13710
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

1º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

Plano de aula - Elaborando uma ficha técnica

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 1º ano do Ensino Fundamental sobre forma de composição dos textos e adequação às normas de escrita.

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Helena Cristina Da Cruz Ruiz

 

Sobre este plano select-down

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é 5ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Curiosidades e no campo de atuação Práticas de Estudo e Pesquisa. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Impressos no formato de uma ficha técnica.

Informações sobre o gênero: O gênero ficha técnica apresenta informações específicas de algum objeto ou ser vivo organizadas em tópicos, de modo objetivo e sintético e em um formato específico, geralmente uma tabela.

Dificuldades antecipadas: Ouvir as sugestões de outros grupos e chegar em um consenso sobre os itens da ficha. Definir os termos como por exemplo altura ou tamanho, alimentação ou o que come.

Referências sobre o assunto: COSTA VAL, M. Graça e ROCHA, Gladys. Reflexões sobre práticas escolares de produção de texto. Belo Horizonte: CEALE/Autêntica. 2003.

DIONÍSIO, Ângela; MACHADO, Anna Rachel e BEZERRA, Maria Augusta (Org.). Gêneros textuais e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.

http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/15.pdf Acesso em 14 de novembro de 2018

Tema da aula select-down

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Compartilhe com os alunos que hoje é dia de criar o modelo de Ficha Técnica que utilizarão para compartilhar com a comunidade escolar as informações importantes e interessantes sobre os animais que vivem ou visitam os jardins.

Introdução select-down

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Retome com os alunos a proposta de compartilhar com a comunidade escolar algumas informações sobre os animais escolhidos pela turma que vivem ou visitam os jardins. Nessa sequência definimos os seguintes animais pela disponibilidade de materiais na web: caracol, abelha, borboleta, grilo, sapo e formiga. Essa lista pode ser alterada pois é uma mera sugestão.
  • Explique que hoje irão elaborar um modelo de ficha técnica em grupos.
  • Pergunte o que é uma ficha técnica e quais são os itens mais comuns relembrando o que conversaram sobre esse tipo de texto na aula anterior.
  • Oriente a turma a se organizar em grupos. O trabalho em grupo requer participação ativa dos alunos por isso é aconselhável que os grupos tenham entre 3 e 5 pessoas. É interessante o professor definir os participantes de cada grupo considerando os conhecimentos prévios de cada aluno, assim é possível organizar grupos com diferentes níveis de saberes para que possam aprender uns com os outros. Se houver alunos alfabéticos e silábicos-alfabéticos na turma distribua-os nos diferentes grupos para que sejam os escribas. Nos grupos cujos alunos são pré-silábicos ou silábicos também há a possibilidade de escreverem conforme sua hipótese visto que depois irão ditar para o professor o que produziram para a elaboração coletiva de uma ficha.

Para saber mais sobre o trabalho em grupo: ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Porto alegre: Artmed, 1998.

Desenvolvimento select-down

Tempo sugerido: 22 minutos

Orientações:

  • Entregue os impressos da ficha técnica. Serão pelo menos 2 por grupo para que possam fazer um rascunho se quiserem.
  • Oriente a turma a conversar no grupo sobre os itens que acham importante contemplar em uma ficha técnica sobre os animais selecionados, considerando as informações interessantes para a comunidade escolar.
  • Explique que no impresso tem 6 espaços então precisarão definir 6 itens, que ficam na coluna do lado esquerdo da ficha.
  • Oriente a turma que nessa aula irão definir apenas os itens que utilizarão nas fichas, entretanto podem e devem consultar os materiais (livros, encartes, revistas) que possuem sobre os animais de jardim para auxiliar a pensar e definir. Também podem consultar as fichas de outros animais que foram lidas na aula anterior caso tenham sido impressas, se foram projetadas disponibilize-as num computador.
  • Relembre a turma quantas vezes for necessário que a aula de hoje definirão os itens, a explicação ou preenchimento de cada item ocorrerá numa outra aula.
  • Passe pelos grupos fazendo intervenções e orientando. Possivelmente haverá nomes diferentes para um mesmo item: alimentação, dieta ou o que come por exemplo. A proposta é que entrem em consenso dentro do grupo. Incentive a debaterem/conversarem sobre qual é mais bacana, esse é um dos objetivos dessa aula. Respeite a decisão do grupo.

Desenvolvimento select-down

Tempo sugerido: 17 minutos

Orientações:

  • Desenhe uma tabela no quadro para anotar os itens sugeridos pelos grupos.
  • Peça para que um dos grupos apresente o 1º item que elaborou e pergunte aos demais grupos se também colocaram tal item. Os itens comuns anote na ficha da lousa. Se apenas um grupo optou por incluir um item, por exemplo “ reprodução” peça para argumentar o porquê da escolha e anote provisoriamente.
  • Anote dentro de uma mesma célula da ficha os itens semelhantes mas com nomenclatura diferente (tamanho/altura/comprimento ou o que come/alimentação) para posterior definição.
  • Anote todos os itens e se ultrapassar de 6 converse com os alunos para que cheguem num número mais próximo da meta, se tiver 1 ou 2 além e o grupo achar que são fundamentais, mantenha-os.
  • Leia todos os itens junto com os alunos, quando houver mais de um nome converse com a turma para escolherem qual fica. Será interessante ouvir os argumentos de cada grupo que fez as diferentes sugestões, se necessário faça uma votação.

Fechamento select-down

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Retome quais itens que foram elencados pelos alunos e farão parte da ficha técnica.
  • Relembre-os que na próxima aula irão produzir as fichas com os dados dos animais de Jardim e para tanto consultarão os livros, enciclopédias e revistas sobre animais.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Sobre esta aula: esta é 5ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Curiosidades e no campo de atuação Práticas de Estudo e Pesquisa. A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Impressos no formato de uma ficha técnica.

Informações sobre o gênero: O gênero ficha técnica apresenta informações específicas de algum objeto ou ser vivo organizadas em tópicos, de modo objetivo e sintético e em um formato específico, geralmente uma tabela.

Dificuldades antecipadas: Ouvir as sugestões de outros grupos e chegar em um consenso sobre os itens da ficha. Definir os termos como por exemplo altura ou tamanho, alimentação ou o que come.

Referências sobre o assunto: COSTA VAL, M. Graça e ROCHA, Gladys. Reflexões sobre práticas escolares de produção de texto. Belo Horizonte: CEALE/Autêntica. 2003.

DIONÍSIO, Ângela; MACHADO, Anna Rachel e BEZERRA, Maria Augusta (Org.). Gêneros textuais e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.

http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/15.pdf Acesso em 14 de novembro de 2018

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Compartilhe com os alunos que hoje é dia de criar o modelo de Ficha Técnica que utilizarão para compartilhar com a comunidade escolar as informações importantes e interessantes sobre os animais que vivem ou visitam os jardins.

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações:

  • Retome com os alunos a proposta de compartilhar com a comunidade escolar algumas informações sobre os animais escolhidos pela turma que vivem ou visitam os jardins. Nessa sequência definimos os seguintes animais pela disponibilidade de materiais na web: caracol, abelha, borboleta, grilo, sapo e formiga. Essa lista pode ser alterada pois é uma mera sugestão.
  • Explique que hoje irão elaborar um modelo de ficha técnica em grupos.
  • Pergunte o que é uma ficha técnica e quais são os itens mais comuns relembrando o que conversaram sobre esse tipo de texto na aula anterior.
  • Oriente a turma a se organizar em grupos. O trabalho em grupo requer participação ativa dos alunos por isso é aconselhável que os grupos tenham entre 3 e 5 pessoas. É interessante o professor definir os participantes de cada grupo considerando os conhecimentos prévios de cada aluno, assim é possível organizar grupos com diferentes níveis de saberes para que possam aprender uns com os outros. Se houver alunos alfabéticos e silábicos-alfabéticos na turma distribua-os nos diferentes grupos para que sejam os escribas. Nos grupos cujos alunos são pré-silábicos ou silábicos também há a possibilidade de escreverem conforme sua hipótese visto que depois irão ditar para o professor o que produziram para a elaboração coletiva de uma ficha.

Para saber mais sobre o trabalho em grupo: ZABALA, Antoni. A prática educativa: como ensinar. Porto alegre: Artmed, 1998.

Tempo sugerido: 22 minutos

Orientações:

  • Entregue os impressos da ficha técnica. Serão pelo menos 2 por grupo para que possam fazer um rascunho se quiserem.
  • Oriente a turma a conversar no grupo sobre os itens que acham importante contemplar em uma ficha técnica sobre os animais selecionados, considerando as informações interessantes para a comunidade escolar.
  • Explique que no impresso tem 6 espaços então precisarão definir 6 itens, que ficam na coluna do lado esquerdo da ficha.
  • Oriente a turma que nessa aula irão definir apenas os itens que utilizarão nas fichas, entretanto podem e devem consultar os materiais (livros, encartes, revistas) que possuem sobre os animais de jardim para auxiliar a pensar e definir. Também podem consultar as fichas de outros animais que foram lidas na aula anterior caso tenham sido impressas, se foram projetadas disponibilize-as num computador.
  • Relembre a turma quantas vezes for necessário que a aula de hoje definirão os itens, a explicação ou preenchimento de cada item ocorrerá numa outra aula.
  • Passe pelos grupos fazendo intervenções e orientando. Possivelmente haverá nomes diferentes para um mesmo item: alimentação, dieta ou o que come por exemplo. A proposta é que entrem em consenso dentro do grupo. Incentive a debaterem/conversarem sobre qual é mais bacana, esse é um dos objetivos dessa aula. Respeite a decisão do grupo.

Tempo sugerido: 17 minutos

Orientações:

  • Desenhe uma tabela no quadro para anotar os itens sugeridos pelos grupos.
  • Peça para que um dos grupos apresente o 1º item que elaborou e pergunte aos demais grupos se também colocaram tal item. Os itens comuns anote na ficha da lousa. Se apenas um grupo optou por incluir um item, por exemplo “ reprodução” peça para argumentar o porquê da escolha e anote provisoriamente.
  • Anote dentro de uma mesma célula da ficha os itens semelhantes mas com nomenclatura diferente (tamanho/altura/comprimento ou o que come/alimentação) para posterior definição.
  • Anote todos os itens e se ultrapassar de 6 converse com os alunos para que cheguem num número mais próximo da meta, se tiver 1 ou 2 além e o grupo achar que são fundamentais, mantenha-os.
  • Leia todos os itens junto com os alunos, quando houver mais de um nome converse com a turma para escolherem qual fica. Será interessante ouvir os argumentos de cada grupo que fez as diferentes sugestões, se necessário faça uma votação.

Tempo sugerido: 3 minutos

Orientações:

  • Retome quais itens que foram elencados pelos alunos e farão parte da ficha técnica.
  • Relembre-os que na próxima aula irão produzir as fichas com os dados dos animais de Jardim e para tanto consultarão os livros, enciclopédias e revistas sobre animais.

Este plano de aula foi produzido pelo Time de Autores NOVA ESCOLA
Professor-autor: Helena Ruiz 
Mentor: Mariana Prado
Especialista: Tania Rios

Título da aula: Elaborando uma ficha técnica

Finalidade da aula: Reflexão e debate com os colegas sobre quais informações devem ser contempladas numa ficha técnica. Definição dos itens.

Ano: 1º ano do Ensino Fundamental.

Gênero:Curiosidades

Objeto(s) do conhecimento: Forma de composição dos textos. Adequação às normas de escrita.

Prática de linguagem: Análise linguística e semiótica

Habilidade(s) da BNCC: EF01LP24

Sobre esta aula: esta é 5ª aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero Curiosidades e no campo de atuação Práticas de Estudo e Pesquisa.  A aula faz parte do módulo de análise linguística e semiótica.

Materiais necessários: Impressos no formato de uma ficha técnica.

Informações sobre o gênero: O gênero ficha técnica  apresenta informações específicas de algum objeto ou ser vivo organizadas em tópicos, de modo objetivo e sintético e em um formato específico, geralmente uma tabela.

Dificuldades antecipadas: Ouvir as sugestões de outros grupos e chegar em um consenso sobre os itens da ficha. Definir os termos como por exemplo altura ou tamanho, alimentação ou o que come.

Referências sobre o assunto: COSTA VAL, M. Graça e ROCHA, Gladys. Reflexões sobre práticas escolares de produção de texto. Belo Horizonte: CEALE/Autêntica. 2003.

DIONÍSIO, Ângela; MACHADO, Anna Rachel e BEZERRA, Maria Augusta (Org.). Gêneros textuais e ensino. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002.

http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/15.pdf Acesso em 14 de novembro de 2018


Código: LPO1_03SQA05

(EF01LP24) Identificar e reproduzir, em enunciados de tarefas escolares, diagramas, entrevistas, curiosidades, digitais ou impressos, a formatação e diagramação específica de cada um desses gêneros, inclusive em suas versões orais.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Análise linguística/Semiótica do 1º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 1º ano:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes