13984
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Ciências > 6º ano > Vida e Evolução

Plano de aula - O uso de drogas e a adolescência

Plano de aula de Ciências com atividades para 6º ano do Fundamental sobre motivos fisiológicos e sociais que levam o adolescente ao uso de drogas e as suas consequências.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Gabriela Aprigia Monteferrante

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Este é o terceiro plano de uma sequência sobre drogas e seus efeitos no organismo e impactos na sociedade. Sugere-se a aplicação dos planos anteriores e dos próximos planos para trabalhar o assunto de forma mais completa. Como o plano também contemplará questões sobre o sistema nervoso, sugere-se previamente os planos de aula CIE6_06VE01 e CIE6_06VE02.

Materiais necessários: Matéria impressa (uma para cada 4 pessoas do grupo) e folha “Para refinar o olhar” impressa para a etapa “Mão na Massa”; duas cartolinas brancas, duas folhas de papel celofane (uma azul e outra amarela); post-its e, se possível, projetor e computador (etapa “Contexto”).

Link para material impresso: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/57fAck3hNXUu2JxHB9xEvsacm7RGBBtFwumpmzjjFHEQ6CTcDRaGSkcmbAxh/cie6-08ve03--mao-na-massa--atividade-para-impressao.pdf.

Título da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Leia o tema da aula e comente com os estudantes que vocês discutirão sobre os fatores que interferem no uso de drogas por adolescentes.

Contexto select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Peça que os estudantes se organizem em uma grande roda e em seguida diga-lhes que para discutir o uso de drogas por adolescentes, antes será necessário compreender quem é o indivíduo adolescente, então, indague-os: Que tal pensar sobre desde quando discute-se sobre o indivíduo adolescente?

Para isso diga-lhes que gostaria de ler trechos de duas obras. Leia e, se possível, projete para que os estudantes acompanhem a leitura (se desejar, pode também entregar o material impresso ou disposto em um cartaz). Em seguida, direcione uma pequena discussão sobre os trechos lidos. Será um momento curto de discussão para uma ou duas ideias/respostas simples para algumas perguntas, como:

  • Alguém já ouviu falar sobre Shakespeare? Vocês acreditam que esse texto dele foi escrito em que época? (Comente que ele foi um grande poeta, dramaturgo e ator inglês que viveu entre os séculos XVI e XVII, ou seja, apesar de a publicação do livro ser de 2007, a obra tem mais de 400 anos, já que foi escrita entre 1610 e 1611);
  • Agora, observem o segundo trecho. Percebem diferenças entre as linguagens? E sobre o olhar que cada autor dá ao fenômeno da adolescência? (Espera-se que percebam uma linguagem mais antiga do primeiro texto em relação ao segundo e que há um enfoque mais literário e mais científico, respectivamente);
  • Ambos os textos falam sobre a adolescência. Quais outras semelhanças os textos apresentam? (Espera-se que falem dos desafios que a fase representa e possivelmente sobre o papel do cérebro, mas caso não o façam, retome o fato de ambos citarem o cérebro como um órgão envolvido nesse fenômeno).

Professor, para ampliação e apropriação da temática sugere-se a leitura do artigo: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/view/1021/905.

Planos de aula sobre a puberdade (para conhecimento do professor):

  • Mudanças fisiológicas e sociais que compõe a puberdade e a adolescência: CIE8_07EV01;
  • Relações entre o sistema nervoso e a puberdade: CIE8_07VE07;
  • A visão da neurociência sobre a adolescência: CIE8_07EV08.

Questão disparadora select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Com os estudantes ainda organizados em roda, leia a questão disparadora (que pode ser projetada, exposta em outro material ou apenas lida). Permita que formulem suas hipóteses rapidamente, registrando-as no caderno, e que as compartilhem com os colegas voluntariamente. Neste momento, não se preocupe em respondê-las, mas em estimulá-los a pensar sobre o assunto, que você poderá complementar por meio de outras perguntas, como:

  • Pensando nos desafios vivenciados pelos adolescentes, quais fatores poderiam influenciar no uso de drogas?
  • Há questões relacionadas ao funcionamento do corpo? E questões relacionadas a problemas sociais?

Lembre-se de que este é um momento para o levantamento de concepções prévias e hipóteses formuladas pelos próprios estudantes.

Mão na massa select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 32 minutos

Orientações: Sugere-se no máximo 15 minutos para a realização desta atividade. Peça que os estudantes se dividam em grupos de 4 a 6 integrantes. Depois, metade do grupo recebe pedaços de papel da cor amarela e a outra metade, da cor azul. Comunique-os que eles deixarão seu grupo de origem para formar dois grandes grupos, o grupo azul e o grupo amarelo. Posteriormente, eles devem se organizar em duas grandes rodas.

Explique que ambos os grupos receberão o mesmo material impresso para análise (matéria impressa), mas cada grupo receberá uma folha com questões norteadoras diferentes. Os integrantes do grupo da cor amarela são responsáveis por analisar aspectos sociais que relacionam a adolescência ao uso de drogas. Na folha “Para refinar o olhar” encontrarão questões norteadoras sobre o olhar social. Já os que receberam a cor azul são responsáveis por analisar os aspectos biológicos, na folha “Para refinar o olhar” encontrarão questões biológicas para pensarem.

Explique-lhes que uma mesma informação pode resguardar diferentes aspectos, por exemplo:

A informação: adolescentes costumam se arriscar mais do que adultos;

Aspectos biológicos: Mecanismos cerebrais permitem aos jovens sensações agradáveis ao se arriscarem, o uso de drogas pode ser visto como um risco.

Aspectos sociais: As responsabilidades de um adolescente não são bem definidas, por ser um período de transição. Há coisas em que, para a sociedade, já são “velhos demais” e, para outras coisas, são “jovens demais”. Desta forma, o fato de se arriscarem usando drogas pode representar a tentativa de demonstrar ou sentir a sensação de independência.

Eles receberão uma cartolina revestida com papel celofane da cor do grupo e alguns post-its. Nos post-its devem registrar os aspectos identificados e colá-los na metade da cartolina (sobre a superfície do celofane), desta forma: grupo azul na metade da esquerda para a direita e grupo amarelo na metade da esquerda para a direita. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/4754XhFKZw8B639Emx9h4DbjgmaccMWyRPwS4ZDc9cGC8zm5wNSB7ugpbkpT/cie6-08ve03--mao-na-massa--ilustracao-do-cartaz.pdf você encontra um exemplo da disposição do cartaz.

Professor, esses materiais podem auxiliá-lo a expandir a discussão: http://www.adolescencia.org.br/upl/ckfinder/files/pdf/revista_tm_drogas.pdf e http://www.revistaeducacao.com.br/como-funciona-o-cerebro-do-adolescente/.

Materiais necessários: Matéria impressa (uma para cada 4 pessoas do grupo), folha “Para refinar o olhar” impressa, duas cartolinas brancas, duas folhas de papel celofane (uma azul e outra amarela), post-its e, se possível, projetor e computador.

Mão na massa select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Sugere-se 12 minutos para a realização desse momento. Peça para que cada estudante retorne ao seu grupo de origem e lá eles deverão compartilhar as descobertas que vivenciaram no outro grupo e após discutirem, deverão elaborar um único post-it que relacione os aspectos sociais aos biológicos. Enquanto elaboram, você deverá formar uma zona híbrida entre o celofane azul e amarelo formando uma sobreposição, e ao final do tempo, permita que colem seus post-its nesta região. Por exemplo:

A informação: Adolescentes costumam se arriscar mais do que adultos.

Aspectos biológicos: Mecanismos cerebrais permitem aos jovens sensações agradáveis ao se arriscarem, o uso de drogas pode ser visto como um risco.

Aspectos sociais: As responsabilidades de um adolescente não são bem definidas, por ser um período de transição. Há coisas em que, para a sociedade, já são “velhos demais” e, para outras coisas, são “jovens demais”. Desta forma, o fato de se arriscarem usando drogas pode representar a tentativa de demonstrar ou sentir a sensação de independência.

Relação entre os aspectos: a busca pela independência e por mostrar à sociedade que é capaz de algumas ações, aliadas às sensações agradáveis que o cérebro adolescente proporciona ao indivíduo que quer se arriscar, podem gerar no adolescente a vontade do uso de drogas.

Deste tempo, reserve 5 minutos para discutir como essas problemáticas registradas na zona híbrida poderiam ser resolvidas. Por exemplo, pergunte aos estudantes: Como os adolescentes que simpatizam pelos riscos que as drogas trazem podem receber ajuda para evitar o consumo destas substâncias?

Um apontamento possível seria o diálogo com pais e educadores para demonstrar que há outras formas de se afirmar socialmente e de sentir prazer de forma mais segura, como praticando esportes e vivenciando momentos de lazer com a família e os amigos.

Sistematização select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Convide os estudantes a se unirem em uma grande roda, comente que a adolescência é um período marcado por transformações biológicas e sociais que, em conjunto, podem influenciar no uso de drogas. Retome a questão disparadora, leia e peça que a respondam novamente, considerando o que discutiram nas atividades anteriores. Com a ajuda dos estudantes, desenvolva no quadro um registro coletivo que responda à questão e peça que todos registrem no caderno, comparando com as concepções prévias do início da aula. Neste momento, você pode retomar as respostas dos estudantes às questões da atividade Mão na Massa. É importante que a resposta contemple os aspectos biológicos e sociais da adolescência que podem influenciar no uso de drogas e a relação entre eles.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Este é o terceiro plano de uma sequência sobre drogas e seus efeitos no organismo e impactos na sociedade. Sugere-se a aplicação dos planos anteriores e dos próximos planos para trabalhar o assunto de forma mais completa. Como o plano também contemplará questões sobre o sistema nervoso, sugere-se previamente os planos de aula CIE6_06VE01 e CIE6_06VE02.

Materiais necessários: Matéria impressa (uma para cada 4 pessoas do grupo) e folha “Para refinar o olhar” impressa para a etapa “Mão na Massa”; duas cartolinas brancas, duas folhas de papel celofane (uma azul e outra amarela); post-its e, se possível, projetor e computador (etapa “Contexto”).

Link para material impresso: https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/57fAck3hNXUu2JxHB9xEvsacm7RGBBtFwumpmzjjFHEQ6CTcDRaGSkcmbAxh/cie6-08ve03--mao-na-massa--atividade-para-impressao.pdf.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Leia o tema da aula e comente com os estudantes que vocês discutirão sobre os fatores que interferem no uso de drogas por adolescentes.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos

Orientações: Peça que os estudantes se organizem em uma grande roda e em seguida diga-lhes que para discutir o uso de drogas por adolescentes, antes será necessário compreender quem é o indivíduo adolescente, então, indague-os: Que tal pensar sobre desde quando discute-se sobre o indivíduo adolescente?

Para isso diga-lhes que gostaria de ler trechos de duas obras. Leia e, se possível, projete para que os estudantes acompanhem a leitura (se desejar, pode também entregar o material impresso ou disposto em um cartaz). Em seguida, direcione uma pequena discussão sobre os trechos lidos. Será um momento curto de discussão para uma ou duas ideias/respostas simples para algumas perguntas, como:

  • Alguém já ouviu falar sobre Shakespeare? Vocês acreditam que esse texto dele foi escrito em que época? (Comente que ele foi um grande poeta, dramaturgo e ator inglês que viveu entre os séculos XVI e XVII, ou seja, apesar de a publicação do livro ser de 2007, a obra tem mais de 400 anos, já que foi escrita entre 1610 e 1611);
  • Agora, observem o segundo trecho. Percebem diferenças entre as linguagens? E sobre o olhar que cada autor dá ao fenômeno da adolescência? (Espera-se que percebam uma linguagem mais antiga do primeiro texto em relação ao segundo e que há um enfoque mais literário e mais científico, respectivamente);
  • Ambos os textos falam sobre a adolescência. Quais outras semelhanças os textos apresentam? (Espera-se que falem dos desafios que a fase representa e possivelmente sobre o papel do cérebro, mas caso não o façam, retome o fato de ambos citarem o cérebro como um órgão envolvido nesse fenômeno).

Professor, para ampliação e apropriação da temática sugere-se a leitura do artigo: http://revistas.unifoa.edu.br/index.php/cadernos/article/view/1021/905.

Planos de aula sobre a puberdade (para conhecimento do professor):

  • Mudanças fisiológicas e sociais que compõe a puberdade e a adolescência: CIE8_07EV01;
  • Relações entre o sistema nervoso e a puberdade: CIE8_07VE07;
  • A visão da neurociência sobre a adolescência: CIE8_07EV08.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Com os estudantes ainda organizados em roda, leia a questão disparadora (que pode ser projetada, exposta em outro material ou apenas lida). Permita que formulem suas hipóteses rapidamente, registrando-as no caderno, e que as compartilhem com os colegas voluntariamente. Neste momento, não se preocupe em respondê-las, mas em estimulá-los a pensar sobre o assunto, que você poderá complementar por meio de outras perguntas, como:

  • Pensando nos desafios vivenciados pelos adolescentes, quais fatores poderiam influenciar no uso de drogas?
  • Há questões relacionadas ao funcionamento do corpo? E questões relacionadas a problemas sociais?

Lembre-se de que este é um momento para o levantamento de concepções prévias e hipóteses formuladas pelos próprios estudantes.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 32 minutos

Orientações: Sugere-se no máximo 15 minutos para a realização desta atividade. Peça que os estudantes se dividam em grupos de 4 a 6 integrantes. Depois, metade do grupo recebe pedaços de papel da cor amarela e a outra metade, da cor azul. Comunique-os que eles deixarão seu grupo de origem para formar dois grandes grupos, o grupo azul e o grupo amarelo. Posteriormente, eles devem se organizar em duas grandes rodas.

Explique que ambos os grupos receberão o mesmo material impresso para análise (matéria impressa), mas cada grupo receberá uma folha com questões norteadoras diferentes. Os integrantes do grupo da cor amarela são responsáveis por analisar aspectos sociais que relacionam a adolescência ao uso de drogas. Na folha “Para refinar o olhar” encontrarão questões norteadoras sobre o olhar social. Já os que receberam a cor azul são responsáveis por analisar os aspectos biológicos, na folha “Para refinar o olhar” encontrarão questões biológicas para pensarem.

Explique-lhes que uma mesma informação pode resguardar diferentes aspectos, por exemplo:

A informação: adolescentes costumam se arriscar mais do que adultos;

Aspectos biológicos: Mecanismos cerebrais permitem aos jovens sensações agradáveis ao se arriscarem, o uso de drogas pode ser visto como um risco.

Aspectos sociais: As responsabilidades de um adolescente não são bem definidas, por ser um período de transição. Há coisas em que, para a sociedade, já são “velhos demais” e, para outras coisas, são “jovens demais”. Desta forma, o fato de se arriscarem usando drogas pode representar a tentativa de demonstrar ou sentir a sensação de independência.

Eles receberão uma cartolina revestida com papel celofane da cor do grupo e alguns post-its. Nos post-its devem registrar os aspectos identificados e colá-los na metade da cartolina (sobre a superfície do celofane), desta forma: grupo azul na metade da esquerda para a direita e grupo amarelo na metade da esquerda para a direita. https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/4754XhFKZw8B639Emx9h4DbjgmaccMWyRPwS4ZDc9cGC8zm5wNSB7ugpbkpT/cie6-08ve03--mao-na-massa--ilustracao-do-cartaz.pdf você encontra um exemplo da disposição do cartaz.

Professor, esses materiais podem auxiliá-lo a expandir a discussão: http://www.adolescencia.org.br/upl/ckfinder/files/pdf/revista_tm_drogas.pdf e http://www.revistaeducacao.com.br/como-funciona-o-cerebro-do-adolescente/.

Materiais necessários: Matéria impressa (uma para cada 4 pessoas do grupo), folha “Para refinar o olhar” impressa, duas cartolinas brancas, duas folhas de papel celofane (uma azul e outra amarela), post-its e, se possível, projetor e computador.

Slide Plano Aula

Orientações: Sugere-se 12 minutos para a realização desse momento. Peça para que cada estudante retorne ao seu grupo de origem e lá eles deverão compartilhar as descobertas que vivenciaram no outro grupo e após discutirem, deverão elaborar um único post-it que relacione os aspectos sociais aos biológicos. Enquanto elaboram, você deverá formar uma zona híbrida entre o celofane azul e amarelo formando uma sobreposição, e ao final do tempo, permita que colem seus post-its nesta região. Por exemplo:

A informação: Adolescentes costumam se arriscar mais do que adultos.

Aspectos biológicos: Mecanismos cerebrais permitem aos jovens sensações agradáveis ao se arriscarem, o uso de drogas pode ser visto como um risco.

Aspectos sociais: As responsabilidades de um adolescente não são bem definidas, por ser um período de transição. Há coisas em que, para a sociedade, já são “velhos demais” e, para outras coisas, são “jovens demais”. Desta forma, o fato de se arriscarem usando drogas pode representar a tentativa de demonstrar ou sentir a sensação de independência.

Relação entre os aspectos: a busca pela independência e por mostrar à sociedade que é capaz de algumas ações, aliadas às sensações agradáveis que o cérebro adolescente proporciona ao indivíduo que quer se arriscar, podem gerar no adolescente a vontade do uso de drogas.

Deste tempo, reserve 5 minutos para discutir como essas problemáticas registradas na zona híbrida poderiam ser resolvidas. Por exemplo, pergunte aos estudantes: Como os adolescentes que simpatizam pelos riscos que as drogas trazem podem receber ajuda para evitar o consumo destas substâncias?

Um apontamento possível seria o diálogo com pais e educadores para demonstrar que há outras formas de se afirmar socialmente e de sentir prazer de forma mais segura, como praticando esportes e vivenciando momentos de lazer com a família e os amigos.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos

Orientações: Convide os estudantes a se unirem em uma grande roda, comente que a adolescência é um período marcado por transformações biológicas e sociais que, em conjunto, podem influenciar no uso de drogas. Retome a questão disparadora, leia e peça que a respondam novamente, considerando o que discutiram nas atividades anteriores. Com a ajuda dos estudantes, desenvolva no quadro um registro coletivo que responda à questão e peça que todos registrem no caderno, comparando com as concepções prévias do início da aula. Neste momento, você pode retomar as respostas dos estudantes às questões da atividade Mão na Massa. É importante que a resposta contemple os aspectos biológicos e sociais da adolescência que podem influenciar no uso de drogas e a relação entre eles.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Vida e Evolução do 6º ano :

MAIS AULAS DE Ciências do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06CI10 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Ciências

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano