11562
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Quem pesa mais?

Plano de aula de Matemática com atividades para 2° ano do Fundamental sobre medidas não padronizadas e padronizadas

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Marcella de Oliveira Abreu Fontinele

ESTE É UM CONTEÚDO PARA O SAEB Ver Mais >
 

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autora: Bárbara da Silva Bittencourt Gomes.

Mentora: Marcella de Oliveira Abreu Fontinele.

Revisora Pedagógica: Eliane Zanin

Especialista de área: Fernando Barnabé



Habilidade da BNCC

(EF02MA16) Estimar, medir e comparar comprimentos de lados de salas (incluindo contorno) e de polígonos, utilizando unidades de medida não padronizadas e padronizadas (metro, centímetro e milímetro) e instrumentos adequados.

(EF02MA17) Estimar, medir e comparar capacidade e massa, utilizando estratégias pessoais e unidades de medida não padronizadas ou padronizadas (litro, mililitro, cm3, grama e quilograma).

Objetivos específicos

  • Realizar  estimativas e medições  entre medidas de massa utilizando medida não padronizada e padronizada.

Conceito-chave

Estimativas - Medidas de massa - Medidas não padronizadas e padronizadas.

Recursos necessários

  • Sacos transparentes;
  • Atividades impressas;
  • Os materiais podem variar a quantidade, a depender do número de alunos da sala e dos grupos que forem formados;
  • Areia;
  • Arroz;
  • Feijão;
  • Pó de café;
  • Farinha;
  • Cabos de vassouras;
  • Cadeiras;
  • Sacolas plásticas.

  • Tempo sugerido: 2 minutos.
  • Orientação: Leia o objetivo para os alunos.
  • Propósito: Compartilhar o objetivo da aula com a turma.

Retomada select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos. ( slides 3 e 4 )

Orientação: Para essa atividade selecione uma quantidade de livros que tenham juntos o peso de 1kg. Já que as atividades dessa aula irão contemplar a unidade do quilo: kg. Além dos livros, um saco cheio de areia com 1kg. Empilhe os livros e coloque-os em cima da mesa, para que todos possam visualizar. Questione qual deve ser o peso deles. Escute as hipóteses de todos e pergunte como eles chegaram aos valores ditos.Explique para a turma , que podemos usar uma técnica para estimar valores mais próximos os peso dos objetos,para isso, podemos usar um objeto que já sabemos o peso, no caso, o saco com um 1kg de areia (medida padronizada). Explique que eles devem estender os braços para frente, colocando os livros em uma mão e na outra o peso de 2 kg (o saco com a areia) e estimarem o peso, comparando se pesa mais ou menos do que 2 kg. Neste momento, você pode selecionar alguns alunos para compartilharem com a turma a estimativa deles. Pode escolher alunos que , por exemplo, estimaram no início um valor muito aquém. Diga para a turma o peso dos livros (aqui sugerido 1kg, podendo ser mais de 1kg, a depender dos livros selecionados) para que eles percebam as estimativas que fizeram. Proponha também que eles estimem outros objetos presentes na sala, tais como: cadernos, canetas e estojos.

Propósito: Relembrar exemplos de situações onde precisamos estimar e encontrar o peso dos objetos.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos pesar os objetos?
  • De que maneira, podemos estimar o peso dos objetos?
  • Quais referências podemos usar para encontrar o peso dos objetos?
  • Quem é mais pesado, o saco de 1kg ou os livros?
  • Vocês podem me dizer outros objetos que podemos comparar o peso?
  • Vocês podem me dizer outro objeto que vocês acham que tem mais de um 1kg?

Retomada select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos. ( slides 3 e 4 )

Orientação: Para essa atividade selecione uma quantidade de livros que tenham juntos o peso de 1kg. Já que as atividades dessa aula irão contemplar a unidade do quilo: kg. Além dos livros, um saco cheio de areia com 1kg. Empilhe os livros e coloque-os em cima da mesa, para que todos possam visualizar. Questione qual deve ser o peso deles. Escute as hipóteses de todos e pergunte como eles chegaram aos valores ditos.Explique para a turma , que podemos usar uma técnica para estimar valores mais próximos os peso dos objetos,para isso, podemos usar um objeto que já sabemos o peso, no caso, o saco com um 1kg de areia (medida padronizada). Explique que eles devem estender os braços para frente, colocando os livros em uma mão e na outra o peso de 2 kg (o saco com a areia) e estimarem o peso, comparando se pesa mais ou menos do que 2 kg. Neste momento, você pode selecionar alguns alunos para compartilharem com a turma a estimativa deles. Pode escolher alunos que , por exemplo, estimaram no início um valor muito aquém. Diga para a turma o peso dos livros (aqui sugerido 1kg, podendo ser mais de 1kg, a depender dos livros selecionados) para que eles percebam as estimativas que fizeram. Proponha também que eles estimem outros objetos presentes na sala, tais como: cadernos, canetas e estojos.

Propósito: Relembrar exemplos de situações onde precisamos estimar e encontrar o peso dos objetos.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos pesar os objetos?
  • De que maneira, podemos estimar o peso dos objetos?
  • Quais referências podemos usar para encontrar o peso dos objetos?
  • Quem é mais pesado, o saco de 1kg ou os livros?
  • Vocês podem me dizer outros objetos que podemos comparar o peso?
  • Vocês podem me dizer outro objeto que vocês acham que tem mais de um 1kg?

Atividade principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. ( slides 5 a 9 )

Orientação: Motive a turma para participar da próxima atividade. Informe para a turma que eles irão utilizar uma balança caseira para realizar a atividade. Monte a balança utilizando os materiais indicados no slide 6. Explique para turma que usarão um cabo de vassoura, uma cadeira e sacolas plásticas. Faça uma marcação na metade do cabo e posicione em cima do encosto da cadeira. Em um lado do cabo coloque uma sacola plástica com uma medida de 2 kg, pode ser de alimentos (como sacos de feijão, arroz ou açúcar) ou saquinhos cheios de areia. Na outra extremidade, coloque o que deseja pesar. Exemplifique colocando os livros e diga que se o cabo ficar equilibrado significa que o peso deles é de 2 kg. Caso, o cabo pender para baixo, o peso é menos de 2 kg e se o lado em que estiver o saco com o peso pender para baixo, os livros têm mais de 2 kg. Demonstre para a turma. Depois forme grupos. Sugere-se que cada grupo tenha 4 participantes, pois será uma tarefa que precisará de apoio de pelo menos dois alunos. Utilize o critério de alunos com diferentes níveis de aprendizagem, para que as trocas de conhecimento sejam garantidas. Disponibilize para cada grupo sacolas com os alimentos dentro. Distribua da seguinte maneira: 1 sacola com 1 kg de arroz, 1 sacola com 2 kg de feijão, 1 sacola com 3 kg de farinha e outra com 1 kg de café. Caso você, não disponibilize essa quantidade de alimentos, já que cada grupo deverá receber essa quantidade de sacolas, existe a possibilidade de usar sacos transparentes cheios de areia com imagens coladas representando os alimentos. Para isso, será necessário separar os sacos com os pesos já determinados. Se usar os alimentos, atente-se de colocá-los em outros sacos, podendo ser os transparentes, para que os alunos não resolvam a situação por dedução ou lendo a informação do peso na própria embalagem. Cada grupo montará sua balança caseira, para isso disponibilize também cabos de vassouras como sugere o exemplo do slide 7. Adeque a quantidade de materiais ao número de alunos da turma. Informe que além da balança, eles podem recorrer a técnica de estender os braços para estimar o peso, utilizando sempre as sacolas para estimar o peso, pois o aluno do 2º ano pode ter dificuldade de segurar um objeto um pouco mais pesado, pela própria estrutura física da criança dessa idade. Circule pelos grupos, acompanhando as estratégias desenvolvidas, garantindo que todos participem. Observe se eles estão usando a balança corretamente, verificando se o cabo foi posicionado de maneira correta, para não interferir na medição.Veja as discussões que os grupos estabelecem quando cada um diz um peso diferente. Perceba como eles resolvem o impasse. Estimule-os a utilizarem referências pessoais, tais como: “Meu cachorrinho pesa 5 kg, então, esse saco de arroz deve ter menos do que 5 kg!” Para outras intervenções, veja o guia de intervenção.

Propósito: Realizar estimativas e medidas de massa, utilizando medidas de padronizadas e não padronizadas.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos de uma balança?
  • Será que a partir do saco com 2kg podemos estimar o peso dos alimentos?
  • Podemos usar também a técnica dos braços estendidos?
  • Quais referências de peso podemos usar para nos auxiliar nas estimativas?

Materiais complementares para impressão:

Atividade Principal

Guia de intervenção

Atividade principal ) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. ( slides 5 a 9 )

Orientação: Motive a turma para participar da próxima atividade. Informe para a turma que eles irão utilizar uma balança caseira para realizar a atividade. Monte a balança utilizando os materiais indicados no slide 6. Explique para turma que usarão um cabo de vassoura, uma cadeira e sacolas plásticas. Faça uma marcação na metade do cabo e posicione em cima do encosto da cadeira. Em um lado do cabo coloque uma sacola plástica com uma medida de 2 kg, pode ser de alimentos (como sacos de feijão, arroz ou açúcar) ou saquinhos cheios de areia. Na outra extremidade, coloque o que deseja pesar. Exemplifique colocando os livros e diga que se o cabo ficar equilibrado significa que o peso deles é de 2 kg. Caso, o cabo pender para baixo, o peso é menos de 2 kg e se o lado em que estiver o saco com o peso pender para baixo, os livros têm mais de 2 kg. Demonstre para a turma. Depois forme grupos. Sugere-se que cada grupo tenha 4 participantes, pois será uma tarefa que precisará de apoio de pelo menos dois alunos. Utilize o critério de alunos com diferentes níveis de aprendizagem, para que as trocas de conhecimento sejam garantidas. Disponibilize para cada grupo sacolas com os alimentos dentro. Distribua da seguinte maneira: 1 sacola com 1 kg de arroz, 1 sacola com 2 kg de feijão, 1 sacola com 3 kg de farinha e outra com 1 kg de café. Caso você, não disponibilize essa quantidade de alimentos, já que cada grupo deverá receber essa quantidade de sacolas, existe a possibilidade de usar sacos transparentes cheios de areia com imagens coladas representando os alimentos. Para isso, será necessário separar os sacos com os pesos já determinados. Se usar os alimentos, atente-se de colocá-los em outros sacos, podendo ser os transparentes, para que os alunos não resolvam a situação por dedução ou lendo a informação do peso na própria embalagem. Cada grupo montará sua balança caseira, para isso disponibilize também cabos de vassouras como sugere o exemplo do slide 7. Adeque a quantidade de materiais ao número de alunos da turma. Informe que além da balança, eles podem recorrer a técnica de estender os braços para estimar o peso, utilizando sempre as sacolas para estimar o peso, pois o aluno do 2º ano pode ter dificuldade de segurar um objeto um pouco mais pesado, pela própria estrutura física da criança dessa idade. Circule pelos grupos, acompanhando as estratégias desenvolvidas, garantindo que todos participem. Observe se eles estão usando a balança corretamente, verificando se o cabo foi posicionado de maneira correta, para não interferir na medição.Veja as discussões que os grupos estabelecem quando cada um diz um peso diferente. Perceba como eles resolvem o impasse. Estimule-os a utilizarem referências pessoais, tais como: “Meu cachorrinho pesa 5 kg, então, esse saco de arroz deve ter menos do que 5 kg!” Para outras intervenções, veja o guia de intervenção.

Propósito: Realizar estimativas e medidas de massa, utilizando medidas de padronizadas e não padronizadas.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos de uma balança?
  • Será que a partir do saco com 2kg podemos estimar o peso dos alimentos?
  • Podemos usar também a técnica dos braços estendidos?
  • Quais referências de peso podemos usar para nos auxiliar nas estimativas?

Atividade principal -) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. ( slides 5 a 9 )

Orientação: Motive a turma para participar da próxima atividade. Informe para a turma que eles irão utilizar uma balança caseira para realizar a atividade. Monte a balança utilizando os materiais indicados no slide 6. Explique para turma que usarão um cabo de vassoura, uma cadeira e sacolas plásticas. Faça uma marcação na metade do cabo e posicione em cima do encosto da cadeira. Em um lado do cabo coloque uma sacola plástica com uma medida de 2 kg, pode ser de alimentos (como sacos de feijão, arroz ou açúcar) ou saquinhos cheios de areia. Na outra extremidade, coloque o que deseja pesar. Exemplifique colocando os livros e diga que se o cabo ficar equilibrado significa que o peso deles é de 2 kg. Caso, o cabo pender para baixo, o peso é menos de 2 kg e se o lado em que estiver o saco com o peso pender para baixo, os livros têm mais de 2 kg. Demonstre para a turma. Depois forme grupos. Sugere-se que cada grupo tenha 4 participantes, pois será uma tarefa que precisará de apoio de pelo menos dois alunos. Utilize o critério de alunos com diferentes níveis de aprendizagem, para que as trocas de conhecimento sejam garantidas. Disponibilize para cada grupo sacolas com os alimentos dentro. Distribua da seguinte maneira: 1 sacola com 1 kg de arroz, 1 sacola com 2 kg de feijão, 1 sacola com 3 kg de farinha e outra com 1 kg de café. Caso você, não disponibilize essa quantidade de alimentos, já que cada grupo deverá receber essa quantidade de sacolas, existe a possibilidade de usar sacos transparentes cheios de areia com imagens coladas representando os alimentos. Para isso, será necessário separar os sacos com os pesos já determinados. Se usar os alimentos, atente-se de colocá-los em outros sacos, podendo ser os transparentes, para que os alunos não resolvam a situação por dedução ou lendo a informação do peso na própria embalagem. Cada grupo montará sua balança caseira, para isso disponibilize também cabos de vassouras como sugere o exemplo do slide 7. Adeque a quantidade de materiais ao número de alunos da turma. Informe que além da balança, eles podem recorrer a técnica de estender os braços para estimar o peso, utilizando sempre as sacolas para estimar o peso, pois o aluno do 2º ano pode ter dificuldade de segurar um objeto um pouco mais pesado, pela própria estrutura física da criança dessa idade. Circule pelos grupos, acompanhando as estratégias desenvolvidas, garantindo que todos participem. Observe se eles estão usando a balança corretamente, verificando se o cabo foi posicionado de maneira correta, para não interferir na medição.Veja as discussões que os grupos estabelecem quando cada um diz um peso diferente. Perceba como eles resolvem o impasse. Estimule-os a utilizarem referências pessoais, tais como: “Meu cachorrinho pesa 5 kg, então, esse saco de arroz deve ter menos do que 5 kg!” Para outras intervenções, veja o guia de intervenção.

Propósito: Realizar estimativas e medidas de massa, utilizando medidas de padronizadas e não padronizadas.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos de uma balança?
  • Será que a partir do saco com 2kg podemos estimar o peso dos alimentos?
  • Podemos usar também a técnica dos braços estendidos?
  • Quais referências de peso podemos usar para nos auxiliar nas estimativas?

Atividade principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. ( slides 5 a 9 )

Orientação: Motive a turma para participar da próxima atividade. Informe para a turma que eles irão utilizar uma balança caseira para realizar a atividade. Monte a balança utilizando os materiais indicados no slide 6. Explique para turma que usarão um cabo de vassoura, uma cadeira e sacolas plásticas. Faça uma marcação na metade do cabo e posicione em cima do encosto da cadeira. Em um lado do cabo coloque uma sacola plástica com uma medida de 2 kg, pode ser de alimentos (como sacos de feijão, arroz ou açúcar) ou saquinhos cheios de areia. Na outra extremidade, coloque o que deseja pesar. Exemplifique colocando os livros e diga que se o cabo ficar equilibrado significa que o peso deles é de 2 kg. Caso, o cabo pender para baixo, o peso é menos de 2 kg e se o lado em que estiver o saco com o peso pender para baixo, os livros têm mais de 2 kg. Demonstre para a turma. Depois forme grupos. Sugere-se que cada grupo tenha 4 participantes, pois será uma tarefa que precisará de apoio de pelo menos dois alunos. Utilize o critério de alunos com diferentes níveis de aprendizagem, para que as trocas de conhecimento sejam garantidas. Disponibilize para cada grupo sacolas com os alimentos dentro. Distribua da seguinte maneira: 1 sacola com 1 kg de arroz, 1 sacola com 2 kg de feijão, 1 sacola com 3 kg de farinha e outra com 1 kg de café. Caso você, não disponibilize essa quantidade de alimentos, já que cada grupo deverá receber essa quantidade de sacolas, existe a possibilidade de usar sacos transparentes cheios de areia com imagens coladas representando os alimentos. Para isso, será necessário separar os sacos com os pesos já determinados. Se usar os alimentos, atente-se de colocá-los em outros sacos, podendo ser os transparentes, para que os alunos não resolvam a situação por dedução ou lendo a informação do peso na própria embalagem. Cada grupo montará sua balança caseira, para isso disponibilize também cabos de vassouras como sugere o exemplo do slide 7. Adeque a quantidade de materiais ao número de alunos da turma. Informe que além da balança, eles podem recorrer a técnica de estender os braços para estimar o peso, utilizando sempre as sacolas para estimar o peso, pois o aluno do 2º ano pode ter dificuldade de segurar um objeto um pouco mais pesado, pela própria estrutura física da criança dessa idade. Circule pelos grupos, acompanhando as estratégias desenvolvidas, garantindo que todos participem. Observe se eles estão usando a balança corretamente, verificando se o cabo foi posicionado de maneira correta, para não interferir na medição.Veja as discussões que os grupos estabelecem quando cada um diz um peso diferente. Perceba como eles resolvem o impasse. Estimule-os a utilizarem referências pessoais, tais como: “Meu cachorrinho pesa 5 kg, então, esse saco de arroz deve ter menos do que 5 kg!” Para outras intervenções, veja o guia de intervenção.

Propósito: Realizar estimativas e medidas de massa, utilizando medidas de padronizadas e não padronizadas.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos de uma balança?
  • Será que a partir do saco com 2kg podemos estimar o peso dos alimentos?
  • Podemos usar também a técnica dos braços estendidos?
  • Quais referências de peso podemos usar para nos auxiliar nas estimativas?

Atividade principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. ( slides 5 a 9 )

Orientação: Motive a turma para participar da próxima atividade. Informe para a turma que eles irão utilizar uma balança caseira para realizar a atividade. Monte a balança utilizando os materiais indicados no slide 6. Explique para turma que usarão um cabo de vassoura, uma cadeira e sacolas plásticas. Faça uma marcação na metade do cabo e posicione em cima do encosto da cadeira. Em um lado do cabo coloque uma sacola plástica com uma medida de 2 kg, pode ser de alimentos (como sacos de feijão, arroz ou açúcar) ou saquinhos cheios de areia. Na outra extremidade, coloque o que deseja pesar. Exemplifique colocando os livros e diga que se o cabo ficar equilibrado significa que o peso deles é de 2 kg. Caso, o cabo pender para baixo, o peso é menos de 2 kg e se o lado em que estiver o saco com o peso pender para baixo, os livros têm mais de 2 kg. Demonstre para a turma. Depois forme grupos. Sugere-se que cada grupo tenha 4 participantes, pois será uma tarefa que precisará de apoio de pelo menos dois alunos. Utilize o critério de alunos com diferentes níveis de aprendizagem, para que as trocas de conhecimento sejam garantidas. Disponibilize para cada grupo sacolas com os alimentos dentro. Distribua da seguinte maneira: 1 sacola com 1 kg de arroz, 1 sacola com 2 kg de feijão, 1 sacola com 3 kg de farinha e outra com 1 kg de café. Caso você, não disponibilize essa quantidade de alimentos, já que cada grupo deverá receber essa quantidade de sacolas, existe a possibilidade de usar sacos transparentes cheios de areia com imagens coladas representando os alimentos. Para isso, será necessário separar os sacos com os pesos já determinados. Se usar os alimentos, atente-se de colocá-los em outros sacos, podendo ser os transparentes, para que os alunos não resolvam a situação por dedução ou lendo a informação do peso na própria embalagem. Cada grupo montará sua balança caseira, para isso disponibilize também cabos de vassouras como sugere o exemplo do slide 7. Adeque a quantidade de materiais ao número de alunos da turma. Informe que além da balança, eles podem recorrer a técnica de estender os braços para estimar o peso, utilizando sempre as sacolas para estimar o peso, pois o aluno do 2º ano pode ter dificuldade de segurar um objeto um pouco mais pesado, pela própria estrutura física da criança dessa idade. Circule pelos grupos, acompanhando as estratégias desenvolvidas, garantindo que todos participem. Observe se eles estão usando a balança corretamente, verificando se o cabo foi posicionado de maneira correta, para não interferir na medição.Veja as discussões que os grupos estabelecem quando cada um diz um peso diferente. Perceba como eles resolvem o impasse. Estimule-os a utilizarem referências pessoais, tais como: “Meu cachorrinho pesa 5 kg, então, esse saco de arroz deve ter menos do que 5 kg!” Para outras intervenções, veja o guia de intervenção.

Propósito: Realizar estimativas e medidas de massa, utilizando medidas de padronizadas e não padronizadas.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos de uma balança?
  • Será que a partir do saco com 2kg podemos estimar o peso dos alimentos?
  • Podemos usar também a técnica dos braços estendidos?
  • Quais referências de peso podemos usar para nos auxiliar nas estimativas?

Discussão da solução. Slide (10,11,12 e 13) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Após término da atividade, peça que os grupos apresentem suas listas de compras com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. Registre na lousa a tabela do mesmo modelo do slide 11. Após término da atividade, peça que os grupos preencham com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. O grupo pode encontrar os valores corretos usando a balança caseira. Um grupo também pode explorar mais referências para encontrar as medidas. Podem acrescentar mais peso no saco referência para encontrar medidas mais altas. Pode acontecer deles perceberem, por exemplo, que o arroz pesa muito mais do que 2 kg, mas podem ter dificuldades em dizer um peso mais específico e registrar : ”mais do que 2 kg”, neste caso, aceite, pois as estimativas nesta série ainda são válidas. Se os grupos apresentarem respostas muito aquém, apresente as possíveis resoluções.

Propósito: Socializar as estratégias desenvolvidas pelo grupo.

Discuta com a turma:

  • Quais outros alimentos podemos encontrar as medidas usando a mesma estratégia?
  • Quando ficaram em dúvida, de que maneira vocês chegaram a uma medida?

Material Complementar:

Resolução da Atividade Principal

Discussão da solução. Slide (10,11,12 e 13) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Após término da atividade, peça que os grupos apresentem suas listas de compras com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. Registre na lousa a tabela do mesmo modelo do slide 11. Após término da atividade, peça que os grupos preencham com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. O grupo pode encontrar os valores corretos usando a balança caseira. Um grupo também pode explorar mais referências para encontrar as medidas. Podem acrescentar mais peso no saco referência para encontrar medidas mais altas. Pode acontecer deles perceberem, por exemplo, que o arroz pesa muito mais do que 2 kg, mas podem ter dificuldades em dizer um peso mais específico e registrar : ”mais do que 2 kg”, neste caso, aceite, pois as estimativas nesta série ainda são válidas. Se os grupos apresentarem respostas muito aquém, apresente as possíveis resoluções.

Propósito: Socializar as estratégias desenvolvidas pelo grupo.

Discuta com a turma:

  • Quais outros alimentos podemos encontrar as medidas usando a mesma estratégia?
  • Quando ficaram em dúvida, de que maneira vocês chegaram a uma medida?

Discussão da solução. Slide (10,11,12 e 13) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Após término da atividade, peça que os grupos apresentem suas listas de compras com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. Registre na lousa a tabela do mesmo modelo do slide 11. Após término da atividade, peça que os grupos preencham com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. O grupo pode encontrar os valores corretos usando a balança caseira. Um grupo também pode explorar mais referências para encontrar as medidas. Podem acrescentar mais peso no saco referência para encontrar medidas mais altas. Pode acontecer deles perceberem, por exemplo, que o arroz pesa muito mais do que 2 kg, mas podem ter dificuldades em dizer um peso mais específico e registrar : ”mais do que 2 kg”, neste caso, aceite, pois as estimativas nesta série ainda são válidas. Se os grupos apresentarem respostas muito aquém, apresente as possíveis resoluções.

Propósito: Socializar as estratégias desenvolvidas pelo grupo.

Discuta com a turma:

  • Quais outros alimentos podemos encontrar as medidas usando a mesma estratégia?
  • Quando ficaram em dúvida, de que maneira vocês chegaram a uma medida?

Discussão da solução. Slide (10,11,12 e 13) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Após término da atividade, peça que os grupos apresentem suas listas de compras com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. Registre na lousa a tabela do mesmo modelo do slide 11. Após término da atividade, peça que os grupos preencham com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. O grupo pode encontrar os valores corretos usando a balança caseira. Um grupo também pode explorar mais referências para encontrar as medidas. Podem acrescentar mais peso no saco referência para encontrar medidas mais altas. Pode acontecer deles perceberem, por exemplo, que o arroz pesa muito mais do que 2 kg, mas podem ter dificuldades em dizer um peso mais específico e registrar : ”mais do que 2 kg”, neste caso, aceite, pois as estimativas nesta série ainda são válidas. Se os grupos apresentarem respostas muito aquém, apresente as possíveis resoluções.

Propósito: Socializar as estratégias desenvolvidas pelo grupo.

Discuta com a turma:

  • Quais outros alimentos podemos encontrar as medidas usando a mesma estratégia?
  • Quando ficaram em dúvida, de que maneira vocês chegaram a uma medida?

Encerramento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientação: Finalize a aula retomando a ideia de desenvolver referências utilizando medidas padronizadas para estimar, comparar e pesar. Projete o slide ou registre na lousa o exemplo usado.

Propósito: Destacar os processos dos quais podemos usar para estimar, medir e comparar medidas de massa.

Raio x select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos.

Orientação: Para atividade de avaliação, disponibilize uma mochila com 5 cadernos, 2 pares de tênis dos alunos e 3 dicionários. Depois, disponibilize outros materiais, tais como: apagador, caixas de lápis, caixas com lápis de cera, potes com algum material dentro entre outros para que eles possam completar a tabela, escrevendo outros objetos que tenham o mesmo peso. Individualmente, entregue atividade impressa. Informe que eles podem usar a técnica dos braços estendidos. Analise se as comparações e as estimativas são pertinentes. Caso perceba que a turma ainda precisa desenvolver mais estratégias, sugira mais atividades complementares.

Propósito: Avaliar a aprendizagem do aluno.

Materiais complementares para impressão:
Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade Complementar

Resumo da aula

download Baixar plano
  • Tempo sugerido: 2 minutos.
  • Orientação: Leia o objetivo para os alunos.
  • Propósito: Compartilhar o objetivo da aula com a turma.


Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autora: Bárbara da Silva Bittencourt Gomes.

Mentora: Marcella de Oliveira Abreu Fontinele.

Revisora Pedagógica: Eliane Zanin

Especialista de área: Fernando Barnabé



Habilidade da BNCC

(EF02MA16) Estimar, medir e comparar comprimentos de lados de salas (incluindo contorno) e de polígonos, utilizando unidades de medida não padronizadas e padronizadas (metro, centímetro e milímetro) e instrumentos adequados.

(EF02MA17) Estimar, medir e comparar capacidade e massa, utilizando estratégias pessoais e unidades de medida não padronizadas ou padronizadas (litro, mililitro, cm3, grama e quilograma).

Objetivos específicos

  • Realizar  estimativas e medições  entre medidas de massa utilizando medida não padronizada e padronizada.

Conceito-chave

Estimativas - Medidas de massa - Medidas não padronizadas e padronizadas.

Recursos necessários

  • Sacos transparentes;
  • Atividades impressas;
  • Os materiais podem variar a quantidade, a depender do número de alunos da sala e dos grupos que forem formados;
  • Areia;
  • Arroz;
  • Feijão;
  • Pó de café;
  • Farinha;
  • Cabos de vassouras;
  • Cadeiras;
  • Sacolas plásticas.
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos. ( slides 3 e 4 )

Orientação: Para essa atividade selecione uma quantidade de livros que tenham juntos o peso de 1kg. Já que as atividades dessa aula irão contemplar a unidade do quilo: kg. Além dos livros, um saco cheio de areia com 1kg. Empilhe os livros e coloque-os em cima da mesa, para que todos possam visualizar. Questione qual deve ser o peso deles. Escute as hipóteses de todos e pergunte como eles chegaram aos valores ditos.Explique para a turma , que podemos usar uma técnica para estimar valores mais próximos os peso dos objetos,para isso, podemos usar um objeto que já sabemos o peso, no caso, o saco com um 1kg de areia (medida padronizada). Explique que eles devem estender os braços para frente, colocando os livros em uma mão e na outra o peso de 2 kg (o saco com a areia) e estimarem o peso, comparando se pesa mais ou menos do que 2 kg. Neste momento, você pode selecionar alguns alunos para compartilharem com a turma a estimativa deles. Pode escolher alunos que , por exemplo, estimaram no início um valor muito aquém. Diga para a turma o peso dos livros (aqui sugerido 1kg, podendo ser mais de 1kg, a depender dos livros selecionados) para que eles percebam as estimativas que fizeram. Proponha também que eles estimem outros objetos presentes na sala, tais como: cadernos, canetas e estojos.

Propósito: Relembrar exemplos de situações onde precisamos estimar e encontrar o peso dos objetos.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos pesar os objetos?
  • De que maneira, podemos estimar o peso dos objetos?
  • Quais referências podemos usar para encontrar o peso dos objetos?
  • Quem é mais pesado, o saco de 1kg ou os livros?
  • Vocês podem me dizer outros objetos que podemos comparar o peso?
  • Vocês podem me dizer outro objeto que vocês acham que tem mais de um 1kg?
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos. ( slides 3 e 4 )

Orientação: Para essa atividade selecione uma quantidade de livros que tenham juntos o peso de 1kg. Já que as atividades dessa aula irão contemplar a unidade do quilo: kg. Além dos livros, um saco cheio de areia com 1kg. Empilhe os livros e coloque-os em cima da mesa, para que todos possam visualizar. Questione qual deve ser o peso deles. Escute as hipóteses de todos e pergunte como eles chegaram aos valores ditos.Explique para a turma , que podemos usar uma técnica para estimar valores mais próximos os peso dos objetos,para isso, podemos usar um objeto que já sabemos o peso, no caso, o saco com um 1kg de areia (medida padronizada). Explique que eles devem estender os braços para frente, colocando os livros em uma mão e na outra o peso de 2 kg (o saco com a areia) e estimarem o peso, comparando se pesa mais ou menos do que 2 kg. Neste momento, você pode selecionar alguns alunos para compartilharem com a turma a estimativa deles. Pode escolher alunos que , por exemplo, estimaram no início um valor muito aquém. Diga para a turma o peso dos livros (aqui sugerido 1kg, podendo ser mais de 1kg, a depender dos livros selecionados) para que eles percebam as estimativas que fizeram. Proponha também que eles estimem outros objetos presentes na sala, tais como: cadernos, canetas e estojos.

Propósito: Relembrar exemplos de situações onde precisamos estimar e encontrar o peso dos objetos.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos pesar os objetos?
  • De que maneira, podemos estimar o peso dos objetos?
  • Quais referências podemos usar para encontrar o peso dos objetos?
  • Quem é mais pesado, o saco de 1kg ou os livros?
  • Vocês podem me dizer outros objetos que podemos comparar o peso?
  • Vocês podem me dizer outro objeto que vocês acham que tem mais de um 1kg?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. ( slides 5 a 9 )

Orientação: Motive a turma para participar da próxima atividade. Informe para a turma que eles irão utilizar uma balança caseira para realizar a atividade. Monte a balança utilizando os materiais indicados no slide 6. Explique para turma que usarão um cabo de vassoura, uma cadeira e sacolas plásticas. Faça uma marcação na metade do cabo e posicione em cima do encosto da cadeira. Em um lado do cabo coloque uma sacola plástica com uma medida de 2 kg, pode ser de alimentos (como sacos de feijão, arroz ou açúcar) ou saquinhos cheios de areia. Na outra extremidade, coloque o que deseja pesar. Exemplifique colocando os livros e diga que se o cabo ficar equilibrado significa que o peso deles é de 2 kg. Caso, o cabo pender para baixo, o peso é menos de 2 kg e se o lado em que estiver o saco com o peso pender para baixo, os livros têm mais de 2 kg. Demonstre para a turma. Depois forme grupos. Sugere-se que cada grupo tenha 4 participantes, pois será uma tarefa que precisará de apoio de pelo menos dois alunos. Utilize o critério de alunos com diferentes níveis de aprendizagem, para que as trocas de conhecimento sejam garantidas. Disponibilize para cada grupo sacolas com os alimentos dentro. Distribua da seguinte maneira: 1 sacola com 1 kg de arroz, 1 sacola com 2 kg de feijão, 1 sacola com 3 kg de farinha e outra com 1 kg de café. Caso você, não disponibilize essa quantidade de alimentos, já que cada grupo deverá receber essa quantidade de sacolas, existe a possibilidade de usar sacos transparentes cheios de areia com imagens coladas representando os alimentos. Para isso, será necessário separar os sacos com os pesos já determinados. Se usar os alimentos, atente-se de colocá-los em outros sacos, podendo ser os transparentes, para que os alunos não resolvam a situação por dedução ou lendo a informação do peso na própria embalagem. Cada grupo montará sua balança caseira, para isso disponibilize também cabos de vassouras como sugere o exemplo do slide 7. Adeque a quantidade de materiais ao número de alunos da turma. Informe que além da balança, eles podem recorrer a técnica de estender os braços para estimar o peso, utilizando sempre as sacolas para estimar o peso, pois o aluno do 2º ano pode ter dificuldade de segurar um objeto um pouco mais pesado, pela própria estrutura física da criança dessa idade. Circule pelos grupos, acompanhando as estratégias desenvolvidas, garantindo que todos participem. Observe se eles estão usando a balança corretamente, verificando se o cabo foi posicionado de maneira correta, para não interferir na medição.Veja as discussões que os grupos estabelecem quando cada um diz um peso diferente. Perceba como eles resolvem o impasse. Estimule-os a utilizarem referências pessoais, tais como: “Meu cachorrinho pesa 5 kg, então, esse saco de arroz deve ter menos do que 5 kg!” Para outras intervenções, veja o guia de intervenção.

Propósito: Realizar estimativas e medidas de massa, utilizando medidas de padronizadas e não padronizadas.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos de uma balança?
  • Será que a partir do saco com 2kg podemos estimar o peso dos alimentos?
  • Podemos usar também a técnica dos braços estendidos?
  • Quais referências de peso podemos usar para nos auxiliar nas estimativas?

Materiais complementares para impressão:

Atividade Principal

Guia de intervenção

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. ( slides 5 a 9 )

Orientação: Motive a turma para participar da próxima atividade. Informe para a turma que eles irão utilizar uma balança caseira para realizar a atividade. Monte a balança utilizando os materiais indicados no slide 6. Explique para turma que usarão um cabo de vassoura, uma cadeira e sacolas plásticas. Faça uma marcação na metade do cabo e posicione em cima do encosto da cadeira. Em um lado do cabo coloque uma sacola plástica com uma medida de 2 kg, pode ser de alimentos (como sacos de feijão, arroz ou açúcar) ou saquinhos cheios de areia. Na outra extremidade, coloque o que deseja pesar. Exemplifique colocando os livros e diga que se o cabo ficar equilibrado significa que o peso deles é de 2 kg. Caso, o cabo pender para baixo, o peso é menos de 2 kg e se o lado em que estiver o saco com o peso pender para baixo, os livros têm mais de 2 kg. Demonstre para a turma. Depois forme grupos. Sugere-se que cada grupo tenha 4 participantes, pois será uma tarefa que precisará de apoio de pelo menos dois alunos. Utilize o critério de alunos com diferentes níveis de aprendizagem, para que as trocas de conhecimento sejam garantidas. Disponibilize para cada grupo sacolas com os alimentos dentro. Distribua da seguinte maneira: 1 sacola com 1 kg de arroz, 1 sacola com 2 kg de feijão, 1 sacola com 3 kg de farinha e outra com 1 kg de café. Caso você, não disponibilize essa quantidade de alimentos, já que cada grupo deverá receber essa quantidade de sacolas, existe a possibilidade de usar sacos transparentes cheios de areia com imagens coladas representando os alimentos. Para isso, será necessário separar os sacos com os pesos já determinados. Se usar os alimentos, atente-se de colocá-los em outros sacos, podendo ser os transparentes, para que os alunos não resolvam a situação por dedução ou lendo a informação do peso na própria embalagem. Cada grupo montará sua balança caseira, para isso disponibilize também cabos de vassouras como sugere o exemplo do slide 7. Adeque a quantidade de materiais ao número de alunos da turma. Informe que além da balança, eles podem recorrer a técnica de estender os braços para estimar o peso, utilizando sempre as sacolas para estimar o peso, pois o aluno do 2º ano pode ter dificuldade de segurar um objeto um pouco mais pesado, pela própria estrutura física da criança dessa idade. Circule pelos grupos, acompanhando as estratégias desenvolvidas, garantindo que todos participem. Observe se eles estão usando a balança corretamente, verificando se o cabo foi posicionado de maneira correta, para não interferir na medição.Veja as discussões que os grupos estabelecem quando cada um diz um peso diferente. Perceba como eles resolvem o impasse. Estimule-os a utilizarem referências pessoais, tais como: “Meu cachorrinho pesa 5 kg, então, esse saco de arroz deve ter menos do que 5 kg!” Para outras intervenções, veja o guia de intervenção.

Propósito: Realizar estimativas e medidas de massa, utilizando medidas de padronizadas e não padronizadas.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos de uma balança?
  • Será que a partir do saco com 2kg podemos estimar o peso dos alimentos?
  • Podemos usar também a técnica dos braços estendidos?
  • Quais referências de peso podemos usar para nos auxiliar nas estimativas?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. ( slides 5 a 9 )

Orientação: Motive a turma para participar da próxima atividade. Informe para a turma que eles irão utilizar uma balança caseira para realizar a atividade. Monte a balança utilizando os materiais indicados no slide 6. Explique para turma que usarão um cabo de vassoura, uma cadeira e sacolas plásticas. Faça uma marcação na metade do cabo e posicione em cima do encosto da cadeira. Em um lado do cabo coloque uma sacola plástica com uma medida de 2 kg, pode ser de alimentos (como sacos de feijão, arroz ou açúcar) ou saquinhos cheios de areia. Na outra extremidade, coloque o que deseja pesar. Exemplifique colocando os livros e diga que se o cabo ficar equilibrado significa que o peso deles é de 2 kg. Caso, o cabo pender para baixo, o peso é menos de 2 kg e se o lado em que estiver o saco com o peso pender para baixo, os livros têm mais de 2 kg. Demonstre para a turma. Depois forme grupos. Sugere-se que cada grupo tenha 4 participantes, pois será uma tarefa que precisará de apoio de pelo menos dois alunos. Utilize o critério de alunos com diferentes níveis de aprendizagem, para que as trocas de conhecimento sejam garantidas. Disponibilize para cada grupo sacolas com os alimentos dentro. Distribua da seguinte maneira: 1 sacola com 1 kg de arroz, 1 sacola com 2 kg de feijão, 1 sacola com 3 kg de farinha e outra com 1 kg de café. Caso você, não disponibilize essa quantidade de alimentos, já que cada grupo deverá receber essa quantidade de sacolas, existe a possibilidade de usar sacos transparentes cheios de areia com imagens coladas representando os alimentos. Para isso, será necessário separar os sacos com os pesos já determinados. Se usar os alimentos, atente-se de colocá-los em outros sacos, podendo ser os transparentes, para que os alunos não resolvam a situação por dedução ou lendo a informação do peso na própria embalagem. Cada grupo montará sua balança caseira, para isso disponibilize também cabos de vassouras como sugere o exemplo do slide 7. Adeque a quantidade de materiais ao número de alunos da turma. Informe que além da balança, eles podem recorrer a técnica de estender os braços para estimar o peso, utilizando sempre as sacolas para estimar o peso, pois o aluno do 2º ano pode ter dificuldade de segurar um objeto um pouco mais pesado, pela própria estrutura física da criança dessa idade. Circule pelos grupos, acompanhando as estratégias desenvolvidas, garantindo que todos participem. Observe se eles estão usando a balança corretamente, verificando se o cabo foi posicionado de maneira correta, para não interferir na medição.Veja as discussões que os grupos estabelecem quando cada um diz um peso diferente. Perceba como eles resolvem o impasse. Estimule-os a utilizarem referências pessoais, tais como: “Meu cachorrinho pesa 5 kg, então, esse saco de arroz deve ter menos do que 5 kg!” Para outras intervenções, veja o guia de intervenção.

Propósito: Realizar estimativas e medidas de massa, utilizando medidas de padronizadas e não padronizadas.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos de uma balança?
  • Será que a partir do saco com 2kg podemos estimar o peso dos alimentos?
  • Podemos usar também a técnica dos braços estendidos?
  • Quais referências de peso podemos usar para nos auxiliar nas estimativas?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. ( slides 5 a 9 )

Orientação: Motive a turma para participar da próxima atividade. Informe para a turma que eles irão utilizar uma balança caseira para realizar a atividade. Monte a balança utilizando os materiais indicados no slide 6. Explique para turma que usarão um cabo de vassoura, uma cadeira e sacolas plásticas. Faça uma marcação na metade do cabo e posicione em cima do encosto da cadeira. Em um lado do cabo coloque uma sacola plástica com uma medida de 2 kg, pode ser de alimentos (como sacos de feijão, arroz ou açúcar) ou saquinhos cheios de areia. Na outra extremidade, coloque o que deseja pesar. Exemplifique colocando os livros e diga que se o cabo ficar equilibrado significa que o peso deles é de 2 kg. Caso, o cabo pender para baixo, o peso é menos de 2 kg e se o lado em que estiver o saco com o peso pender para baixo, os livros têm mais de 2 kg. Demonstre para a turma. Depois forme grupos. Sugere-se que cada grupo tenha 4 participantes, pois será uma tarefa que precisará de apoio de pelo menos dois alunos. Utilize o critério de alunos com diferentes níveis de aprendizagem, para que as trocas de conhecimento sejam garantidas. Disponibilize para cada grupo sacolas com os alimentos dentro. Distribua da seguinte maneira: 1 sacola com 1 kg de arroz, 1 sacola com 2 kg de feijão, 1 sacola com 3 kg de farinha e outra com 1 kg de café. Caso você, não disponibilize essa quantidade de alimentos, já que cada grupo deverá receber essa quantidade de sacolas, existe a possibilidade de usar sacos transparentes cheios de areia com imagens coladas representando os alimentos. Para isso, será necessário separar os sacos com os pesos já determinados. Se usar os alimentos, atente-se de colocá-los em outros sacos, podendo ser os transparentes, para que os alunos não resolvam a situação por dedução ou lendo a informação do peso na própria embalagem. Cada grupo montará sua balança caseira, para isso disponibilize também cabos de vassouras como sugere o exemplo do slide 7. Adeque a quantidade de materiais ao número de alunos da turma. Informe que além da balança, eles podem recorrer a técnica de estender os braços para estimar o peso, utilizando sempre as sacolas para estimar o peso, pois o aluno do 2º ano pode ter dificuldade de segurar um objeto um pouco mais pesado, pela própria estrutura física da criança dessa idade. Circule pelos grupos, acompanhando as estratégias desenvolvidas, garantindo que todos participem. Observe se eles estão usando a balança corretamente, verificando se o cabo foi posicionado de maneira correta, para não interferir na medição.Veja as discussões que os grupos estabelecem quando cada um diz um peso diferente. Perceba como eles resolvem o impasse. Estimule-os a utilizarem referências pessoais, tais como: “Meu cachorrinho pesa 5 kg, então, esse saco de arroz deve ter menos do que 5 kg!” Para outras intervenções, veja o guia de intervenção.

Propósito: Realizar estimativas e medidas de massa, utilizando medidas de padronizadas e não padronizadas.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos de uma balança?
  • Será que a partir do saco com 2kg podemos estimar o peso dos alimentos?
  • Podemos usar também a técnica dos braços estendidos?
  • Quais referências de peso podemos usar para nos auxiliar nas estimativas?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. ( slides 5 a 9 )

Orientação: Motive a turma para participar da próxima atividade. Informe para a turma que eles irão utilizar uma balança caseira para realizar a atividade. Monte a balança utilizando os materiais indicados no slide 6. Explique para turma que usarão um cabo de vassoura, uma cadeira e sacolas plásticas. Faça uma marcação na metade do cabo e posicione em cima do encosto da cadeira. Em um lado do cabo coloque uma sacola plástica com uma medida de 2 kg, pode ser de alimentos (como sacos de feijão, arroz ou açúcar) ou saquinhos cheios de areia. Na outra extremidade, coloque o que deseja pesar. Exemplifique colocando os livros e diga que se o cabo ficar equilibrado significa que o peso deles é de 2 kg. Caso, o cabo pender para baixo, o peso é menos de 2 kg e se o lado em que estiver o saco com o peso pender para baixo, os livros têm mais de 2 kg. Demonstre para a turma. Depois forme grupos. Sugere-se que cada grupo tenha 4 participantes, pois será uma tarefa que precisará de apoio de pelo menos dois alunos. Utilize o critério de alunos com diferentes níveis de aprendizagem, para que as trocas de conhecimento sejam garantidas. Disponibilize para cada grupo sacolas com os alimentos dentro. Distribua da seguinte maneira: 1 sacola com 1 kg de arroz, 1 sacola com 2 kg de feijão, 1 sacola com 3 kg de farinha e outra com 1 kg de café. Caso você, não disponibilize essa quantidade de alimentos, já que cada grupo deverá receber essa quantidade de sacolas, existe a possibilidade de usar sacos transparentes cheios de areia com imagens coladas representando os alimentos. Para isso, será necessário separar os sacos com os pesos já determinados. Se usar os alimentos, atente-se de colocá-los em outros sacos, podendo ser os transparentes, para que os alunos não resolvam a situação por dedução ou lendo a informação do peso na própria embalagem. Cada grupo montará sua balança caseira, para isso disponibilize também cabos de vassouras como sugere o exemplo do slide 7. Adeque a quantidade de materiais ao número de alunos da turma. Informe que além da balança, eles podem recorrer a técnica de estender os braços para estimar o peso, utilizando sempre as sacolas para estimar o peso, pois o aluno do 2º ano pode ter dificuldade de segurar um objeto um pouco mais pesado, pela própria estrutura física da criança dessa idade. Circule pelos grupos, acompanhando as estratégias desenvolvidas, garantindo que todos participem. Observe se eles estão usando a balança corretamente, verificando se o cabo foi posicionado de maneira correta, para não interferir na medição.Veja as discussões que os grupos estabelecem quando cada um diz um peso diferente. Perceba como eles resolvem o impasse. Estimule-os a utilizarem referências pessoais, tais como: “Meu cachorrinho pesa 5 kg, então, esse saco de arroz deve ter menos do que 5 kg!” Para outras intervenções, veja o guia de intervenção.

Propósito: Realizar estimativas e medidas de massa, utilizando medidas de padronizadas e não padronizadas.

Discuta com a turma:

  • Em quais situações precisamos de uma balança?
  • Será que a partir do saco com 2kg podemos estimar o peso dos alimentos?
  • Podemos usar também a técnica dos braços estendidos?
  • Quais referências de peso podemos usar para nos auxiliar nas estimativas?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Após término da atividade, peça que os grupos apresentem suas listas de compras com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. Registre na lousa a tabela do mesmo modelo do slide 11. Após término da atividade, peça que os grupos preencham com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. O grupo pode encontrar os valores corretos usando a balança caseira. Um grupo também pode explorar mais referências para encontrar as medidas. Podem acrescentar mais peso no saco referência para encontrar medidas mais altas. Pode acontecer deles perceberem, por exemplo, que o arroz pesa muito mais do que 2 kg, mas podem ter dificuldades em dizer um peso mais específico e registrar : ”mais do que 2 kg”, neste caso, aceite, pois as estimativas nesta série ainda são válidas. Se os grupos apresentarem respostas muito aquém, apresente as possíveis resoluções.

Propósito: Socializar as estratégias desenvolvidas pelo grupo.

Discuta com a turma:

  • Quais outros alimentos podemos encontrar as medidas usando a mesma estratégia?
  • Quando ficaram em dúvida, de que maneira vocês chegaram a uma medida?

Material Complementar:

Resolução da Atividade Principal

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Após término da atividade, peça que os grupos apresentem suas listas de compras com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. Registre na lousa a tabela do mesmo modelo do slide 11. Após término da atividade, peça que os grupos preencham com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. O grupo pode encontrar os valores corretos usando a balança caseira. Um grupo também pode explorar mais referências para encontrar as medidas. Podem acrescentar mais peso no saco referência para encontrar medidas mais altas. Pode acontecer deles perceberem, por exemplo, que o arroz pesa muito mais do que 2 kg, mas podem ter dificuldades em dizer um peso mais específico e registrar : ”mais do que 2 kg”, neste caso, aceite, pois as estimativas nesta série ainda são válidas. Se os grupos apresentarem respostas muito aquém, apresente as possíveis resoluções.

Propósito: Socializar as estratégias desenvolvidas pelo grupo.

Discuta com a turma:

  • Quais outros alimentos podemos encontrar as medidas usando a mesma estratégia?
  • Quando ficaram em dúvida, de que maneira vocês chegaram a uma medida?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Após término da atividade, peça que os grupos apresentem suas listas de compras com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. Registre na lousa a tabela do mesmo modelo do slide 11. Após término da atividade, peça que os grupos preencham com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. O grupo pode encontrar os valores corretos usando a balança caseira. Um grupo também pode explorar mais referências para encontrar as medidas. Podem acrescentar mais peso no saco referência para encontrar medidas mais altas. Pode acontecer deles perceberem, por exemplo, que o arroz pesa muito mais do que 2 kg, mas podem ter dificuldades em dizer um peso mais específico e registrar : ”mais do que 2 kg”, neste caso, aceite, pois as estimativas nesta série ainda são válidas. Se os grupos apresentarem respostas muito aquém, apresente as possíveis resoluções.

Propósito: Socializar as estratégias desenvolvidas pelo grupo.

Discuta com a turma:

  • Quais outros alimentos podemos encontrar as medidas usando a mesma estratégia?
  • Quando ficaram em dúvida, de que maneira vocês chegaram a uma medida?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientação: Após término da atividade, peça que os grupos apresentem suas listas de compras com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. Registre na lousa a tabela do mesmo modelo do slide 11. Após término da atividade, peça que os grupos preencham com as medidas de pesos encontradas. Peça que eles expliquem como chegaram as medidas e quais as estratégias que eles usaram. O grupo pode encontrar os valores corretos usando a balança caseira. Um grupo também pode explorar mais referências para encontrar as medidas. Podem acrescentar mais peso no saco referência para encontrar medidas mais altas. Pode acontecer deles perceberem, por exemplo, que o arroz pesa muito mais do que 2 kg, mas podem ter dificuldades em dizer um peso mais específico e registrar : ”mais do que 2 kg”, neste caso, aceite, pois as estimativas nesta série ainda são válidas. Se os grupos apresentarem respostas muito aquém, apresente as possíveis resoluções.

Propósito: Socializar as estratégias desenvolvidas pelo grupo.

Discuta com a turma:

  • Quais outros alimentos podemos encontrar as medidas usando a mesma estratégia?
  • Quando ficaram em dúvida, de que maneira vocês chegaram a uma medida?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos.

Orientação: Finalize a aula retomando a ideia de desenvolver referências utilizando medidas padronizadas para estimar, comparar e pesar. Projete o slide ou registre na lousa o exemplo usado.

Propósito: Destacar os processos dos quais podemos usar para estimar, medir e comparar medidas de massa.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 6 minutos.

Orientação: Para atividade de avaliação, disponibilize uma mochila com 5 cadernos, 2 pares de tênis dos alunos e 3 dicionários. Depois, disponibilize outros materiais, tais como: apagador, caixas de lápis, caixas com lápis de cera, potes com algum material dentro entre outros para que eles possam completar a tabela, escrevendo outros objetos que tenham o mesmo peso. Individualmente, entregue atividade impressa. Informe que eles podem usar a técnica dos braços estendidos. Analise se as comparações e as estimativas são pertinentes. Caso perceba que a turma ainda precisa desenvolver mais estratégias, sugira mais atividades complementares.

Propósito: Avaliar a aprendizagem do aluno.

Materiais complementares para impressão:
Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade Complementar

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Grandezas e Medidas do 2º ano :

Com o plano de aula sobre grandezas e medidas, os alunos aprendem medição e estimativa de medidas de comprimento, capacidade e massa com unidades padronizadas, resolução de problemas com essas medidas, reconhecimento de várias formas de medição do tempo e resolução de problemas com sistema monetário brasileiro.

MAIS AULAS DE Matemática do 2º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF02MA16 da BNCC

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF02MA17 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano