13495
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Ciências > 9º ano > Vida e Evolução

Plano de aula - Conhecer e interpretar os heredogramas

Plano de aula de Ciências com atividades para 9° ano do Fundamental sobre heredogramas

Plano 04 de 6 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Luciana Maria de Jesus Baptista Gomes

ESTE CONTEÚDO PODE SER USADO À DISTÂNCIA Ver Mais >
 

Sobre esta aula select-down

Slide Plano Aula

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Materiais necessários: Fichas impressas das atividades, folhas sulfites ou almaço, régua, lápis de cor, computador e projetor, caso tenha disponível em sua escola.

É importante que os estudantes já tenham construído alguns conhecimentos prévios sobre estruturas celulares ligadas à hereditariedade e alguns conceitos de genética. Sugere-se os planos: CIE9_ 08VE03, CIE9_09VE01 e CIE9_09VE10.

Título da aula select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Leia o tema da aula com os alunos e comente que eles farão uma atividade em que observarão alguns heredogramas, estruturas que ajudam a estudar a hereditariedade nas famílias.

CONTEXTO select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 4 minutos

Orientações: Inicie a aula com os alunos organizados em um semicírculo. Em seguida, pergunte se eles já pensaram sobre as características dos membros de uma família. Se tiver disponibilidade, projete o slide acima, pedindo que façam esse exercício observando imagens de diferentes famílias. Caso não tenha projetor disponível, você pode imprimir algumas cópias dos slides para que eles observem as imagens em mãos, ou ainda, levar recortes que encontrar em jornais ou revistas. O importante é que eles fiquem atentos para observar as características comuns e diferentes entre os membros. Você pode pedir que eles tentem identificar quem deve ser o pai, a mãe, os filhos, os avôs e avós, mostrando as características que justifiquem isso. Após o relato pergunte como essas características são determinadas, retomando com eles os conhecimentos prévios sobre hereditariedade. Conte que podemos entender a hereditariedade como um conjunto de processos biológicos que permite que os seres vivos recebam e transmitam informações genéticas chamados de genes, que são determinados trechos do DNA. Assim, os avós passam parte de suas informações genéticas aos pais e isso se repete dos pais para os filhos. Chamamos o conjunto das informações geneticamente determinadas de genótipo. Há uma influência do meio sobre o desenvolvimento de nossas características físicas e comportamentais, o que chamamos de fenótipo.

Caso ache pertinente, explique que falaremos nesta aula sobre questões de consanguinidade nas famílias. Há outros modelos familiares possíveis, em que as famílias se constituem por relações mais afetivas do que necessariamente de parentesco biológico.

Material de apoio:

PEDRANCINI, V. D.; CORAZZA-NUNES, M. J. Hereditariedade: mediação pedagógica e o desenvolvimento do pensamento conceitual dos estudantes. VI ENPEC. Disponível em: http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/vienpec/CR2/p1051.pdf.

QUESTÃO DISPARADORA select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Com os estudantes ainda organizados em um semicírculo peça que se imaginem como biólogos estudando uma família. Explique que estão interessados em investigar como representar as características dos membros e as relações hereditárias entre eles, como apresentado no Contexto da aula (slide anterior). Leia, então, a questão disparadora. Deixe que os alunos compartilhem suas opiniões sobre o tema e levantem hipóteses para explicar a questão. Não se preocupe em responder aos questionamentos trazidos, mas em estimular os alunos a pensarem sobre o tema.

MÃO NA MASSA select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Para esta fase sugere-se o tempo de 15 minutos. Organize os alunos em pequenos grupos. Cada grupo deve receber folhas, que serão usadas para sistematizar suas respostas às perguntas feitas. Explique a atividade usando as informações do slide e imprima as fichas de atividades disponíveis aqui <https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/drTq2WGzCCqcuGCPaeEMJmDRmczYYExWd9sBakNT2wbMPywtQXHqDWxFXVJY/atividade-para-impressao-mao-na-massa-cie9-08ve4.pdf>. O arquivo também indica outras orientações importantes para esta etapa. Você deve repetir a quantidade de materiais de acordo com a quantidade de alunos da turma. Caso você não possua uma impressora, poderá colocar as indicações da atividade no quadro e pedir que eles registrem em seus cadernos ou escrever as indicações em cartolinas. Lembre-se apenas de deixar um tempo disponível para isso.

A atividade é dividida em três fases e as orientações para cada uma devem ser disponibilizadas no momento adequado para que os grupos levantem hipóteses e troquem informações entre eles.

Materiais necessários: Fichas impressas das atividades, folhas sulfites ou almaço, régua, lápis de cor, computador e projetor, caso tenha disponível em sua escola.

MÃO NA MASSA select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Para a fase 2 sugere-se o tempo de 7 minutos. Depois da realização da fase 1, peça que dois grupos se reúnam, mostrem as propostas de representações criadas, contem suas conclusões e comparem seus registros. Peça para que eles dialoguem sobre suas anotações, dizendo se concordam ou discordam do que foi proposto e porquê.

Para a fase 3 sugere-se o tempo de 8 minutos. Nesta fase os alunos voltarão aos seus grupos iniciais, observarão o heredograma disponibilizado por você e deverão compará-lo ao esquema construído pelo grupo.

Durante toda esta etapa, circule pela sala e observe como os alunos interagem e como cada um consegue contribuir com o trabalho do outro. Intervenha quando eles não conseguirem interagir de forma construtiva, indicando soluções e fazendo questionamentos que possam auxiliar no encontro de concordâncias e divergências entre as ideias.

SISTEMATIZAÇÃO select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações: Sugere-se o tempo de 6 minutos para este slide. Após o término do tempo estipulado para a troca entre os grupos, você deve fazer uma Sistematização do que foi trabalhado nesta aula, retomando a questão disparadora e estimulando que os estudantes voltem a refletir sobre ela de acordo com o que foi realizado na etapa Mão na massa. Um documento com orientações mais detalhadas para a Sistematização está disponível aqui <https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/r4STJJktbV7PQvtUcQcBGXMcCNzTNvT7Z6F4zzMJe9UVHaq76q9CaaSHgq6M/atividade-para-impressao-orientacao-para-sistematizacao-cie9-08ve04.pdf>.

Dependendo de seu contexto escolar e das realidades familiares de sua turma, você poderá apresentar diferentes formações familiares, assim como casos de divórcio e novas configurações familiares.

Materiais de apoio:

https://www.sescsp.org.br/online/artigo/9469_NOVAS+CONFIGURACOES+FAMILIARES, http://www2.uol.com.br/vivermente/noticias/novas_configuracoes_familiares.html e http://labedu.org.br/novas-configuracoes-familiares-e-seus-reflexos-na-infancia-contemporanea/.

SISTEMATIZAÇÃO select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Sugere-se o tempo de 7 minutos para este slide. Peça que os alunos registrem o que foi trazido nestes slides em seus cadernos ou proponha a criação de um parágrafo coletivo que organize os conceitos trabalhados e as questões trazidas na etapa Mão na massa, como um material de estudo. Um documento com orientações mais detalhadas para a Sistematização está disponível neste arquivo. Lembre-se de deixar um tempo da aula disponível para a reorganização da sala.

Materiais de apoio:

VESTENA, R. F.; SEPEL, L. M. N.; LORETO, E. L. S. Construção do heredograma da própria família: Uma proposta interdisciplinar e contextualizada para o ensino médio. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias. v. 14, n. 1, p. 1-16, 2015. Disponível em: http://reec.uvigo.es/volumenes/volumen14/REEC_14_1_1_ex744.pdf.

VESTENA, R. F.; SEPEL, L. M. N.; LORETO, E. L. S. O heredograma nas séries iniciais do ensino Fundamental. Genética na Escola. v. 10, n. 2, 2015, p. 148-161. Disponível em: http://www.biologia.seed.pr.gov.br/arquivos/File/livros/genetica_na_escola.pdf.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Materiais necessários: Fichas impressas das atividades, folhas sulfites ou almaço, régua, lápis de cor, computador e projetor, caso tenha disponível em sua escola.

É importante que os estudantes já tenham construído alguns conhecimentos prévios sobre estruturas celulares ligadas à hereditariedade e alguns conceitos de genética. Sugere-se os planos: CIE9_ 08VE03, CIE9_09VE01 e CIE9_09VE10.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 1 minuto

Orientações: Leia o tema da aula com os alunos e comente que eles farão uma atividade em que observarão alguns heredogramas, estruturas que ajudam a estudar a hereditariedade nas famílias.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 4 minutos

Orientações: Inicie a aula com os alunos organizados em um semicírculo. Em seguida, pergunte se eles já pensaram sobre as características dos membros de uma família. Se tiver disponibilidade, projete o slide acima, pedindo que façam esse exercício observando imagens de diferentes famílias. Caso não tenha projetor disponível, você pode imprimir algumas cópias dos slides para que eles observem as imagens em mãos, ou ainda, levar recortes que encontrar em jornais ou revistas. O importante é que eles fiquem atentos para observar as características comuns e diferentes entre os membros. Você pode pedir que eles tentem identificar quem deve ser o pai, a mãe, os filhos, os avôs e avós, mostrando as características que justifiquem isso. Após o relato pergunte como essas características são determinadas, retomando com eles os conhecimentos prévios sobre hereditariedade. Conte que podemos entender a hereditariedade como um conjunto de processos biológicos que permite que os seres vivos recebam e transmitam informações genéticas chamados de genes, que são determinados trechos do DNA. Assim, os avós passam parte de suas informações genéticas aos pais e isso se repete dos pais para os filhos. Chamamos o conjunto das informações geneticamente determinadas de genótipo. Há uma influência do meio sobre o desenvolvimento de nossas características físicas e comportamentais, o que chamamos de fenótipo.

Caso ache pertinente, explique que falaremos nesta aula sobre questões de consanguinidade nas famílias. Há outros modelos familiares possíveis, em que as famílias se constituem por relações mais afetivas do que necessariamente de parentesco biológico.

Material de apoio:

PEDRANCINI, V. D.; CORAZZA-NUNES, M. J. Hereditariedade: mediação pedagógica e o desenvolvimento do pensamento conceitual dos estudantes. VI ENPEC. Disponível em: http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/vienpec/CR2/p1051.pdf.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos

Orientações: Com os estudantes ainda organizados em um semicírculo peça que se imaginem como biólogos estudando uma família. Explique que estão interessados em investigar como representar as características dos membros e as relações hereditárias entre eles, como apresentado no Contexto da aula (slide anterior). Leia, então, a questão disparadora. Deixe que os alunos compartilhem suas opiniões sobre o tema e levantem hipóteses para explicar a questão. Não se preocupe em responder aos questionamentos trazidos, mas em estimular os alunos a pensarem sobre o tema.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 30 minutos

Orientações: Para esta fase sugere-se o tempo de 15 minutos. Organize os alunos em pequenos grupos. Cada grupo deve receber folhas, que serão usadas para sistematizar suas respostas às perguntas feitas. Explique a atividade usando as informações do slide e imprima as fichas de atividades disponíveis aqui <https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/drTq2WGzCCqcuGCPaeEMJmDRmczYYExWd9sBakNT2wbMPywtQXHqDWxFXVJY/atividade-para-impressao-mao-na-massa-cie9-08ve4.pdf>. O arquivo também indica outras orientações importantes para esta etapa. Você deve repetir a quantidade de materiais de acordo com a quantidade de alunos da turma. Caso você não possua uma impressora, poderá colocar as indicações da atividade no quadro e pedir que eles registrem em seus cadernos ou escrever as indicações em cartolinas. Lembre-se apenas de deixar um tempo disponível para isso.

A atividade é dividida em três fases e as orientações para cada uma devem ser disponibilizadas no momento adequado para que os grupos levantem hipóteses e troquem informações entre eles.

Materiais necessários: Fichas impressas das atividades, folhas sulfites ou almaço, régua, lápis de cor, computador e projetor, caso tenha disponível em sua escola.

Slide Plano Aula

Orientações: Para a fase 2 sugere-se o tempo de 7 minutos. Depois da realização da fase 1, peça que dois grupos se reúnam, mostrem as propostas de representações criadas, contem suas conclusões e comparem seus registros. Peça para que eles dialoguem sobre suas anotações, dizendo se concordam ou discordam do que foi proposto e porquê.

Para a fase 3 sugere-se o tempo de 8 minutos. Nesta fase os alunos voltarão aos seus grupos iniciais, observarão o heredograma disponibilizado por você e deverão compará-lo ao esquema construído pelo grupo.

Durante toda esta etapa, circule pela sala e observe como os alunos interagem e como cada um consegue contribuir com o trabalho do outro. Intervenha quando eles não conseguirem interagir de forma construtiva, indicando soluções e fazendo questionamentos que possam auxiliar no encontro de concordâncias e divergências entre as ideias.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 13 minutos

Orientações: Sugere-se o tempo de 6 minutos para este slide. Após o término do tempo estipulado para a troca entre os grupos, você deve fazer uma Sistematização do que foi trabalhado nesta aula, retomando a questão disparadora e estimulando que os estudantes voltem a refletir sobre ela de acordo com o que foi realizado na etapa Mão na massa. Um documento com orientações mais detalhadas para a Sistematização está disponível aqui <https://nova-escola-producao.s3.amazonaws.com/r4STJJktbV7PQvtUcQcBGXMcCNzTNvT7Z6F4zzMJe9UVHaq76q9CaaSHgq6M/atividade-para-impressao-orientacao-para-sistematizacao-cie9-08ve04.pdf>.

Dependendo de seu contexto escolar e das realidades familiares de sua turma, você poderá apresentar diferentes formações familiares, assim como casos de divórcio e novas configurações familiares.

Materiais de apoio:

https://www.sescsp.org.br/online/artigo/9469_NOVAS+CONFIGURACOES+FAMILIARES, http://www2.uol.com.br/vivermente/noticias/novas_configuracoes_familiares.html e http://labedu.org.br/novas-configuracoes-familiares-e-seus-reflexos-na-infancia-contemporanea/.

Slide Plano Aula

Orientações: Sugere-se o tempo de 7 minutos para este slide. Peça que os alunos registrem o que foi trazido nestes slides em seus cadernos ou proponha a criação de um parágrafo coletivo que organize os conceitos trabalhados e as questões trazidas na etapa Mão na massa, como um material de estudo. Um documento com orientações mais detalhadas para a Sistematização está disponível neste arquivo. Lembre-se de deixar um tempo da aula disponível para a reorganização da sala.

Materiais de apoio:

VESTENA, R. F.; SEPEL, L. M. N.; LORETO, E. L. S. Construção do heredograma da própria família: Uma proposta interdisciplinar e contextualizada para o ensino médio. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias. v. 14, n. 1, p. 1-16, 2015. Disponível em: http://reec.uvigo.es/volumenes/volumen14/REEC_14_1_1_ex744.pdf.

VESTENA, R. F.; SEPEL, L. M. N.; LORETO, E. L. S. O heredograma nas séries iniciais do ensino Fundamental. Genética na Escola. v. 10, n. 2, 2015, p. 148-161. Disponível em: http://www.biologia.seed.pr.gov.br/arquivos/File/livros/genetica_na_escola.pdf.

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Vida e Evolução do 9º ano :

MAIS AULAS DE Ciências do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF09CI08 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Ciências

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano