13935
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 3º ano > Oralidade

Plano de aula - Minisseminários

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 3º ano do Ensino Fundamental sobre a oralidade, marcada por um viés investigativo e utilizando gêneros textuais do campo investigativo, não o tema em si.

Plano 01 de 1 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Ana Pena

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre este plano select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é uma proposta de atividade permanente para trabalhar minisseminários. O campo de atuação priorizado nesta atividade é a oralidade, marcada por um viés investigativo e utilizando gêneros textuais do campo investigativo, não o tema em si

Justificativa: A prática de ensino pautada em gêneros orais é, ainda, uma realidade distante dos ambientes escolares. Pensar a oralidade é tarefa necessária, pois aproxima as aulas das práticas sociais vigentes. Sob esta perspectiva, espera-se promover ações que se voltem para a busca da autonomia do estudante, por meio da pesquisa, produção, comunicação e participação coletiva, primando do campo de estudo e pesquisa. Acresce-se que, apesar de o foco estar sobre o gênero oral, para expor com propriedade a respeito de um tema, é necessário ler para informar-se sobre o assunto e escrever para apoiar a fala. Espera-se, neste ciclo, o uso de esquematizações, dentre as quais se incluem: fichamento, listas de itens, enumerações, tópicos originários de relatórios de observação e pesquisa, considerando, ainda, a diagramação específica de cada um.

Materiais necessários: Cartolina, pincéis, giz de cera, folhas de papel e uma caixa encapada que pode ter um simulado de uma chave para ser o baú. Veja dicas de como construir um baú em https://www.youtube.com/watch?v=ne30hfpqbLA.

Dificuldades antecipadas: Neste ano de escolarização ainda tem muita ênfase sobre a construção da base alfabética, no trato das questões fonéticas: dígrafos, encontros consonantais, emprego de letras com sons parecidos, separação de sílabas. O universo dos gêneros, por sua vez, permite a inserção do aluno nas práticas de linguagem. Assim, faz-se necessário um trabalho mais sistemático com os gêneros textuais com o objetivo de proporcionar uma vivência mais proveitosa aos alunos. Outro aspecto que pode ser um dificultador nesta faixa etária é a exposição oral, o falar diante de uma plateia, pois há, ainda, pouco amadurecimento para lidar com os aspectos paralinguísticos.

Referências sobre o assunto:

MARTINS NETO, Irando Alves. A importância do ensino de gêneros orais na formação do aluno como sujeito ativo na sociedade. In: Ave Palavra. Edição Especial do Ensino de Língua Portuguesa. Agosto, 2012. Disponível em <http://www2.unemat.br/avepalavra/EDICOES/Esp0812/artigos/irando.pdf>. Acesso em Jul. 2018.

GOMES-SANTOS, S. A exposição oral nos anos iniciais do ensino fundamental. São Paulo: Cortez, 2012. (Trabalhando com... na escola).

VIEIRA, Ana Regina Ferraz. Seminário escolar. In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores/coordenado por
Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p. 275 – 290. Disponível em: <http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf>. Acesso em Jul 2018.

ZANI, Juliana Bacan & BUENO, Luzia. Os gêneros orais no programa ler e escrever do Estado de São Paulo. Revista Intercâmbio, v. XXVI: 114-128, 2012. São Paulo: LAEL/PUCSP. ISSN 2237-759x. Disponível em <https://revistas.pucsp.br/index.php/intercambio/article/viewFile/15179/11321> . Acesso em Jul. 2018.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações:

Preparação: Considerando como objeto da aula o minisseminário, validando a construção do conhecimento, é preciso prepará-lo.

  • As atividades ligadas à oralidade demandam preparo. Requerem, antes de tudo, pesquisa e planejamento prévio. É necessário alinhar
    informação, tempo de apresentação, recurso visual. Pela faixa etária, o acompanhamento se faz imprescindível.

b. Pesquisa:

OBS: A pesquisa é um tempo preparatório, proposto em algum período antes do dia do seminário propriamente dito. Este tempo pode variar de dias, de acordo com a maturidade da turma e a complexidade do(s) tema(s) proposto(s). O tempo de 10 minutos contados acima é para a introdução, no dia do seminário.

  • Para a escolha do(s) tema(s) pode e deve haver interdisciplinaridade com os demais componentes curriculares.
  • Peça às crianças que pesquisem sobre o tema escolhido. Oriente-as quanto aos materiais de consulta e deixe sempre em sala livros, revistas e conteúdo digital que permitam ampliar a pesquisa. Auxilie-os na leitura, esclarecendo eventuais dúvidas acerca do vocabulário ou ajudando a localizar informações.
  • Oriente as crianças na seleção de textos interessantes sobre o tema escolhido. E, depois, auxilie-as na elaboração de uma síntese das informações, orientando-se pelas questões apresentadas no slide. Auxilie os alunos solicitando que façam anotações e possam revisar brevemente as informações.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Preparação:

c. O recurso visual para apoio no momento da apresentação oral:

  • Utilizando as perguntas de orientação que constam no slide, oriente e acompanhe a elaboração do material de apoio na apresentação dos alunos. Sugerem-se gêneros mais visuais, de tipologia mais expositiva.

Introdução: Para introduzir o assunto, convide os alunos a produzir material para ser guardado no baú das curiosidades.

Entregue, a cada aluno voluntário pela pesquisa, uma folha de papel e deixe que escrevam sobre o tema, enumerando pontos importantes. Acompanhe este momento, orientando, ajudando, dando sugestões. Converse com os alunos acerca de gêneros textuais como verbetes de dicionários (significado do tema, podendo ilustrar), imagens ou ilustrações sobre o tema, com explicações do que aparece nas imagens, tabelas, gráficos e acompanhe a produção, dando o suporte necessário para a execução da atividade.

Obs: O uso do baú tem como objetivo instigar os alunos a pesquisar os temas em questão. E como o baú sugestiona guardar preciosidades, objetos de valor pessoal (ou é o objeto de desejo nas histórias infantis em que se usa o mapa para chegar ao tesouro, muitas vezes guardado em um baú), a ideia é associar a pesquisa e o material produzido por eles como algo precioso.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Desenvolvimento: Para a apresentação:

  • Reforce, na apresentação oral, a importância da entonação da voz, da linguagem sem gírias, da postura corporal, uso do recurso visual. E, também, a participação do ouvinte: ouvir com atenção.

  • Durante a apresentação, a criança que fará a exposição oral deve se colocar diante da turma, observando os quesitos da apresentação oral: postura, tom de voz, adequação da fala. Durante todo o processo, o aluno deve se sentir apoiado pelo professor.

  • Preencher o baú com os textos produzidos por eles para apresentar. Assim, verbetes, imagens, ilustrações, tabelas etc serão os tesouros guardados no baú.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Orientações:

Desenvolvimento:

  • Para a apresentação, explore este recurso de apoio à exposição oral, aproveitando o momento para discutir esquemas com as crianças. Solicite um esquema de como ele pesquisou o tema de interesse: um esquema de como fez para se chegar ao tesouro, enumerando:
  • Encontrei as informações...
  • Pesquisei essas informações em...
  • Descobri...
  • Trouxe a seguinte informação...
  • Esta informação é importante porque…
  • Escolhi este tema porque…
  • Cheguei à conclusão que…

2. Oriente quanto ao uso do material produzido neste momento de exposição, ajudando-as a se apropriar desse recurso para suporte e fundamentação da fala.

Dinâmica da atividade select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (este tempo deve considerar toda a avaliação).

Orientações:

Fechamento:

  • A proposta é se orientar pela oralidade buscando uma reflexão com os alunos.
  • Assim, coloque as perguntas no quadro e peça que se organizem para responder, levantando a mão.
  • Ouça mais de um aluno para cada pergunta.
  • Observe que o processo de avaliação se sustenta em três pilares: tema, pesquisa e a oralidade.

Variação da atividade select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • Para o preparo desta atividade, é importante estabelecer com as crianças dois aspectos: posicionamento crítico e capacidade de argumentar sobre o tema com base nos dados fornecidos dentro do tema. O meio de investigação sugerido é uma pesquisa sobre os assuntos que são de maior interesse ou assuntos ligados a algum problema evidenciado na sociedade no momento desta atividade. Direcione as pesquisas para temas atuais, com informações que podem ser encontradas em jornais e revistas.

  • Conversem sobre as reportagens encontradas, socializando-as na turma.

  • Combinem as perguntas que serão feitas.

  • Escolha algumas crianças para responder as perguntas. Faça plaquinhas com sim e não, que deverão ser levantadas e a criança deve depois argumentar sobre sua escolha.

  • Estabeleçam os combinados:
  • Ouvir o colega e não interrompê-lo enquanto fala.
  • Prestar atenção no ponto de vista que o colega defende.
  • O colega que fala deve falar claramente para ser ouvido, defender seu ponto de vista com argumentos baseados nas leituras, pode usar expressões como “na minha opinião…” “eu acredito que…” “concordo quando no texto diz que…”;

6. Guardem as descobertas pesquisadas no baú das investigações.

Variação da atividade select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • Desenvolva este trabalho em equipe.

  • Acerca de um tema de interesse na comunidade escolar, estabeleça um roteiro de perguntas contendo dúvidas e ou curiosidades.

  • Convide alguém da escola, que tenha relação direta com o tema levantado, para ser entrevistado.

  • Combine as apresentações:
  • Quem será o aluno que vai presidir a entrevista? Quem serão os alunos que farão as perguntas ao convidado?

5. Estabeleça com os alunos a construção de um palavras-chave ou uma frase (com uma imagem desenhada por eles) colocando uma conclusão acerca do que aprenderam sobre a curiosidade estudada. Então, hora de alimentar o baú das investigações.

Variação da atividade select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • Desenvolva este trabalho também em equipe.

  • Por meio de pesquisa de campo, encontrem um tema de interesse na comunidade escolar para que os alunos façam pesquisas, buscando conceituar o tema, trazendo para sala as informações que encontraram. Sistematizem as informações trazendo apenas o conceito sobre o tema ou palavras-chave ligadas ao tema.

  • Socializem as informações, apresentando as definições encontradas.

OBS: Pode selecionar algumas crianças para apresentar.

Voltar a ressaltar a importância de se comunicar com clareza e, de outro lado, ouvir o colega.

  • Elaborem o roteiro que deve conter: O que é? Para que serve? Por que é usado? Empreguem frases curtas, sem detalhes.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: Esta é uma proposta de atividade permanente para trabalhar minisseminários. O campo de atuação priorizado nesta atividade é a oralidade, marcada por um viés investigativo e utilizando gêneros textuais do campo investigativo, não o tema em si

Justificativa: A prática de ensino pautada em gêneros orais é, ainda, uma realidade distante dos ambientes escolares. Pensar a oralidade é tarefa necessária, pois aproxima as aulas das práticas sociais vigentes. Sob esta perspectiva, espera-se promover ações que se voltem para a busca da autonomia do estudante, por meio da pesquisa, produção, comunicação e participação coletiva, primando do campo de estudo e pesquisa. Acresce-se que, apesar de o foco estar sobre o gênero oral, para expor com propriedade a respeito de um tema, é necessário ler para informar-se sobre o assunto e escrever para apoiar a fala. Espera-se, neste ciclo, o uso de esquematizações, dentre as quais se incluem: fichamento, listas de itens, enumerações, tópicos originários de relatórios de observação e pesquisa, considerando, ainda, a diagramação específica de cada um.

Materiais necessários: Cartolina, pincéis, giz de cera, folhas de papel e uma caixa encapada que pode ter um simulado de uma chave para ser o baú. Veja dicas de como construir um baú em https://www.youtube.com/watch?v=ne30hfpqbLA.

Dificuldades antecipadas: Neste ano de escolarização ainda tem muita ênfase sobre a construção da base alfabética, no trato das questões fonéticas: dígrafos, encontros consonantais, emprego de letras com sons parecidos, separação de sílabas. O universo dos gêneros, por sua vez, permite a inserção do aluno nas práticas de linguagem. Assim, faz-se necessário um trabalho mais sistemático com os gêneros textuais com o objetivo de proporcionar uma vivência mais proveitosa aos alunos. Outro aspecto que pode ser um dificultador nesta faixa etária é a exposição oral, o falar diante de uma plateia, pois há, ainda, pouco amadurecimento para lidar com os aspectos paralinguísticos.

Referências sobre o assunto:

MARTINS NETO, Irando Alves. A importância do ensino de gêneros orais na formação do aluno como sujeito ativo na sociedade. In: Ave Palavra. Edição Especial do Ensino de Língua Portuguesa. Agosto, 2012. Disponível em <http://www2.unemat.br/avepalavra/EDICOES/Esp0812/artigos/irando.pdf>. Acesso em Jul. 2018.

GOMES-SANTOS, S. A exposição oral nos anos iniciais do ensino fundamental. São Paulo: Cortez, 2012. (Trabalhando com... na escola).

VIEIRA, Ana Regina Ferraz. Seminário escolar. In: Diversidade textual: propostas para a sala de aula. Formação continuada de professores/coordenado por
Márcia Mendonça. Recife, MEC/CEEL, 2008. p. 275 – 290. Disponível em: <http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/35.pdf>. Acesso em Jul 2018.

ZANI, Juliana Bacan & BUENO, Luzia. Os gêneros orais no programa ler e escrever do Estado de São Paulo. Revista Intercâmbio, v. XXVI: 114-128, 2012. São Paulo: LAEL/PUCSP. ISSN 2237-759x. Disponível em <https://revistas.pucsp.br/index.php/intercambio/article/viewFile/15179/11321> . Acesso em Jul. 2018.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 15 minutos.

Orientações:

Preparação: Considerando como objeto da aula o minisseminário, validando a construção do conhecimento, é preciso prepará-lo.

  • As atividades ligadas à oralidade demandam preparo. Requerem, antes de tudo, pesquisa e planejamento prévio. É necessário alinhar
    informação, tempo de apresentação, recurso visual. Pela faixa etária, o acompanhamento se faz imprescindível.

b. Pesquisa:

OBS: A pesquisa é um tempo preparatório, proposto em algum período antes do dia do seminário propriamente dito. Este tempo pode variar de dias, de acordo com a maturidade da turma e a complexidade do(s) tema(s) proposto(s). O tempo de 10 minutos contados acima é para a introdução, no dia do seminário.

  • Para a escolha do(s) tema(s) pode e deve haver interdisciplinaridade com os demais componentes curriculares.
  • Peça às crianças que pesquisem sobre o tema escolhido. Oriente-as quanto aos materiais de consulta e deixe sempre em sala livros, revistas e conteúdo digital que permitam ampliar a pesquisa. Auxilie-os na leitura, esclarecendo eventuais dúvidas acerca do vocabulário ou ajudando a localizar informações.
  • Oriente as crianças na seleção de textos interessantes sobre o tema escolhido. E, depois, auxilie-as na elaboração de uma síntese das informações, orientando-se pelas questões apresentadas no slide. Auxilie os alunos solicitando que façam anotações e possam revisar brevemente as informações.
Slide Plano Aula

Orientações:

Preparação:

c. O recurso visual para apoio no momento da apresentação oral:

  • Utilizando as perguntas de orientação que constam no slide, oriente e acompanhe a elaboração do material de apoio na apresentação dos alunos. Sugerem-se gêneros mais visuais, de tipologia mais expositiva.

Introdução: Para introduzir o assunto, convide os alunos a produzir material para ser guardado no baú das curiosidades.

Entregue, a cada aluno voluntário pela pesquisa, uma folha de papel e deixe que escrevam sobre o tema, enumerando pontos importantes. Acompanhe este momento, orientando, ajudando, dando sugestões. Converse com os alunos acerca de gêneros textuais como verbetes de dicionários (significado do tema, podendo ilustrar), imagens ou ilustrações sobre o tema, com explicações do que aparece nas imagens, tabelas, gráficos e acompanhe a produção, dando o suporte necessário para a execução da atividade.

Obs: O uso do baú tem como objetivo instigar os alunos a pesquisar os temas em questão. E como o baú sugestiona guardar preciosidades, objetos de valor pessoal (ou é o objeto de desejo nas histórias infantis em que se usa o mapa para chegar ao tesouro, muitas vezes guardado em um baú), a ideia é associar a pesquisa e o material produzido por eles como algo precioso.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 25 minutos.

Orientações:

Desenvolvimento: Para a apresentação:

  • Reforce, na apresentação oral, a importância da entonação da voz, da linguagem sem gírias, da postura corporal, uso do recurso visual. E, também, a participação do ouvinte: ouvir com atenção.

  • Durante a apresentação, a criança que fará a exposição oral deve se colocar diante da turma, observando os quesitos da apresentação oral: postura, tom de voz, adequação da fala. Durante todo o processo, o aluno deve se sentir apoiado pelo professor.

  • Preencher o baú com os textos produzidos por eles para apresentar. Assim, verbetes, imagens, ilustrações, tabelas etc serão os tesouros guardados no baú.

Slide Plano Aula

Orientações:

Desenvolvimento:

  • Para a apresentação, explore este recurso de apoio à exposição oral, aproveitando o momento para discutir esquemas com as crianças. Solicite um esquema de como ele pesquisou o tema de interesse: um esquema de como fez para se chegar ao tesouro, enumerando:
  • Encontrei as informações...
  • Pesquisei essas informações em...
  • Descobri...
  • Trouxe a seguinte informação...
  • Esta informação é importante porque…
  • Escolhi este tema porque…
  • Cheguei à conclusão que…

2. Oriente quanto ao uso do material produzido neste momento de exposição, ajudando-as a se apropriar desse recurso para suporte e fundamentação da fala.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (este tempo deve considerar toda a avaliação).

Orientações:

Fechamento:

  • A proposta é se orientar pela oralidade buscando uma reflexão com os alunos.
  • Assim, coloque as perguntas no quadro e peça que se organizem para responder, levantando a mão.
  • Ouça mais de um aluno para cada pergunta.
  • Observe que o processo de avaliação se sustenta em três pilares: tema, pesquisa e a oralidade.
Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • Para o preparo desta atividade, é importante estabelecer com as crianças dois aspectos: posicionamento crítico e capacidade de argumentar sobre o tema com base nos dados fornecidos dentro do tema. O meio de investigação sugerido é uma pesquisa sobre os assuntos que são de maior interesse ou assuntos ligados a algum problema evidenciado na sociedade no momento desta atividade. Direcione as pesquisas para temas atuais, com informações que podem ser encontradas em jornais e revistas.

  • Conversem sobre as reportagens encontradas, socializando-as na turma.

  • Combinem as perguntas que serão feitas.

  • Escolha algumas crianças para responder as perguntas. Faça plaquinhas com sim e não, que deverão ser levantadas e a criança deve depois argumentar sobre sua escolha.

  • Estabeleçam os combinados:
  • Ouvir o colega e não interrompê-lo enquanto fala.
  • Prestar atenção no ponto de vista que o colega defende.
  • O colega que fala deve falar claramente para ser ouvido, defender seu ponto de vista com argumentos baseados nas leituras, pode usar expressões como “na minha opinião…” “eu acredito que…” “concordo quando no texto diz que…”;

6. Guardem as descobertas pesquisadas no baú das investigações.

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • Desenvolva este trabalho em equipe.

  • Acerca de um tema de interesse na comunidade escolar, estabeleça um roteiro de perguntas contendo dúvidas e ou curiosidades.

  • Convide alguém da escola, que tenha relação direta com o tema levantado, para ser entrevistado.

  • Combine as apresentações:
  • Quem será o aluno que vai presidir a entrevista? Quem serão os alunos que farão as perguntas ao convidado?

5. Estabeleça com os alunos a construção de um palavras-chave ou uma frase (com uma imagem desenhada por eles) colocando uma conclusão acerca do que aprenderam sobre a curiosidade estudada. Então, hora de alimentar o baú das investigações.

Slide Plano Aula

Orientações: Este slide não deve ser exibido aos alunos, ele apenas apresenta uma nova possibilidade da dinâmica de sessão para que você, professor, possa se planejar por meio de outras opções.

  • Desenvolva este trabalho também em equipe.

  • Por meio de pesquisa de campo, encontrem um tema de interesse na comunidade escolar para que os alunos façam pesquisas, buscando conceituar o tema, trazendo para sala as informações que encontraram. Sistematizem as informações trazendo apenas o conceito sobre o tema ou palavras-chave ligadas ao tema.

  • Socializem as informações, apresentando as definições encontradas.

OBS: Pode selecionar algumas crianças para apresentar.

Voltar a ressaltar a importância de se comunicar com clareza e, de outro lado, ouvir o colega.

  • Elaborem o roteiro que deve conter: O que é? Para que serve? Por que é usado? Empreguem frases curtas, sem detalhes.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

AULAS DE Oralidade do 3º ano :

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 3º ano:

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

3º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP19 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP20 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP16 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP08 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP09 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF03LP26 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP17 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF15LP13 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF35LP18 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano