13699
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Língua Portuguesa > 4º ano > Leitura/Escuta

Plano de aula - Carta de reclamação: uma carta argumentativa

Plano de aula de Língua Portuguesa com atividades para 4º ano do Fundamental sobre cartas de reclamação

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Alexandre Tolentino de Carvalho

Este plano de aula foi produzido pelo Time de Autores NOVA ESCOLA
Professor-autor: Alexandre Carvalho
Mentor: Greta Fragata
Especialista: Heloísa Jordão 
Título da aula: Carta de reclamação: uma carta argumentativa
Finalidade da aula: Ler em voz alta cartas de reclamação e interpretá-las, reconhecendo aspectos próprios desse gênero textual com destaque para os recursos argumentativos.
Ano:4º ano do Ensino Fundamental
Gênero: Carta pessoal e de reclamação
Objeto(s) do conhecimento: Estratégia de leitura / Compreensão em leitura
Prática de linguagem:Leitura/escuta (compartilhada e autônoma)
Habilidade(s) da BNCCEF15LP02/EF15LP03 / EF35LP04 / EF35LP06 / EF04LP10

Sobre esta aula:  Esta é primeira aula de uma sequência de 15 planos de aula com foco no gênero carta pessoal e de reclamação, no campo de atuação da vida cotidiana e vida pública. A aula faz parte do módulo Leitura/escuta (compartilhada e autônoma)

Materiais necessários: materiais complementares a serem impressos. Acesse-os aqui: Cartas para impressão  e Esquema das Cartas

Informações sobre o gênero: É inegável o prazer que podemos sentir com o recebimento de uma carta física ou com a espera por uma resposta de alguém com quem nos correspondemos. A troca de cartas entre remetente e destinatário é uma forma antiga, mas eficaz de comunicação. Atualmente ela vem perdendo seu espaço para a troca de emails de e mensagens por celular, o que permite uma interação comunicativa quase em tempo real.  A carta é um gênero que pode cumprir com diferentes funções sociais, entretanto, neste conjunto de aulas, priorizamos as cartas e e-mails de reclamação, reivindicação e de solicitação. Cartas como essas fazem parte da vida cotidiana e oportunizam ao autor o uso de tal forma de comunicação como meio de exercício de sua cidadania. É possível no entanto que essas cartas ganhem muito mais força ao serem enviadas para publicação em diferentes mídias (jornais, revistas, televisão e internet), expondo dessa forma o problema para a sociedade e cobrando, sob a vista de muitos, os responsáveis pelo problema. Nesse caso, o gênero passa a pertencer ao campo da vida pública. É possível que em uma mesma edição, de um jornal, por exemplo, venha publicada a carta de reclamação (editada) e a resposta do responsável, demonstrando desse modo que o envio da carta original e  a cobrança da resposta foi realizada anteriormente à publicação do jornal.

Dificuldades antecipadas: Em atividades de leitura em voz alta para um público, como as aqui propostas,  a timidez e falta de domínio do código escrito podem se constituir como dificultadores. Isso pode ocorrer pela falta de oportunidades em realizar atividades nas quais essa leitura possa ser feita de forma mais descontraída ou pela pouca experiência dos alunos com a leitura. Outra dificuldade diz respeito à identificação dos argumentos que compõem o texto persuasivo de uma carta de reclamação. Muitos alunos podem encontrar os argumentos intuitivamente nos textos sem refletir sobre o que são realmente. Já outros, apesar de utilizarem cotidianamente argumentos em suas relações diárias, podem apresentar dificuldades em saber o que são e onde se encontram no texto. Talvez nunca tenham refletido sobre isso. Especificamente em relação à coesão textual e a sua importância para a recuperação da relação entre as partes do texto, a limitação do arcabouço vocabular dos alunos pode trazer dificuldades em reconhecer o uso de sinônimos e de pronomes utilizados com essa função.

Referências sobre o assunto:

AVANÇO, Terezinha Braido. Gêneros epistolares: Estratégias de leitura para o gênero carta.  In: Os desafios da escola pública Paranaense na perspectiva do professor. Cadernos PDE. Paraná, 2013. Disponível em: <http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2013/2013_uem_port_pdp_terezinha_braido_avanco.pdf>.

MENEZES, Overlac. Cartas: simples mensagem, documento ou gênero literário?. São Paulo: Marco Zero, 2005.

SILVA, Maria Emília Lins. Criando oportunidades significativas de leitura e produção de cartas. In: BRANDÃO, Ana Carolina Perrusi; ROSA, Ester Calland de Souza (orgs). Leitura e produção de textos na alfabetização. Belo Horizonte: Autêntica, 2005. P.113 - 126. Disponível em: <http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/27.pdf >.



Código: LPO4_01SQA03

(EF35LP04) Inferir informações implícitas nos textos lidos.

(EF35LP06) Recuperar relações entre partes de um texto, identificando substituições lexicais (de substantivos por sinônimos) ou pronominais (uso de pronomes anafóricos – pessoais, possessivos, demonstrativos) que contribuem para a continuidade do texto.

(EF15LP02) Estabelecer expectativas em relação ao texto que vai ler (pressuposições antecipadoras dos sentidos, da forma e da função social do texto), apoiando-se em seus conhecimentos prévios sobre as condições de produção e recepção desse texto, o gênero, o suporte e o universo temático, bem como sobre saliências textuais, recursos gráficos, imagens, dados da própria obra (índice, prefácio etc.), confirmando antecipações e inferências realizadas antes e durante a leitura de textos, checando a adequação das hipóteses realizadas.

(EF15LP03) Localizar informações explícitas em textos.

(EF04LP10) Ler e compreender, com autonomia, cartas pessoais de reclamação, dentre outros gêneros do campo da vida cotidiana, de acordo com as convenções do gênero carta e considerando a situação comunicativa e o tema/assunto/finalidade do texto.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Leitura/Escuta do 4º ano:

MAIS AULAS DE Língua Portuguesa do 4º ano:

4º ano / Língua Portuguesa / Análise linguística/Semiótica

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Língua Portuguesa

Encontre planos de aula para outras disciplinas