11434
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - As vistas de prismas e pirâmides

Plano de aula de Matemática com atividades para 6º ano do Fundamental sobre Resolver problemas, utilizando a percepção espacial englobando prismas e pirâmides.

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Cristiane de Souza Pereira

ESTE É UM CONTEÚDO PARA O SAEB Ver Mais >
 

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Cristiane de Souza Pereira

Mentor: Renata S. Gonçalves

Especialista de área: Pricilla Mendes Cerqueira

Habilidade da Base Nacional Comum Curricular

EF06MA16 ? Descrição da habilidade: Quantificar e estabelecer relações entre o número de vértices, faces e arestas de prismas e pirâmides, em função do seu polígono da base, para resolver problemas e desenvolver a percepção espacial.

Objetivos específicos: Resolver problemas, utilizando a percepção espacial englobando  prismas e pirâmides.

Conceito-chave: Descrever semelhanças e diferenças existentes entre prismas e pirâmides.

Recursos necessários: Atividade impressa,lápis e régua.

Material de uso coletivo:  Pincel e/ou giz para lousa.  

Indicação de leitura: KALEF, A. M .M R. Vendo e entendendo poliedros. Niterói: Eduff, 1998.


Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou leia o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.


Retomada select-down

Slide Plano Aula

Tempo previsto: 5 minutos.

Orientações: Projete a imagem ou escreva as perguntas na lousa, desenhando também os cubos empilhados. Deixe que os alunos pensem por alguns instantes.

É importante nesse momento retomar os conceitos de vistas e de sólidos geométricos com a turma. Aproveite para rever os conceitos de prismas e pirâmides.

Prismas: São poliedros que apresentam duas bases paralelas e congruentes, com n faces laterais na forma de paralelogramos (sendo n de acordo com o formato da base)

Pirâmides: São poliedros que apresentam uma base, um vértice superior e n faces laterais triangulares (sendo n de acordo com o formato da base).

Dado esse tempo peça aos alunos para que mostrem seus desenhos e compartilhem suas estratégias.

Propósito: Despertar a percepção e o interesse dos alunos.

Discuta com a turma

  • Quem gostaria de compartilhar suas conclusões com a turma?
  • Alguém pensou em algo diferente? Conte-nos como você pensou?
  • Pessoas que ocupam posições diferentes em relação a um mesmo objeto terão vistas iguais?

Materiais complementares:

Retomada

Resolução da Retomada

Atividade principal (slides 4 e 5) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos (slides 4 e 5).

Orientações: Você poderá projetar a atividade na lousa e entregar uma folha com as instruções para cada dupla. Peça aos alunos que tentem primeiro descobrir quais vistas são de um sólido e quais são de outro.

Essa primeira parte pode ser feita coletivamente.

Passada essa parte, peça que pensem sozinhos sobre qual deve ser o formato de cada sólido. Em seguida proponha que conversem entre si, formando duplas ou grupos, incentivando-os a trocar argumentos para suas ideias.

Incentive a turma não só a tentar descobrir os sólidos, como também a justificar suas descobertas, fazendo diversas representações dos sólidos e usando as nomenclaturas corretas para prismas, pirâmides e polígonos das bases. Para isso, mostre o slide 5.

Propósito: Reconhecer prismas e pirâmides através de suas diferentes representações.

Discuta com a turma:

  • Como vocês estão pensando?
  • Quais estratégias utilizaram para resolver o problema?
  • Ao observar um cubo de cima, quantas faces vocês conseguem visualizar? E uma pirâmide?
  • A vista lateral de um prisma é a mesma que de uma pirâmide?
  • Como você identifica que um objeto é um prisma?

Professor, oriente os alunos que existem diferentes vistas e elas dependem da posição do objeto e do observador. A vista lateral de Daniel e Guilherme será a mesma.

Materiais complementares:

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de intervenção

Atividade principal (slides 4 e 5) select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos (slides 4 e 5).

Orientações: Você poderá projetar a atividade na lousa e entregar uma folha com as instruções para cada dupla. Peça aos alunos que tentem primeiro descobrir quais vistas são de um sólido e quais são de outro.

Essa primeira parte pode ser feita coletivamente.

Passada essa parte, peça que pensem sozinhos sobre qual deve ser o formato de cada sólido. Em seguida proponha que conversem entre si, formando duplas ou grupos, incentivando-os a trocar argumentos para suas ideias.

Incentive a turma não só a tentar descobrir os sólidos, como também a justificar suas descobertas, fazendo diversas representações dos sólidos e usando as nomenclaturas corretas para prismas, pirâmides e polígonos das bases.

Propósito: Reconhecer prismas e pirâmides através de suas diferentes representações.

Discuta com a turma:

  • Como vocês estão pensando?
  • Quais estratégias utilizaram para resolver o problema?
  • Ao observar um cubo de cima, quantas faces vocês conseguem visualizar? E uma pirâmide?
  • A vista lateral de um prisma é a mesma que de uma pirâmide?
  • Como você identifica que um objeto é um prisma?

Professor, oriente os alunos que existem diferentes vistas e elas dependem da posição do objeto e do observador. A vista lateral de Daniel e Guilherme será a mesma.

Painel de soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 6 e 7).

Orientações: Convide um aluno para compartilhar com a turma as conclusões encontradas pelo seu grupo. Peça que o aluno utilize o material produzido por eles, sejam desenhos ou texto escrito, recorrendo também à oralidade. Se achar pertinente e a escola tiver o material disponível, leve alguns sólidos para a sala que podem ser usados pelos alunos para mostrar o que estão pensando. A exposição do material propiciará o envolvimento de toda a turma. Além disso, o resultado apresentado de maneira visual poderá ajudar outros alunos na compreensão do processo de resolução.

Peça aos alunos para que justifiquem sempre suas escolhas, utilizando seus conhecimentos sobre prismas e pirâmides de diferentes bases para argumentar.

Propósito: Compartilhar as estratégias utilizadas pelos alunos de modo a ampliar o conhecimento acerca das diferentes representações de sólidos geométricos.

Discuta com a turma:

  • Qual a estratégia vocês utilizaram para identificar as diferentes vistas?
  • Alguém pensou em uma estratégia diferente?
  • Como vocês pensaram? Em quais conclusões chegaram?

Painel de soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 6 e 7).

Orientações: Convide um aluno para compartilhar com a turma as conclusões encontradas pelo seu grupo. Peça que o aluno utilize o material produzido por eles, sejam desenhos ou texto escrito, recorrendo também à oralidade. Se achar pertinente e a escola tiver o material disponível, leve alguns sólidos para a sala que podem ser usados pelos alunos para mostrar o que estão pensando. A exposição do material propiciará o envolvimento de toda a turma. Além disso, o resultado apresentado de maneira visual poderá ajudar outros alunos na compreensão do processo de resolução.

Peça aos alunos para que justifiquem sempre suas escolhas, utilizando seus conhecimentos sobre prismas e pirâmides de diferentes bases para argumentar.

Propósito: Compartilhar as estratégias utilizadas pelos alunos de modo a ampliar o conhecimento acerca das diferentes representações de sólidos geométricos.

Discuta com a turma:

  • Qual a estratégia vocês utilizaram para identificar as diferentes vistas?
  • Alguém pensou em uma estratégia diferente?
  • Como vocês pensaram? Em quais conclusões chegaram?

Encerramento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Peça aos alunos que registrem em seus cadernos o aprendizado adquirido nesta aula, pontuando facilidades e dificuldades encontradas. Circule pela sala para acompanhar estes registros e caso julgue necessário, realize uma sistematização na lousa. Encerre a atividade retomando com os estudantes as diferenças e semelhanças entre prismas e pirâmides.

Propóstito: Sistematizar a aprendizagem da aula.

Discuta com a turma:

  • Quais as principais diferenças existentes entre prismas e pirâmides?
  • Essas diferenças são observadas através das diferentes vistas? O que podemos observar através das vistas laterais destes poliedros? E da vista superior?

Raio X select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem. Circule para verificar como os alunos estão realizando a atividade . O raio x é um momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram avançar no conteúdo proposto, então procure identificar as justificativas de cada um. No final, reserve um tempo para um debate coletivo registrando as justificativas na lousa.

Propósito: Verificar se os alunos conseguem resolver problemas envolvendo os elementos de um prisma.

Materiais complementares:

Raio X

Resolução do raio x

Atividade complementar

Resolução da atividade complementar

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou leia o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.



Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autor: Cristiane de Souza Pereira

Mentor: Renata S. Gonçalves

Especialista de área: Pricilla Mendes Cerqueira

Habilidade da Base Nacional Comum Curricular

EF06MA16 ? Descrição da habilidade: Quantificar e estabelecer relações entre o número de vértices, faces e arestas de prismas e pirâmides, em função do seu polígono da base, para resolver problemas e desenvolver a percepção espacial.

Objetivos específicos: Resolver problemas, utilizando a percepção espacial englobando  prismas e pirâmides.

Conceito-chave: Descrever semelhanças e diferenças existentes entre prismas e pirâmides.

Recursos necessários: Atividade impressa,lápis e régua.

Material de uso coletivo:  Pincel e/ou giz para lousa.  

Indicação de leitura: KALEF, A. M .M R. Vendo e entendendo poliedros. Niterói: Eduff, 1998.

Slide Plano Aula

Tempo previsto: 5 minutos.

Orientações: Projete a imagem ou escreva as perguntas na lousa, desenhando também os cubos empilhados. Deixe que os alunos pensem por alguns instantes.

É importante nesse momento retomar os conceitos de vistas e de sólidos geométricos com a turma. Aproveite para rever os conceitos de prismas e pirâmides.

Prismas: São poliedros que apresentam duas bases paralelas e congruentes, com n faces laterais na forma de paralelogramos (sendo n de acordo com o formato da base)

Pirâmides: São poliedros que apresentam uma base, um vértice superior e n faces laterais triangulares (sendo n de acordo com o formato da base).

Dado esse tempo peça aos alunos para que mostrem seus desenhos e compartilhem suas estratégias.

Propósito: Despertar a percepção e o interesse dos alunos.

Discuta com a turma

  • Quem gostaria de compartilhar suas conclusões com a turma?
  • Alguém pensou em algo diferente? Conte-nos como você pensou?
  • Pessoas que ocupam posições diferentes em relação a um mesmo objeto terão vistas iguais?

Materiais complementares:

Retomada

Resolução da Retomada

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos (slides 4 e 5).

Orientações: Você poderá projetar a atividade na lousa e entregar uma folha com as instruções para cada dupla. Peça aos alunos que tentem primeiro descobrir quais vistas são de um sólido e quais são de outro.

Essa primeira parte pode ser feita coletivamente.

Passada essa parte, peça que pensem sozinhos sobre qual deve ser o formato de cada sólido. Em seguida proponha que conversem entre si, formando duplas ou grupos, incentivando-os a trocar argumentos para suas ideias.

Incentive a turma não só a tentar descobrir os sólidos, como também a justificar suas descobertas, fazendo diversas representações dos sólidos e usando as nomenclaturas corretas para prismas, pirâmides e polígonos das bases. Para isso, mostre o slide 5.

Propósito: Reconhecer prismas e pirâmides através de suas diferentes representações.

Discuta com a turma:

  • Como vocês estão pensando?
  • Quais estratégias utilizaram para resolver o problema?
  • Ao observar um cubo de cima, quantas faces vocês conseguem visualizar? E uma pirâmide?
  • A vista lateral de um prisma é a mesma que de uma pirâmide?
  • Como você identifica que um objeto é um prisma?

Professor, oriente os alunos que existem diferentes vistas e elas dependem da posição do objeto e do observador. A vista lateral de Daniel e Guilherme será a mesma.

Materiais complementares:

Atividade Principal

Resolução da Atividade Principal

Guia de intervenção

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos (slides 4 e 5).

Orientações: Você poderá projetar a atividade na lousa e entregar uma folha com as instruções para cada dupla. Peça aos alunos que tentem primeiro descobrir quais vistas são de um sólido e quais são de outro.

Essa primeira parte pode ser feita coletivamente.

Passada essa parte, peça que pensem sozinhos sobre qual deve ser o formato de cada sólido. Em seguida proponha que conversem entre si, formando duplas ou grupos, incentivando-os a trocar argumentos para suas ideias.

Incentive a turma não só a tentar descobrir os sólidos, como também a justificar suas descobertas, fazendo diversas representações dos sólidos e usando as nomenclaturas corretas para prismas, pirâmides e polígonos das bases.

Propósito: Reconhecer prismas e pirâmides através de suas diferentes representações.

Discuta com a turma:

  • Como vocês estão pensando?
  • Quais estratégias utilizaram para resolver o problema?
  • Ao observar um cubo de cima, quantas faces vocês conseguem visualizar? E uma pirâmide?
  • A vista lateral de um prisma é a mesma que de uma pirâmide?
  • Como você identifica que um objeto é um prisma?

Professor, oriente os alunos que existem diferentes vistas e elas dependem da posição do objeto e do observador. A vista lateral de Daniel e Guilherme será a mesma.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 6 e 7).

Orientações: Convide um aluno para compartilhar com a turma as conclusões encontradas pelo seu grupo. Peça que o aluno utilize o material produzido por eles, sejam desenhos ou texto escrito, recorrendo também à oralidade. Se achar pertinente e a escola tiver o material disponível, leve alguns sólidos para a sala que podem ser usados pelos alunos para mostrar o que estão pensando. A exposição do material propiciará o envolvimento de toda a turma. Além disso, o resultado apresentado de maneira visual poderá ajudar outros alunos na compreensão do processo de resolução.

Peça aos alunos para que justifiquem sempre suas escolhas, utilizando seus conhecimentos sobre prismas e pirâmides de diferentes bases para argumentar.

Propósito: Compartilhar as estratégias utilizadas pelos alunos de modo a ampliar o conhecimento acerca das diferentes representações de sólidos geométricos.

Discuta com a turma:

  • Qual a estratégia vocês utilizaram para identificar as diferentes vistas?
  • Alguém pensou em uma estratégia diferente?
  • Como vocês pensaram? Em quais conclusões chegaram?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 6 e 7).

Orientações: Convide um aluno para compartilhar com a turma as conclusões encontradas pelo seu grupo. Peça que o aluno utilize o material produzido por eles, sejam desenhos ou texto escrito, recorrendo também à oralidade. Se achar pertinente e a escola tiver o material disponível, leve alguns sólidos para a sala que podem ser usados pelos alunos para mostrar o que estão pensando. A exposição do material propiciará o envolvimento de toda a turma. Além disso, o resultado apresentado de maneira visual poderá ajudar outros alunos na compreensão do processo de resolução.

Peça aos alunos para que justifiquem sempre suas escolhas, utilizando seus conhecimentos sobre prismas e pirâmides de diferentes bases para argumentar.

Propósito: Compartilhar as estratégias utilizadas pelos alunos de modo a ampliar o conhecimento acerca das diferentes representações de sólidos geométricos.

Discuta com a turma:

  • Qual a estratégia vocês utilizaram para identificar as diferentes vistas?
  • Alguém pensou em uma estratégia diferente?
  • Como vocês pensaram? Em quais conclusões chegaram?
Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientações: Peça aos alunos que registrem em seus cadernos o aprendizado adquirido nesta aula, pontuando facilidades e dificuldades encontradas. Circule pela sala para acompanhar estes registros e caso julgue necessário, realize uma sistematização na lousa. Encerre a atividade retomando com os estudantes as diferenças e semelhanças entre prismas e pirâmides.

Propóstito: Sistematizar a aprendizagem da aula.

Discuta com a turma:

  • Quais as principais diferenças existentes entre prismas e pirâmides?
  • Essas diferenças são observadas através das diferentes vistas? O que podemos observar através das vistas laterais destes poliedros? E da vista superior?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos.

Orientações: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem. Circule para verificar como os alunos estão realizando a atividade . O raio x é um momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram avançar no conteúdo proposto, então procure identificar as justificativas de cada um. No final, reserve um tempo para um debate coletivo registrando as justificativas na lousa.

Propósito: Verificar se os alunos conseguem resolver problemas envolvendo os elementos de um prisma.

Materiais complementares:

Raio X

Resolução do raio x

Atividade complementar

Resolução da atividade complementar

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Geometria do 6º ano :

Com o plano de aula sobre geometria os alunos aprendem a associar os vértices de um polígono a pares ordenados no plano cartesiano; identificar e utilizar as propriedades de faces, vértices e arestas de prismas e pirâmides; classificar polígonos quanto ao número de vértices, às medidas de lados e ângulos e ao paralelismo e perpendicularismo dos lados; construir figuras semelhantes por ampliação e redução; construir retas paralelas e perpendiculares, descrever rotações e translações de formas planas.

MAIS AULAS DE Matemática do 6º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF06MA17 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano