticos em sala de aula, optou-se por essa capa de domínio público).
  • Faça as seguintes perguntas e deixe-os respondê-las livremente:
  • Considerando este título, sobre o que você acha que este conto vai falar/tratar? Levante algumas hipóteses.
  • Considerando o título e a capa do livro, o que você pode esperar do conto?
  • Artur Azevedo é um autor do século XIX. O conto de humor Às escuras data do final do século XIX. Com essa nova informação, levante hipóteses sobre esse conto.
  • Anote no quadro algumas hipóteses levantadas pelos alunos sobre o tema do conto e sobre os elementos cômicos que acreditam que irão encontrar no texto. A ideia dessa atividade é deixá-los associar livremente seus conhecimentos prévios às “informações” que o título já pode oferecer. Dessa forma, a ideia de inferência será construída pouco a pouco, mostrando para eles como a leitura de um conto de humor pressupõe a participação ativa do leitor.
  • Tempo sugerido para esta atividade: 6 minutos.

Material complementar: Você pode encontrar o link de impressão da atividade aqui.

Fonte: Às escuras, Artur Azevedo, disponível em <http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bi000059.pdf> Acesso em: 02 de agosto de 2018.

Fonte: Imagem disponível em <https://www.amazon.com/%C3%80s-Escuras-Portuguese-Artur-Azevedo-ebook/dp/B00AGZ9CN0>

Slide Plano Aula

Tempo total sugerido: 35 minutos

Orientações:

  • Separe a turma em grupos (sugestão: grupos de máximo 4 alunos, para que todos possam participar ativamente).
  • Deixe a tela com o título do conto durante esta atividade. Se a projeção não for possível, escreva no quadro.
  • Distribua um trecho do conto para cada trio. Espera-se que cada trio tenha um trecho diferente, e o total de trechos deverá completar o conto na íntegra. Entretanto, dependendo do número de alunos, você pode entregar o mesmo trecho para mais grupos. Você pode encontrar o link de impressão para esta atividade nos materiais complementares.
  • Os grupos devem ler o trecho em voz alta, trabalhar o vocabulário (se necessário) e inferir, oralmente e para a turma toda, o arco narrativo do conto (início, meio e fim), levando em conta o gênero do texto: conto de humor.
  • O professor deve fazer as seguintes perguntas ao final da apresentação de cada grupo:
  • Que elementos do texto levaram a essas hipóteses?
  • Há algum trecho em que o autor deixa implícito alguma coisa, ou seja, deixa para o leitor interpretar a partir de seus conhecimentos e de pistas no texto?
  • Fique atento para que os alunos percebam que eles, como leitores, possuem certa “responsabilidade” sobre o texto lido, já que as inferências só são concluídas a partir do seu conhecimento de mundo. Sendo assim, o leitor deixa de ter papel passivo no ato da leitura, mito comumente divulgado. Por se tratar de um conto escrito no século XIX, procure trabalhar com os alunos como suas inferências e previsões têm a ver com um conhecimento de mundo datado, mas que nem por isso prejudica a leitura proposta. Isso ficará claro no gênero tratado, pois, mesmo trabalhando com um texto do século XIX, os alunos trarão inferências a partir do olhar cronológico sobre o conto lido.
  • Tempo sugerido para essa atividade: 20 minutos.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua uma cópia do conto para cada aluno.

2. Ponha o conto, na íntegra, em sua versão audiolivro. Caso não seja possível ouvir o conto com a turma em audiolivro, sugerimos que você ouça o conto anteriormente e, em sala de aula, faça uma leitura em voz alta, respeitando as entonações necessárias para a produção de sentido e do efeito de humor.

3. Peça para os alunos acompanharem o áudio com o texto escrito.

4. Após ouvirem o conto, faça as seguintes perguntas para os alunos:

  • Que conhecimento de mundo é preciso ter para entender o humor deste conto?
  • O conto de Artur Azevedo foi escrito em meados do século XIX. Você reconhece alguma “pista” dessa data no texto? Qual?
  • O desfecho do conto é surpreendente/engraçado?
  • Se este texto fosse publicado hoje, do modo como está escrito, ele seria engraçado?
  • As hipóteses levantadas anteriormente foram confirmadas?

5. O objetivo desta atividade é mostrar que o conto não se resume apenas às palavras, mas também ao que está inferido, implícito e subentendido para além do que está propriamente escrito. No caso do gênero contos de humor, o elemento cômico passa nitidamente pela ideia de que o leitor precisa de certo conhecimento de mundo para conseguir decodificá-lo, participando ativamente da leitura.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua uma cópia do conto para cada aluno.

2. Ponha o conto, na íntegra, em sua versão audiolivro. Caso não seja possível ouvir o conto com a turma em audiolivro, sugerimos que você ouça o conto anteriormente e, em sala de aula, faça uma leitura em voz alta, respeitando as entonações necessárias para a produção de sentido e do efeito de humor.

3. Peça para os alunos acompanharem o áudio com o texto escrito.

4. Após ouvirem o conto, faça as seguintes perguntas para os alunos:

  • Que conhecimento de mundo é preciso ter para entender o humor deste conto?
  • O conto de Artur Azevedo foi escrito em meados do século XIX. Você reconhece alguma “pista” dessa data no texto? Qual?
  • O desfecho do conto é surpreendente/engraçado?
  • Se este texto fosse publicado hoje, do modo como está escrito, ele seria engraçado?
  • As hipóteses levantadas anteriormente foram confirmadas?

5. O objetivo desta atividade é mostrar que o conto não se resume apenas às palavras, mas também ao que está inferido, implícito e subentendido para além do que está propriamente escrito. No caso do gênero contos de humor, o elemento cômico passa nitidamente pela ideia de que o leitor precisa de certo conhecimento de mundo para conseguir decodificá-lo, participando ativamente da leitura.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Distribua uma cópia do conto para cada aluno.

2. Ponha o conto, na íntegra, em sua versão audiolivro. Caso não seja possível ouvir o conto com a turma em audiolivro, sugerimos que você ouça o conto anteriormente e, em sala de aula, faça uma leitura em voz alta, respeitando as entonações necessárias para a produção de sentido e do efeito de humor.

3. Peça para os alunos acompanharem o áudio com o texto escrito.

4. Após ouvirem o conto, faça as seguintes perguntas para os alunos:

  • Que conhecimento de mundo é preciso ter para entender o humor deste conto?
  • O conto de Artur Azevedo foi escrito em meados do século XIX. Você reconhece alguma “pista” dessa data no texto? Qual?
  • O desfecho do conto é surpreendente/engraçado?
  • Se este texto fosse publicado hoje, do modo como está escrito, ele seria engraçado?
  • As hipóteses levantadas anteriormente foram confirmadas?

5. O objetivo desta atividade é mostrar que o conto não se resume apenas às palavras, mas também ao que está inferido, implícito e subentendido para além do que está propriamente escrito. No caso do gênero contos de humor, o elemento cômico passa nitidamente pela ideia de que o leitor precisa de certo conhecimento de mundo para conseguir decodificá-lo, participando ativamente da leitura.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Peça para os alunos concluírem o que esse meme tem a ver com as análises estudadas em sala de aula.
  • Questione os alunos: o que podemos concluir sobre o gênero contos de humor?
  • Estimule que os alunos participem livremente. Espera-se que eles cheguem à conclusão de que os elementos necessários para que haja o efeito cômico no gênero contos de humor muitas vezes partem de inferências, de subentendidos do texto e do conhecimento de mundo que o leitor possui. Assim como em outros gêneros que utilizam elementos de humor, o conto de humor parte explicitamente de referências externas para sua compreensão completa. Nessa aula, por exemplo, os alunos fizeram levantamentos e hipóteses e utilizaram a ideia da inferência como uma estratégia de leitura essencial para o gênero conto de humor.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 7º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF67LP28 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano