12954
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Plano de aula - Planejando uma viagem com travel experts

POR: Rafaela Xavier de Araújo 26/10/2018
Código: ING8_01UND06

8º ano / Inglês

Plano de aula alinhado à BNCC:

(EF08LI12) Construir repertório lexical relativo a planos, previsões e expectativas para o futuro.

Plano de aula de Inglês com atividades para 8o ano do EF sobre Planejando uma viagem com travel experts

 

Sobre este plano select-down

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Objective select-down

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Mostre ou leia para a turma o objetivo desta aula.

Context select-down

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Pergunte aos alunos Do you like travelling? e espere por respostas afirmativas. Pergunte: Where is the best place to spend your next vacation? e deixe-os responder livremente. Mostre o slide ou escreva no quadro as informações. Peça para que, em duplas, eles compartilhem suas ideias sobre as próximas viagens de férias seguindo os tópicos sugeridos. Você pode acrescentar outros tópicos que se adequem mais à sua realidade, caso necessário. Escolha no máximo dois alunos para compartilhar suas opiniões com a turma.

Input select-down

Tempo sugerido: 15 minutos.

Propósito: Mostrar aos alunos uma especialista em viagens dando dicas (em um programa de entrevistas) sobre como planejar uma viagem. Não é necessária a compreensão total do diálogo; a contextualização da situação é o mais esperado.

Expectativa: Que os alunos sejam familiarizados com a situação de planejar uma viagem.

Orientações: Mostre ou imprima a foto. Pergunte aos alunos Where are these people? e espere por In a TV show. Pergunte What are they probably doing? e espere por Debating/Interviewing someone. Pergunte What kind of TV program is it? e espere por An entertainment show. Diga que uma especialista em viagens (travel expert) é a convidada do Charlotte Today, um programa local de entretenimento exibido na cidade de Charlotte, North Carolina, nos Estados Unidos, pelo canal WCNC-TV. Peça para que eles prestem atenção às dicas que ela dá sobre planejar viagens (Let’s see if she has good tips about planning a trip). Mostre o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=BIUOITogqe4&t=11s. Disponível no Youtube, o vídeo mostra a italiana Nada Vergili, da empresa de viagens Nada’s Italy, dando dicas para planejar uma viagem perfeita. Depois de exibir o vídeo, faça algumas perguntas de compreensão.

T: What is the interview about?/ Ss: About planning a trip.

T: What does Nada do? / Ss: She’s a travel expert.

T: What is the first question people should make when planning a trip, according to Nada? /Ss: What is the purpose of the trip?

T: What are the other questions about? /Ss: Who’s going with you, the accomodations, the activities you’re going to do and time organization.

T: What’s the analogy she makes to explain her point? /Ss: That traveling is like dining out in a buffet.

T: Why does she make this analogy? /Ss: To show that people can act in different ways when planning a trip.

T: Do you think it is a good analogy? /Ss: Yes, it is/No, it’s not. Peça para eles justificarem.

Peça para os alunos lembrarem dos tópicos que discutiram em duplas. Pergunte: Have you considered any of Nada’s questions when planning your next vacation trip? e deixe que os alunos se expressem livremente.

MATERIAL COMPLEMENTAR: Você pode ter acesso à transcrição não oficial do áudio no arquivo Transcript - ING8_01UN06.

Caso queira explorar o uso de analogias em futuras aulas, você pode se inspirar no artigo Analogias, metáforas e ensino: a sala de aula em foco, de Adriano Mafra. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/scientia/article/download/12999/12103.

Output select-down

Tempo sugerido: 25 minutos.

Propósito: Fazer com que os alunos usem going to nos modos formal e informal em uma situação específica (role play) ao planejarem uma viagem.

Expectativa: Que os alunos pratiquem oralmente as formas de going to o máximo que puderem.

Orientações: Peça para que os alunos se dividam em grupos de cinco. Sugestão: você pode separá-los previamente em caso de turmas mais resistentes a formação de grupos. Explique que os grupos deverão se configurar em: três membros serão pessoas que desejam viajar juntas e precisam de ajuda para organizar suas viagens (travellers) e os outros dois serão especialistas em viagens (experts), assim como Nada Virgili. Mostre os slides (este e o próximo) ou escreva no quadro os tópicos com as questões sugeridas pela especialista no vídeo e os modelos de linguagem que eles devem usar. Pontue a diferença entre os personagens da situação (travelers and experts) tanto nos tópicos que deverão ser discutidos como na linguagem, sendo o uso formal mais indicado para os especialistas e o uso informal para os viajantes, e deixe-os produzir. Sugestão: durante a prática dos alunos, ande ao redor dos grupos e faça anotações de pontos que possam ser pertinentes para a sua realidade, como pronúncia, erros e acertos de estrutura, vocabulário etc. Ao final da atividade, peça para os grupos compartilharem o planejamento de suas viagens, se eles conseguiram chegar a um acordo, para onde vão, quais foram suas maiores facilidades e dificuldades. Sugestão: Você pode pedir para os grupos gravarem suas produções e, com as informações do slide de gramática, fazer com que eles reflitam e revisem a linguagem usada por eles ao ouvirem suas produções. Você pode estender a aula pedindo para os grupos fazerem uma pesquisa maior sobre os pontos turísticos e atrações dos países ou cidades escolhidas e construir um roteiro personalizado com fotos e dados das viagens, como datas, atividades, acomodações e etc.

Output select-down

Tempo sugerido: Continuação do output.

Propósito: Fazer com que os alunos usem going to nos modos formal e informal em uma situação específica (role play), o planejamento de uma viagem.

Expectativa: Que os alunos pratiquem oralmente as formas de going to o máximo que puderem.

Orientações: Peça para que os alunos se dividam em grupos de cinco. Sugestão: você pode separá-los previamente em caso de turmas mais resistentes a formação de grupos. Explique que os grupos deverão se configurar em: três membros serão pessoas que desejam viajar juntas e precisam de ajuda para organizar suas viagens (travellers) e os outros dois serão especialistas em viagens (experts), assim como Nada Virgili. Mostre os slides (este e o próximo) ou escreva no quadro os tópicos com as questões sugeridas pela especialista no vídeo e os modelos de linguagem que eles devem usar. Pontue a diferença entre os personagens da situação (travelers and experts) tanto nos tópicos que deverão ser discutidos como na linguagem, sendo o uso formal mais indicado para os especialistas e o uso informal para os viajantes, e deixe-os produzir. Sugestão: durante a prática dos alunos, ande ao redor dos grupos e faça anotações de pontos que possam ser pertinentes para a sua realidade, como pronúncia, erros e acertos de estrutura, vocabulário etc. Ao final da atividade, peça para os grupos compartilharem o planejamento de suas viagens, se eles conseguiram chegar a um acordo, para onde vão, quais foram suas maiores facilidades e dificuldades. Sugestão: Você pode pedir para os grupos gravarem suas produções e, com as informações do slide de gramática, fazer com que eles reflitam e revisem as linguagens usadas por eles ao ouvirem suas produções. Você pode estender a aula pedindo para os grupos fazerem uma pesquisa maior sobre os pontos turísticos e atrações dos países ou cidades escolhidas e construir um roteiro personalizado com fotos e dados das viagens, como datas, atividades, acomodações e etc.

Feedback select-down

Tempo sugerido: 5 minutos.

Propósito: Organizar os saberes ativados durante esta aula.

Expectativa: Que os alunos saiam da aula com a sensação de terem aprendido e falado algo. Mesmo aqueles que falaram pouco devem perceber que sabem usar going to de maneira formal e informal para planejar uma viagem.

Orientações: Encerre a aula com uma sistematização do conteúdo trabalhado. Em uma conversa coletiva, deixe os alunos darem suas opiniões sobre os tópicos, registre as que você achar pertinentes para a sua realidade, como possíveis dúvidas remanescentes, e compartilhe algumas das anotações que você fez durante a prática para correção de erros, elogios etc.

MATERIAL COMPLEMENTAR: Há vários textos e pesquisas que tratam sobre uso de role play em sala de aula. Eles podem ajudar na preparação para esta aula, que visa levar os alunos a fazer pequenos diálogos com situações e personagens específicos. Exemplos desses textos são as dissertações de mestrado de Karina Aires Reinlein Fernandes Couto de Moraes - Universidade Federal do Paraná - https://acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/36859/R%20-%20D%20-%20KARINA%20AIRES%20REINLEIN%20FERNANDES%20COUTO%20DE%20MORAES.pdf?sequence=3&isAllowed=y - e Rafael Carneiro Vasques - Unesp - http://portal.fclar.unesp.br/poseduesc/teses/rafael_carneiro_vasques.pdf.

Resumo da aula

download Baixar plano

Este slide não deve ser apresentado para os alunos, ele apenas resume o conteúdo da aula para que você, professor, possa se planejar.

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Mostre ou leia para a turma o objetivo desta aula.

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Pergunte aos alunos Do you like travelling? e espere por respostas afirmativas. Pergunte: Where is the best place to spend your next vacation? e deixe-os responder livremente. Mostre o slide ou escreva no quadro as informações. Peça para que, em duplas, eles compartilhem suas ideias sobre as próximas viagens de férias seguindo os tópicos sugeridos. Você pode acrescentar outros tópicos que se adequem mais à sua realidade, caso necessário. Escolha no máximo dois alunos para compartilhar suas opiniões com a turma.

Tempo sugerido: 15 minutos.

Propósito: Mostrar aos alunos uma especialista em viagens dando dicas (em um programa de entrevistas) sobre como planejar uma viagem. Não é necessária a compreensão total do diálogo; a contextualização da situação é o mais esperado.

Expectativa: Que os alunos sejam familiarizados com a situação de planejar uma viagem.

Orientações: Mostre ou imprima a foto. Pergunte aos alunos Where are these people? e espere por In a TV show. Pergunte What are they probably doing? e espere por Debating/Interviewing someone. Pergunte What kind of TV program is it? e espere por An entertainment show. Diga que uma especialista em viagens (travel expert) é a convidada do Charlotte Today, um programa local de entretenimento exibido na cidade de Charlotte, North Carolina, nos Estados Unidos, pelo canal WCNC-TV. Peça para que eles prestem atenção às dicas que ela dá sobre planejar viagens (Let’s see if she has good tips about planning a trip). Mostre o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=BIUOITogqe4&t=11s. Disponível no Youtube, o vídeo mostra a italiana Nada Vergili, da empresa de viagens Nada’s Italy, dando dicas para planejar uma viagem perfeita. Depois de exibir o vídeo, faça algumas perguntas de compreensão.

T: What is the interview about?/ Ss: About planning a trip.

T: What does Nada do? / Ss: She’s a travel expert.

T: What is the first question people should make when planning a trip, according to Nada? /Ss: What is the purpose of the trip?

T: What are the other questions about? /Ss: Who’s going with you, the accomodations, the activities you’re going to do and time organization.

T: What’s the analogy she makes to explain her point? /Ss: That traveling is like dining out in a buffet.

T: Why does she make this analogy? /Ss: To show that people can act in different ways when planning a trip.

T: Do you think it is a good analogy? /Ss: Yes, it is/No, it’s not. Peça para eles justificarem.

Peça para os alunos lembrarem dos tópicos que discutiram em duplas. Pergunte: Have you considered any of Nada’s questions when planning your next vacation trip? e deixe que os alunos se expressem livremente.

MATERIAL COMPLEMENTAR: Você pode ter acesso à transcrição não oficial do áudio no arquivo Transcript - ING8_01UN06.

Caso queira explorar o uso de analogias em futuras aulas, você pode se inspirar no artigo Analogias, metáforas e ensino: a sala de aula em foco, de Adriano Mafra. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/scientia/article/download/12999/12103.

Tempo sugerido: 25 minutos.

Propósito: Fazer com que os alunos usem going to nos modos formal e informal em uma situação específica (role play) ao planejarem uma viagem.

Expectativa: Que os alunos pratiquem oralmente as formas de going to o máximo que puderem.

Orientações: Peça para que os alunos se dividam em grupos de cinco. Sugestão: você pode separá-los previamente em caso de turmas mais resistentes a formação de grupos. Explique que os grupos deverão se configurar em: três membros serão pessoas que desejam viajar juntas e precisam de ajuda para organizar suas viagens (travellers) e os outros dois serão especialistas em viagens (experts), assim como Nada Virgili. Mostre os slides (este e o próximo) ou escreva no quadro os tópicos com as questões sugeridas pela especialista no vídeo e os modelos de linguagem que eles devem usar. Pontue a diferença entre os personagens da situação (travelers and experts) tanto nos tópicos que deverão ser discutidos como na linguagem, sendo o uso formal mais indicado para os especialistas e o uso informal para os viajantes, e deixe-os produzir. Sugestão: durante a prática dos alunos, ande ao redor dos grupos e faça anotações de pontos que possam ser pertinentes para a sua realidade, como pronúncia, erros e acertos de estrutura, vocabulário etc. Ao final da atividade, peça para os grupos compartilharem o planejamento de suas viagens, se eles conseguiram chegar a um acordo, para onde vão, quais foram suas maiores facilidades e dificuldades. Sugestão: Você pode pedir para os grupos gravarem suas produções e, com as informações do slide de gramática, fazer com que eles reflitam e revisem a linguagem usada por eles ao ouvirem suas produções. Você pode estender a aula pedindo para os grupos fazerem uma pesquisa maior sobre os pontos turísticos e atrações dos países ou cidades escolhidas e construir um roteiro personalizado com fotos e dados das viagens, como datas, atividades, acomodações e etc.

Tempo sugerido: Continuação do output.

Propósito: Fazer com que os alunos usem going to nos modos formal e informal em uma situação específica (role play), o planejamento de uma viagem.

Expectativa: Que os alunos pratiquem oralmente as formas de going to o máximo que puderem.

Orientações: Peça para que os alunos se dividam em grupos de cinco. Sugestão: você pode separá-los previamente em caso de turmas mais resistentes a formação de grupos. Explique que os grupos deverão se configurar em: três membros serão pessoas que desejam viajar juntas e precisam de ajuda para organizar suas viagens (travellers) e os outros dois serão especialistas em viagens (experts), assim como Nada Virgili. Mostre os slides (este e o próximo) ou escreva no quadro os tópicos com as questões sugeridas pela especialista no vídeo e os modelos de linguagem que eles devem usar. Pontue a diferença entre os personagens da situação (travelers and experts) tanto nos tópicos que deverão ser discutidos como na linguagem, sendo o uso formal mais indicado para os especialistas e o uso informal para os viajantes, e deixe-os produzir. Sugestão: durante a prática dos alunos, ande ao redor dos grupos e faça anotações de pontos que possam ser pertinentes para a sua realidade, como pronúncia, erros e acertos de estrutura, vocabulário etc. Ao final da atividade, peça para os grupos compartilharem o planejamento de suas viagens, se eles conseguiram chegar a um acordo, para onde vão, quais foram suas maiores facilidades e dificuldades. Sugestão: Você pode pedir para os grupos gravarem suas produções e, com as informações do slide de gramática, fazer com que eles reflitam e revisem as linguagens usadas por eles ao ouvirem suas produções. Você pode estender a aula pedindo para os grupos fazerem uma pesquisa maior sobre os pontos turísticos e atrações dos países ou cidades escolhidas e construir um roteiro personalizado com fotos e dados das viagens, como datas, atividades, acomodações e etc.

Tempo sugerido: 5 minutos.

Propósito: Organizar os saberes ativados durante esta aula.

Expectativa: Que os alunos saiam da aula com a sensação de terem aprendido e falado algo. Mesmo aqueles que falaram pouco devem perceber que sabem usar going to de maneira formal e informal para planejar uma viagem.

Orientações: Encerre a aula com uma sistematização do conteúdo trabalhado. Em uma conversa coletiva, deixe os alunos darem suas opiniões sobre os tópicos, registre as que você achar pertinentes para a sua realidade, como possíveis dúvidas remanescentes, e compartilhe algumas das anotações que você fez durante a prática para correção de erros, elogios etc.

MATERIAL COMPLEMENTAR: Há vários textos e pesquisas que tratam sobre uso de role play em sala de aula. Eles podem ajudar na preparação para esta aula, que visa levar os alunos a fazer pequenos diálogos com situações e personagens específicos. Exemplos desses textos são as dissertações de mestrado de Karina Aires Reinlein Fernandes Couto de Moraes - Universidade Federal do Paraná - https://acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/36859/R%20-%20D%20-%20KARINA%20AIRES%20REINLEIN%20FERNANDES%20COUTO%20DE%20MORAES.pdf?sequence=3&isAllowed=y - e Rafael Carneiro Vasques - Unesp - http://portal.fclar.unesp.br/poseduesc/teses/rafael_carneiro_vasques.pdf.

Contents

  1. INPUT: The video “How to Plan a Perfect Vacation with Travel Expert Nada Vergili of Nada's Italy” https://www.youtube.com/watch?v=BIUOITogqe4&t=11s
  2. OUTPUT: To plan a trip with an expert (Role Play)



Habilidade da Base Nacional Comum Curricular

(EF08LI12) Construir repertório lexical relativo a planos, previsões e expectativas para o futuro.



Este plano foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Professora-autora: Rafaela Araújo

Mentor: Newton Murce

Especialista: Celina Fernandes


Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

OUTRAS AULAS DESSA UNIDADE:

AULAS DESSA DISCIPLINA:

AULAS RELACIONADAS:

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Competências Gerais na BNCC

O curso, ministrado por Anna Penido, tem o objetivo de apoiar redes de ensino, escolas e professores no planejamento de práticas pedagógicas que desenvolvam as competências gerais.

Ver mais detalhes