14034
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - A construção da argumentação na carta de solicitação

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 7º ano do EF sobre A construção da argumentação na carta de solicitação

Plano 05 de 15 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Katia Nelsina Pereira Chiaradia

 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a quinta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero carta de solicitação e no campo de atuação da vida pública. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística e semiótica.

Materiais necessários: Você precisará de computador, projetor de imagens e cópias das atividades.

Dificuldades antecipadas: É possível que os estudantes confundam o relato para argumentar com narrativa.

É provável que os estudantes tenham dificuldade em escolher seus pares de trabalho. Você pode auxiliá-los estabelecendo critérios para a formação das duplas.

Informações sobre o gênero Carta de solicitação: carta formal em que o emissor formaliza um pedido ao destinatário. Diferente de uma carta de reclamação, o produtor da carta de solicitação não necessariamente considera que tem um direito assegurado, mas acredita que seu interlocutor poderá atendê-lo. Por isso, além de explicitar a solicitação, deve ter forte base argumentativa.

Referências sobre o assunto:

BARBOSA, Jacqueline P. e ROJO, Roxane. Hipermodernidade, multiletramentos e gêneros discursivos. Editora Parábola, 2015.

BARBOSA, Jacqueline P. Carta de solicitação e Carta de reclamação. Coleção Trabalhando com os Gêneros do Discurso- Editora FTD, 2005.

Programa de formação da Prefeitura – 2010 - Cadernos de apoio a aprendizagem 7º ano, parte 1 e parte 2 - Fazendo pedidos: cartas de solicitação e requerimento. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2018.

DOLZ, Joaquim e SCHNEUWLY, Bernard (orgs.). Gêneros orais e escritos na escola. Campinas. Mercado de Letras, 2004.

TEIXEIRA, Ana Paula Tosta; BLASQUE, Roberta Maria Garcia; SANTOS, Célia Dias dos. “A exposição oral na sala de aula”: in Anais para o VII Seminário de Pesquisas em Ciências Humanas, da Universidade Estadual de Londrina (UEL), 2008. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2018.

Tema da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Projete a questão (você também pode escrever no quadro) e estimule a participação dos alunos. Permita que eles se manifestem livremente sobre diferentes formas de estruturar uma solicitação, inclusive contando brevemente sobre experiências pessoais.
  • Instigue-os, à medida em que apresentam possíveis formas de se construir uma solicitação, a refletir sobre por que precisamos solicitar coisas.

Introdução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Peça-lhes que se organizem nas duplas ou nos trios em que trabalharão nas duas etapas seguintes.
  • Escreva ou projete no quadro a situação-problema.
  • Leia com a turma ou peça que um estudante o faça. Certifique-se de que os estudantes tenham entendido o caso. Explique-lhes, caso solicitem.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 34 minutos

Orientações:

  • Projete ou escreva a carta no quadro. Se houver computadores ou tablets suficientes, ela pode ser compartilhada nesses dispositivos, já que passará por um processo de revisão e reescrita.
  • Peça aos grupos que reescrevam a carta, pensando, inicialmente, em dois pontos: no motivo da solicitação das caixas e no papel de Flávia e Enzo no grupo.
  • Sugere-se 9 minutos para essa etapa.

Fonte: Todos os textos foram produzidos por alunos de uma turma de 3º ano e retirados, com mínimas adaptações, da dissertação de mestrado de Rosenblat, E., Argumentação na sala de aula: Análise de três situações de produção. 1998. Eles também estão disponíveis em BARBOSA, Jacqueline Peixoto. Trabalhando com gêneros do discurso: argumentar – cartas de solicitação e de reclamação. São Paulo: FTD, 2005, p.26-27.

Desenvolvimento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Projete ou escreva no quadro a REFERÊNCIA de segunda versão carta. Se houver computadores ou tablets suficientes, ela pode ser compartilhada nesses dispositivos, já que passará por mais um processo de revisão e reescrita.
  • Discuta brevemente com eles sobre a diferença na argumentação causada pela inserção da última frase, bem como na mudança de quem assina a carta.
  • Em seguida, peça aos grupos que reescrevam a carta, pensando, agora, em ajustar ainda mais a argumentação. Eles devem, para isso, usar a seu favor os diferentes papéis que a bibliotecária desempenha. Devem, por fim, pensar na função que o relato do problema tem na qualidade da persuasão.
  • Sugere-se 25 minutos para esta etapa.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Projete ou escreva no quadro a REFERÊNCIA de terceira versão carta. Leia-a para os estudantes.
  • Discuta com eles sobre a diferença qualitativa na argumentação causada pela inserção, na carta, da imagem do destinatário e do relato do problema.

Fechamento select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Projete ou escreva no quadro a REFERÊNCIA de terceira versão carta. Leia-a para os estudantes.
  • Discuta com eles sobre a diferença qualitativa na argumentação causada pela inserção, na carta, da imagem do destinatário e do relato do problema.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é a quinta aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero carta de solicitação e no campo de atuação da vida pública. A aula faz parte do módulo de Análise Linguística e semiótica.

Materiais necessários: Você precisará de computador, projetor de imagens e cópias das atividades.

Dificuldades antecipadas: É possível que os estudantes confundam o relato para argumentar com narrativa.

É provável que os estudantes tenham dificuldade em escolher seus pares de trabalho. Você pode auxiliá-los estabelecendo critérios para a formação das duplas.

Informações sobre o gênero Carta de solicitação: carta formal em que o emissor formaliza um pedido ao destinatário. Diferente de uma carta de reclamação, o produtor da carta de solicitação não necessariamente considera que tem um direito assegurado, mas acredita que seu interlocutor poderá atendê-lo. Por isso, além de explicitar a solicitação, deve ter forte base argumentativa.

Referências sobre o assunto:

BARBOSA, Jacqueline P. e ROJO, Roxane. Hipermodernidade, multiletramentos e gêneros discursivos. Editora Parábola, 2015.

BARBOSA, Jacqueline P. Carta de solicitação e Carta de reclamação. Coleção Trabalhando com os Gêneros do Discurso- Editora FTD, 2005.

Programa de formação da Prefeitura – 2010 - Cadernos de apoio a aprendizagem 7º ano, parte 1 e parte 2 - Fazendo pedidos: cartas de solicitação e requerimento. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2018.

DOLZ, Joaquim e SCHNEUWLY, Bernard (orgs.). Gêneros orais e escritos na escola. Campinas. Mercado de Letras, 2004.

TEIXEIRA, Ana Paula Tosta; BLASQUE, Roberta Maria Garcia; SANTOS, Célia Dias dos. “A exposição oral na sala de aula”: in Anais para o VII Seminário de Pesquisas em Ciências Humanas, da Universidade Estadual de Londrina (UEL), 2008. Disponível em: . Acesso em: 20 out. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações:

  • Projete a questão (você também pode escrever no quadro) e estimule a participação dos alunos. Permita que eles se manifestem livremente sobre diferentes formas de estruturar uma solicitação, inclusive contando brevemente sobre experiências pessoais.
  • Instigue-os, à medida em que apresentam possíveis formas de se construir uma solicitação, a refletir sobre por que precisamos solicitar coisas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações:

  • Peça-lhes que se organizem nas duplas ou nos trios em que trabalharão nas duas etapas seguintes.
  • Escreva ou projete no quadro a situação-problema.
  • Leia com a turma ou peça que um estudante o faça. Certifique-se de que os estudantes tenham entendido o caso. Explique-lhes, caso solicitem.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 34 minutos

Orientações:

  • Projete ou escreva a carta no quadro. Se houver computadores ou tablets suficientes, ela pode ser compartilhada nesses dispositivos, já que passará por um processo de revisão e reescrita.
  • Peça aos grupos que reescrevam a carta, pensando, inicialmente, em dois pontos: no motivo da solicitação das caixas e no papel de Flávia e Enzo no grupo.
  • Sugere-se 9 minutos para essa etapa.

Fonte: Todos os textos foram produzidos por alunos de uma turma de 3º ano e retirados, com mínimas adaptações, da dissertação de mestrado de Rosenblat, E., Argumentação na sala de aula: Análise de três situações de produção. 1998. Eles também estão disponíveis em BARBOSA, Jacqueline Peixoto. Trabalhando com gêneros do discurso: argumentar – cartas de solicitação e de reclamação. São Paulo: FTD, 2005, p.26-27.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Projete ou escreva no quadro a REFERÊNCIA de segunda versão carta. Se houver computadores ou tablets suficientes, ela pode ser compartilhada nesses dispositivos, já que passará por mais um processo de revisão e reescrita.
  • Discuta brevemente com eles sobre a diferença na argumentação causada pela inserção da última frase, bem como na mudança de quem assina a carta.
  • Em seguida, peça aos grupos que reescrevam a carta, pensando, agora, em ajustar ainda mais a argumentação. Eles devem, para isso, usar a seu favor os diferentes papéis que a bibliotecária desempenha. Devem, por fim, pensar na função que o relato do problema tem na qualidade da persuasão.
  • Sugere-se 25 minutos para esta etapa.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações:

  • Projete ou escreva no quadro a REFERÊNCIA de terceira versão carta. Leia-a para os estudantes.
  • Discuta com eles sobre a diferença qualitativa na argumentação causada pela inserção, na carta, da imagem do destinatário e do relato do problema.

Slide Plano Aula

Orientações:

  • Projete ou escreva no quadro a REFERÊNCIA de terceira versão carta. Leia-a para os estudantes.
  • Discuta com eles sobre a diferença qualitativa na argumentação causada pela inserção, na carta, da imagem do destinatário e do relato do problema.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 7º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 7º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF69LP27 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano