13671
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Pré Escola - Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Atividade - Ler para Brincar

As crianças vão propor estratégias de leitura para que o adulto leia instruções sobre uma nova brincadeira.

Plano 01 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Clarice Albertina Fernandes

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >

O que fazer antes?

Contextos prévios:

Essa atividade pressupõe que você apresente uma brincadeira não conhecida para o seu grupo de crianças, pois ela traz como objetivo, o levantamento de hipóteses de leitura para aprenderem a brincar.

Materiais:

Preveja a escrita do texto sobre a brincadeira que escolheu. É necessário que ele que esteja em um portador e que traga diferentes elementos do texto instrucional, ou seja, acolha o nome da brincadeira, as regras e os passos que mostram como se brinca, bem como ilustrações (desenho, fotos ou esquema), que apoiem o entendimento das regras. Você pode considerar também, elencar esse texto de um almanaque de brincadeiras. Caso a brincadeira que você escolheu aponte a necessidade da organização de materiais diversos, prepare esse material, considerando a quantidade de crianças do seu grupo.

Espaços:

Escolha um espaço para iniciar a atividade com o grande grupo sentado em roda, de maneira que seja possível que as crianças mantenham o contato visual com você e com o texto. Preveja também, o tipo de espaço que a brincadeira escolhida por por você sugere.

Tempo sugerido:

40 minutos

Perguntas para guiar suas observações:

1. A estratégia utilizada proporcionou o interesse do grupo pela leitura?

2. Como as crianças interagiram com a leitura? (As crianças atentaram-se quanto a descrição de passos característico do texto? Relacionaram com alguma brincadeira já conhecida? Apoiaram-se em letras conhecidas, para sugerir possíveis palavras no texto?)

3. Como foi a interação das crianças? (As hipóteses foram levantadas em grupo, ou individuais? Houve respeito pelas entendimentos individuais?)


Para incluir todos:

Identifique barreiras físicas, comunicacionais e relacionais que podem impedir que uma criança ou o grupo participe e aprenda. Reflita e proponha apoios para atender as necessidades e diferenças de cada criança ou do grupo. Busque facilitar a participação das crianças, traçando alternativas para que todos se sintam acolhidos na proposta da atividade. É fundamental observar a especificidade de que o cartaz esteja fixado num local em que todos tenham o acesso visual. Incentive a cooperação entre o grupo de crianças, de modo que elas estabeleçam ações de trocas e acolhimento às individualidades.

O que fazer durante?

ilustracao

1

Convide as crianças para se organizarem em roda com você. Quando todas as crianças estiverem acomodadas, conte ao grupo que você preparou uma nova brincadeira para a turma. E que o desafio é aprender como se brinca com essa brincadeira. Nesse momento, você pode dizer algumas informações da brincadeira, tais como o nome, a origem, se há variação do nome conforme regiões do país. Entretanto, cuide para não contar como se brinca, pois esse será o disparador para que as crianças pensem em hipóteses de leitura.

Possíveis falas do professor: Turma, hoje eu trouxe uma brincadeira que eu acho que vocês ainda não conhecem. O nome dela é (nome da brincadeira). Ela surgiu (local). O nosso desafio é aprender a brincar. Com essas informações vocês acham que já conseguem brincar com ela? Por que vocês acham que essa brincadeira é assim? O que tem nela que indica que se brinca dessa forma? Por vc acha que essa brincadeira se faz assim?


2

Após a escuta das hipóteses iniciais das crianças, traga para o contexto da conversa o cartaz que elaborou com a descrição da brincadeira. Comente com o grupo que naquele texto, há as informações de como poderão aprender a brincar com brincadeira. Instigue as crianças sobre como poderão sugerir qual a melhor forma da leitura que será realizada você para que aprendam a brincar. Problematize o contexto, chamando a atenção das crianças para que olhem para o texto, em busca de pistas para encontrarem a melhor sugestão de leitura.

Possíveis falas do professor: Pessoal, aqui no cartaz, nós temos informações de como brincamos com essa brincadeira. Olhem para o texto. O que vocês acham que está escrito neste título? Por que têm várias partes nesse texto? Como vocês acham que eu devo ler para vocês? Há somente letras ou há números também? Para que será que há esses números no texto? O que mostra essa imagem?


3

Acolha as sugestões das crianças e diga que é necessário que eles cheguem a um acordo quanto a forma que você deverá ler o texto. Diga que se precisarem de apoio quanto a entrarem em um acordo para a leitura, você pode ajudá-los, entretanto, apoie para que seja um acordo do grupo, levando a refletirem sobre as sugestões de modo a trazerem as hipóteses do por que seguir a estratégia defendida é a melhor escolha para a leitura.

Possíveis falas do professor: Pessoal, vocês estão dizendo que para o melhor caminho para a leitura do texto é ler por partes, por que vocês acham que é importante ler por partes?


4

Após acordarem a forma de leitura, leia o texto para as crianças, sem omitir nenhuma palavra. Durante a leitura, passe o dedo, indicando o que está lendo no texto, para que as crianças acompanhem o movimento da leitura. Ao terminar, pergunte se é necessário que você leia mais uma vez ou se já podem ir brincar com a nova brincadeira.


Para finalizar:

Vá com as crianças até o local escolhido para brincar com a nova brincadeira. Caso elas sintam necessidade de revistar as regras da brincadeira, ofereça o retorno ao texto para que consultem as informações. Quando a brincadeira terminar, peça que as crianças se acomodem para a próxima atividade do dia.

Desdobramentos

Para que as crianças fortaleçam a relação da função social da leitura para aprender novas brincadeiras, você pode traçar outras estratégias para buscar fontes de brincadeiras diversas, tais como das diversas regiões do Brasil, de outros países e brincadeiras indígenas. E assim, a turma pode ir montando um banco de novas brincadeiras.

Engajando as famílias

Como essa é uma atividade que tem por finalidade despertar na criança o sentido da leitura como função social para aprender algo, prepare um cartão com a descrição da brincadeira e envie para as famílias. Indique na informação que o grupo aprendeu a nova brincadeira e peça aos familiares para encorajarem as crianças a lhes ensinarem como brincar.


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses) :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EO03 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EF07 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EI03EF08 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano