14034
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 7º ano > Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - A construção da argumentação na carta de solicitação

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do EF sobre A construção da argumentação na carta de solicitação

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Katia Nelsina Pereira Chiaradia

Sugestão de adaptação para ensino remoto

Recursos indicados

Necessários:
- Mídias de comunicação e interação (WhatsApp ou e-mail), para envio das orientações e das sugestões das atividades de produção textual. Escolha o modo mais acessível aos estudantes e às famílias;
Aplicativos como os indicados a seguir, que funcionam bem por dispositivos móveis, como celulares e tablets:
- Google Docs: editor de texto compartilhado e colaborativo (tutorial disponível aqui) para professor e estudantes;
- Quizizz: um game de perguntas e respostas (tutorial disponível aqui) para professor e estudantes;
- Loon for Chrome (tutorial disponível aqui) para o professor;
- Sway (disponível aqui) para compartilhar textos produzidos digitalmente (tutorial disponível aqui);
- Flippity para games e sorteios de grupos em roleta (tutorial disponível aqui), para o professor.

Opcionais:
- Canais para aulas online, como o Google Meet (tutorial disponível aqui) ou o Zoom (tutorial disponível aqui);
- Google Forms (tutorial disponível aqui) ou Microsoft Forms (disponível aqui) para criar formulários online.

Introdução: Colocando em prática a solicitação
Esta aula deve ser desenvolvida a partir da pergunta: “Como construímos a argumentação na carta de solicitação usando o relato?”.
Seguindo o plano original, organize a turma em duplas ou trios, orientando-os que as próximas atividades serão realizadas conjuntamente. Para a formação das duplas e trios, você poderá utilizar o Flippity, aplicativo para sortear nomes e grupos (como os jogos em que se utilizam uma grande roleta).
Em seguida, utilize o Loom for Chrome para expor a situação-problema que os levará a analisar e reescrever duas cartas de solicitação (slide 1 da introdução).
Para certificar-se de que entenderam, faça um Quizizz com 3 perguntas apenas (com alternativas) que abordem os seguintes elementos: quem tem um problema; qual é esse problema; qual a solução dada para que consigam uma resolução para ele. Compartilhe por mensagem de áudio as alternativas corretas para que todos tenham compreensão da situação-problema e do que deve minimamente ser considerado na carta.

Desenvolvimento: Carta de solicitação (versão 1 e referência para versão 2)
Para agilizar no ER a proposta de análise e reescrita de duas cartas de solicitação escritas a partir da situação-problema, faça a divisão delas entre as duplas e os trios de forma que uma parte dos estudantes trabalhem com a carta 1 e a outra com a carta 2. Para compartilhar as duas cartas, utilize o aplicativo Sway e ajude-os por meio da apresentação de alguns itens para refletir sobre o que é preciso colocar na reescrita da carta para tornar a argumentação bem construída: 1. motivo da solicitação das caixas; 2. o papel de Flávia e Enzo no grupo; 3. a função da bibliotecária, o papel que ela desempenha; 4. a função do relato para construir bem a argumentação na carta de solicitação. Para essa explicação, utilize o aplicativo Loon for Chrome, que permite mostrar os itens e a sua explicação gravada.
Estipule um tempo para que os alunos façam a reescrita colaborativa por meio do Google Docs e solicite que façam a postagem no Sway. 
Oriente que façam a reescrita e uma revisão cuidadosa antes de enviarem o texto final.

Fechamento: Carta de solicitação (versão 3)
Selecione as duplas/trios cujas cartas serão apresentadas à turma para serem analisadas de acordo com os seguintes critérios: A) se na carta estão respondidas as 3 perguntas da introdução  quem tem um problema; qual é esse problema; qual a solução dada para que consigam uma resolução para ele; B) os 4 itens que tornam a argumentação bem construída  1. motivo da solicitação das caixas; 2. o papel de Flávia e Enzo no grupo; 3. a função da bibliotecária, o papel que ela desempenha; 4. a função do relato para construir bem a argumentação na carta de solicitação.
Destaque a parte das cartas em que se encontra o relato e discuta a sua importância para a construção da argumentação e convencimento do destinatário. Para isso, selecione as cartas, numere-as e faça um formulário no Google Forms com questões fechadas e abertas, para que os estudantes façam essa avaliação e devolutiva, ou envie por e-mail esse formulário e solicite que as duplas/trios façam essa avaliação e devolutiva por escrito e lhe enviem para que leia e comente algumas delas num próximo encontro.

Convite às famílias
É importante que as famílias sejam informadas por mensagem que os estudantes vão continuar estudando “cartas de solicitação” e que essa aula vai solicitar, em alguns momentos, que eles utilizem ferramentas/aplicativos por celular ou notebook, para receber orientações e materiais para o trabalho. Esclareça que você usará o que for mais acessível a todos da turma. Explique também que os estudantes vão fazer a reescrita de um texto colaborativamente, com os parceiros da dupla/trio. Procure dar uma ideia de tempo para essa reescrita. Solicite à família, então, que reservem o horário da aula para que os estudantes não se atrapalhem com a dinâmica da casa, possam fazer uso do celular e internet etc. Informe ainda se haverá sequência dessas atividades relativas à carta de solicitação. Nesse caso, adiante-se e faça um cronograma para que todos possam se organizar e auxiliar os estudantes.

Sugestão Enviada Por: Silvia Albert


Código: LPO7_03SQA05

(EF69LP27) Analisar a forma composicional de textos pertencentes a gêneros normativos/ jurídicos e a gêneros da esfera política, tais como propostas, programas políticos (posicionamento quanto a diferentes ações a serem propostas, objetivos, ações previstas etc.), propaganda política (propostas e sua sustentação, posicionamento quanto a temas em discussão) e textos reivindicatórios: cartas de reclamação, petição (proposta, suas justificativas e ações a serem adotadas) e suas marcas linguísticas, de forma a incrementar a compreensão de textos pertencentes a esses gêneros e a possibilitar a produção de textos mais adequados e/ou fundamentados quando isso for requerido.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 7º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas