13347
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Educação Infantil > Creche - Bebês

Atividade - Dançando em dose dupla

Diferentes sons, provocados pelo professor ou pelos bebês, levam todos dançar, cada um do seu jeito.

Atividade alinhada à BNCC: • POR: Tamira Paula Torres Martins

Dançando em dose dupla

Apresente a proposta

Grave um vídeo bem animado, se possível, interagindo ao dançar com alguém da sua casa. Use a música preferida do grupo e selecione uma lista das demais que compõe esse repertório na escola. Dirija-se às crianças, rememorando momentos em que dançavam na escola. Você pode compartilhar, se tiver disponível, algumas fotos, para fomentar o desejo de continuarem em casa essa proposta divertida e que oportuniza aprofundamento dos vínculos afetivos. Envie-as pela plataforma que estão usando em sua rede ou pelo Whatsapp.

Adaptações necessárias

Oriente os familiares que utilizem o som das músicas no celular ou em outro dispositivo e evitem vídeos, porque a tela, com imagens, pode tirar o foco das relações, que serão a essência na proposta. Sugira que usem as músicas do repertório da escola enviado por você e incluam outras que ouvem em família (adequadas ao universo infantil) e que a criança goste. Caso alguma família não tenha um dispositivo para reprodução da música, ela poderá cantar com o bebê, para dançar da mesma forma durante a proposta.

Sugira às famílias

Oriente os familiares a colocarem a canção preferida do grupo para ouvir em casa, de forma que todos os presentes possam dançar seguindo os próprios ritmos. É importante que se organizem dentro da rotina para realizar essa proposta num momento tranquilo, onde o tempo juntos seja acompanhado de uma interação prazerosa e divertida, olhando nos olhos e estando presente, sem pressa. Isso favorece o aprofundamento de vínculos estáveis, que são fundamentais para um desenvolvimento sadio.
Outras músicas continuarão tocando, algumas mais agitadas, outras mais lentas. Dessa forma, oriente que, enquanto dançam, o familiar observe o bebê e valide os movimentos dele, nomeando as ações e reagindo positivamente. Assim, ele se percebe através do outro e pode ir conhecendo mais sobre a própria natureza, mesmo estando privado de sair para brincar durante esse momento de isolamento social.

Para compartilhar com o grupo

Convide as famílias para que comentem com você como foi essa experiência, se possível, tirem foto ou filmem esses momentos da dança em casa. Compartilhe os registros com as demais famílias, para que se sintam estimuladas a realizarem a atividade também. Guarde esses valiosos registros para compor uma exposição quando o distanciamento social terminar, pois serão recheadas de memórias afetivas potentes. Desta forma, poderão funcionar como base emocional positiva, apoiando o processo de readaptação escolar.

Sugestão Enviada Por: Keli Patricia Luca


Código: EDI1_09UND02

(EI01CG02) Experimentar as possibilidades corporais nas brincadeiras e interações em ambientes acolhedores e desafiantes.

(EI01CG03) Imitar gestos e movimentos de outras crianças, adultos e animais.

(EI01ET06) Vivenciar diferentes ritmos, velocidades e fluxos nas interações e brincadeiras (em danças, balanços, escorregadores etc.).

Apoiador Técnico


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS ATIVIDADES:

ATIVIDADES DE Bebês:

MAIS ATIVIDADES DE Educação Infantil :

Pré Escola / Educação Infantil / Crianças pequenas (4 anos a 6 anos e 2 meses)

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Educação Infantil

Encontre planos de aula para outras disciplinas