11173
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para  

Plano de aula > Matemática > 9º ano > Grandezas e Medidas

Plano de aula - Múltiplos do Byte e Comparação de Medidas

Plano de aula de Matemática com atividades para o 9º ano do Fundamental sobre converter e comparar unidades de medidas da informática.

Plano 03 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Fábio Leandro Cruzado

ESTE É UM CONTEÚDO PARA O SAEB Ver Mais >
 

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Múltiplos do Byte e Comparação de Medidas

Autor: Fábio Leandro Cruzado

Mentor: Emiliano Augusto Chagas

Especialista de área: Fernando Barnabé



Habilidade da BNCC

(EF09MA17) - Reconhecer e empregar unidades usadas para expressar medidas muito grandes ou muito pequenas, tais como distância entre planetas e sistemas solares, tamanho de vírus ou de células, capacidade de armazenamento de computadores, entre outros.

Objetivos específicos

Converter e comparar unidades de medidas da informática.

Conceito-chave

Múltiplos do byte.

Conhecimentos que a turma deve dominar

- Efetuar cálculos básicos de multiplicação e/ou divisão.

- Ler e interpretar tabelas.

- Efetuar cálculos envolvendo potência de mesma base.

- Comparar números (conceito de maior ou menor que).

Recursos necessários

- Atividades impressas em folha


Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou escreva o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula, criando uma boa expectativa em relação ao que irão aprender durante a aula.

Aquecimento select-down

Slide Plano Aula

Tempo previsto: 5 minutos.

Orientações: Prepare as atividades (principal, raio X e complementares) antes da aula. Se possível, traga essas atividades impressas para os alunos, ou projete-as na lousa! Retome com seus alunos o conceito de razão e comparação na Matemática (isso será muito importante nessa aula). Retome também, as regras de conversões deduzidas na aula anterior. Peça que os alunos formem duplas e entregue a Atividade Principal para eles, caso você possa imprimi-las.

Propósito: Realizar, através de questões direcionadas, um levantamento dos conhecimentos prévios que os alunos possuem sobre o tema e, motivá-los para um novo aprendizado.

Discuta com a turma:

  • Quais são as unidades de medidas de comprimento?
  • Para medir o comprimento do caderno, o que é mais adequado, medirmos em centímetro ou em metro?
  • Para medir o comprimento da sala, o que é mais adequado, medirmos em centímetros ou em metros?
  • Onde são armazenados os arquivos em um computador?
  • Como são armazenados?
  • Quais as unidades que um computador utiliza para armazenar informações?
  • Essas unidades possuem múltiplos? Quais são?

Atividade Principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 17 minutos.

Orientações: Solicitar que um aluno faça a leitura da situação problema para a sala. Solicitar que grifem/destaquem as palavras chaves do enunciado e tentem resolver o problema em duplas. Após isso, peça que comparem suas soluções com as de outros colega. Escolha três alunos/duplas para socializar suas respostas com toda a classe.

Utilize o guia de intervenção para discutir com os alunos as formas e possibilidades para resolver os itens dessa atividade.

Propósito: Fazer com que os alunos reconheçam os múltiplos do byte e aprendam a fazer algumas conversões.

Materiais complementares:

Atividade principal

Resolução da atividade

Guia de intervenção

Painel de soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: Depois que os alunos compartilharem as estratégias deles, passe para esta série de slides (slides 5 e 6). Aqui, é apresentado toda a lógica envolvida na resolução desta atividade. Retome com ele o porque da equivalência entre 1 caracter e 1 byte e, portanto, o espaço utilizado por um texto de x caracteres, terá x bytes. Outro fator importante apresentado nesse slide é que o aluno precisa compreender a necessidade de somar os espaços utilizados pelos dois arquivos a serem gravados. Essa medida (soma dos dois arquivos) será utilizada no desfecho final da resolução do problema. Ainda nessa passagem, não utilizaremos conversões entre as medidas apresentadas, apenas, está sendo utilizado a equivalência entre caracter e byte e a soma de duas medidas oriundas de dois arquivos.

Propósito: Fazer conversões e comparações entre medidas de arquivos.

Discuta com a turma:

  • Como podemos comparar medidas na Matemática?
  • Como podemos somar duas medidas na Matemática? É possível somar centímetro com metro, sem convertê-los para uma mesma unidade de medida? Esse conceito é válido para unidades de medidas da informática? É necessário realizar conversões para fazermos somas de medidas e/ou comparações entre medidas?
  • Como o computador compreende os caracteres digitados em um texto? (Retome, se necessário, a tabela ASCII utilizada na primeira atividade).

Painel de soluções select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Realizado a soma das medidas dos arquivos a serem gravados e, entendido que deve ser feito uma comparação entre a soma das medidas dos arquivos e o espaço livre no pendrive, o aluno precisa compreender como fazer essa comparação. Primeiramente, retome com seus alunos que as comparações entre medidas (em qualquer contexto) na matemática, só podem ocorrer desde que estejam na mesma unidade. Dê exemplos de comparações equivocadas, por exemplo, “1000 cm/10 m = 100 ?”. Entendido que a unidade da medida é crucial, passamos para a escolha da melhor unidade para fazermos essa comparação. Os alunos poderão escolher unidades diferentes da apresentada nessa resolução. Peça para os alunos terem atenção redobrada, pois estarão realizando cálculos com números muito grandes. Retome as regras de conversões deduzidas (por eles) na aula anterior. Se necessário, peça para eles utilizarem calculadoras. Utilize o guia de intervenções.

Propósito: Fazer conversões e comparações entre medidas de arquivos.

Discuta com a turma:

  • Como podemos comparar medidas na Matemática?
  • Como podemos somar duas medidas na Matemática? É possível somar centímetro com metro, sem convertê-los para uma mesma unidade de medida? Esse conceito é válido para unidades de medidas da informática? É necessário realizar conversões para fazermos somas de medidas e/ou comparações entre medidas?
  • Como o computador compreende os caracteres digitados em um texto? (Retome, se necessário, a tabela ASCII utilizada na primeira atividade).

Encerramento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Encerre a atividade retomando com os estudantes a relação para realizar conversão entre os múltiplos do byte. Mobilize-os para resolver a Atividade Raio X.

Raio X select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 8 e 9)

Orientações: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem. Comente com os alunos que eles podem utilizar calculadora, principalmente nos cálculos envolvendo divisão. Permeando entre os alunos, verifique se todos estão realizando a atividade. Essa atividade é o momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram realizar a conversão de entre os medidas da informática com a finalidade de compará-las posteriormente. Esse é um excelente momento para você (professor) registrar informações importantes referente ao conhecimento que os alunos têm sobre múltiplos de um número, se eles reconhecem a importância de utilizar uma mesma unidade para comparar medidas, ou seja, se eles aplicam adequadamente o conceito de razão para comparar duas medidas/grandezas. Procure anotar as dificuldades observadas, realizar as devidas intervenções, fazendo análises de erros e retomadas conceituais e de conteúdos se necessário. Se possível, no final reserve um tempo para um debate coletivo registrando algumas soluções na lousa. Retome as regras de conversões entre medidas da informática (deduzidas por eles mesmos na aula anterior).

Utilize as Atividades Complementares para abordar outras atividades sobre este assunto!

Propósito: Verificar se os alunos realizam conversões e comparações entre medidas da informática.

Raio X select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 8 e 9)

Orientações: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem. Comente com os alunos que eles podem utilizar calculadora, principalmente nos cálculos envolvendo divisão. Permeando entre os alunos, verifique se todos estão realizando a atividade. Essa atividade é o momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram realizar a conversão de entre os medidas da informática com a finalidade de compará-las posteriormente. Esse é um excelente momento para você (professor) registrar informações importantes referente ao conhecimento que os alunos têm sobre múltiplos de um número, se eles reconhecem a importância de utilizar uma mesma unidade para comparar medidas, ou seja, se eles aplicam adequadamente o conceito de razão para comparar duas medidas/grandezas. Procure anotar as dificuldades observadas, realizar as devidas intervenções, fazendo análises de erros e retomadas conceituais e de conteúdos se necessário. Se possível, no final reserve um tempo para um debate coletivo registrando algumas soluções na lousa. Retome as regras de conversões entre medidas da informática (deduzidas por eles mesmos na aula anterior).

Utilize as Atividades Complementares para abordar outras atividades sobre este assunto!

Propósito: Verificar se os alunos realizam conversões e comparações entre medidas da informática.

Materiais complementares:

Raio X para impressão

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade complementar

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou escreva o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula, criando uma boa expectativa em relação ao que irão aprender durante a aula.


Múltiplos do Byte e Comparação de Medidas

Autor: Fábio Leandro Cruzado

Mentor: Emiliano Augusto Chagas

Especialista de área: Fernando Barnabé



Habilidade da BNCC

(EF09MA17) - Reconhecer e empregar unidades usadas para expressar medidas muito grandes ou muito pequenas, tais como distância entre planetas e sistemas solares, tamanho de vírus ou de células, capacidade de armazenamento de computadores, entre outros.

Objetivos específicos

Converter e comparar unidades de medidas da informática.

Conceito-chave

Múltiplos do byte.

Conhecimentos que a turma deve dominar

- Efetuar cálculos básicos de multiplicação e/ou divisão.

- Ler e interpretar tabelas.

- Efetuar cálculos envolvendo potência de mesma base.

- Comparar números (conceito de maior ou menor que).

Recursos necessários

- Atividades impressas em folha

Slide Plano Aula

Tempo previsto: 5 minutos.

Orientações: Prepare as atividades (principal, raio X e complementares) antes da aula. Se possível, traga essas atividades impressas para os alunos, ou projete-as na lousa! Retome com seus alunos o conceito de razão e comparação na Matemática (isso será muito importante nessa aula). Retome também, as regras de conversões deduzidas na aula anterior. Peça que os alunos formem duplas e entregue a Atividade Principal para eles, caso você possa imprimi-las.

Propósito: Realizar, através de questões direcionadas, um levantamento dos conhecimentos prévios que os alunos possuem sobre o tema e, motivá-los para um novo aprendizado.

Discuta com a turma:

  • Quais são as unidades de medidas de comprimento?
  • Para medir o comprimento do caderno, o que é mais adequado, medirmos em centímetro ou em metro?
  • Para medir o comprimento da sala, o que é mais adequado, medirmos em centímetros ou em metros?
  • Onde são armazenados os arquivos em um computador?
  • Como são armazenados?
  • Quais as unidades que um computador utiliza para armazenar informações?
  • Essas unidades possuem múltiplos? Quais são?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 17 minutos.

Orientações: Solicitar que um aluno faça a leitura da situação problema para a sala. Solicitar que grifem/destaquem as palavras chaves do enunciado e tentem resolver o problema em duplas. Após isso, peça que comparem suas soluções com as de outros colega. Escolha três alunos/duplas para socializar suas respostas com toda a classe.

Utilize o guia de intervenção para discutir com os alunos as formas e possibilidades para resolver os itens dessa atividade.

Propósito: Fazer com que os alunos reconheçam os múltiplos do byte e aprendam a fazer algumas conversões.

Materiais complementares:

Atividade principal

Resolução da atividade

Guia de intervenção

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 7 minutos

Orientações: Depois que os alunos compartilharem as estratégias deles, passe para esta série de slides (slides 5 e 6). Aqui, é apresentado toda a lógica envolvida na resolução desta atividade. Retome com ele o porque da equivalência entre 1 caracter e 1 byte e, portanto, o espaço utilizado por um texto de x caracteres, terá x bytes. Outro fator importante apresentado nesse slide é que o aluno precisa compreender a necessidade de somar os espaços utilizados pelos dois arquivos a serem gravados. Essa medida (soma dos dois arquivos) será utilizada no desfecho final da resolução do problema. Ainda nessa passagem, não utilizaremos conversões entre as medidas apresentadas, apenas, está sendo utilizado a equivalência entre caracter e byte e a soma de duas medidas oriundas de dois arquivos.

Propósito: Fazer conversões e comparações entre medidas de arquivos.

Discuta com a turma:

  • Como podemos comparar medidas na Matemática?
  • Como podemos somar duas medidas na Matemática? É possível somar centímetro com metro, sem convertê-los para uma mesma unidade de medida? Esse conceito é válido para unidades de medidas da informática? É necessário realizar conversões para fazermos somas de medidas e/ou comparações entre medidas?
  • Como o computador compreende os caracteres digitados em um texto? (Retome, se necessário, a tabela ASCII utilizada na primeira atividade).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 8 minutos

Orientações: Realizado a soma das medidas dos arquivos a serem gravados e, entendido que deve ser feito uma comparação entre a soma das medidas dos arquivos e o espaço livre no pendrive, o aluno precisa compreender como fazer essa comparação. Primeiramente, retome com seus alunos que as comparações entre medidas (em qualquer contexto) na matemática, só podem ocorrer desde que estejam na mesma unidade. Dê exemplos de comparações equivocadas, por exemplo, “1000 cm/10 m = 100 ?”. Entendido que a unidade da medida é crucial, passamos para a escolha da melhor unidade para fazermos essa comparação. Os alunos poderão escolher unidades diferentes da apresentada nessa resolução. Peça para os alunos terem atenção redobrada, pois estarão realizando cálculos com números muito grandes. Retome as regras de conversões deduzidas (por eles) na aula anterior. Se necessário, peça para eles utilizarem calculadoras. Utilize o guia de intervenções.

Propósito: Fazer conversões e comparações entre medidas de arquivos.

Discuta com a turma:

  • Como podemos comparar medidas na Matemática?
  • Como podemos somar duas medidas na Matemática? É possível somar centímetro com metro, sem convertê-los para uma mesma unidade de medida? Esse conceito é válido para unidades de medidas da informática? É necessário realizar conversões para fazermos somas de medidas e/ou comparações entre medidas?
  • Como o computador compreende os caracteres digitados em um texto? (Retome, se necessário, a tabela ASCII utilizada na primeira atividade).

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientações: Encerre a atividade retomando com os estudantes a relação para realizar conversão entre os múltiplos do byte. Mobilize-os para resolver a Atividade Raio X.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 8 e 9)

Orientações: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem. Comente com os alunos que eles podem utilizar calculadora, principalmente nos cálculos envolvendo divisão. Permeando entre os alunos, verifique se todos estão realizando a atividade. Essa atividade é o momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram realizar a conversão de entre os medidas da informática com a finalidade de compará-las posteriormente. Esse é um excelente momento para você (professor) registrar informações importantes referente ao conhecimento que os alunos têm sobre múltiplos de um número, se eles reconhecem a importância de utilizar uma mesma unidade para comparar medidas, ou seja, se eles aplicam adequadamente o conceito de razão para comparar duas medidas/grandezas. Procure anotar as dificuldades observadas, realizar as devidas intervenções, fazendo análises de erros e retomadas conceituais e de conteúdos se necessário. Se possível, no final reserve um tempo para um debate coletivo registrando algumas soluções na lousa. Retome as regras de conversões entre medidas da informática (deduzidas por eles mesmos na aula anterior).

Utilize as Atividades Complementares para abordar outras atividades sobre este assunto!

Propósito: Verificar se os alunos realizam conversões e comparações entre medidas da informática.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos (slides 8 e 9)

Orientações: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem. Comente com os alunos que eles podem utilizar calculadora, principalmente nos cálculos envolvendo divisão. Permeando entre os alunos, verifique se todos estão realizando a atividade. Essa atividade é o momento para você avaliar se todos os estudantes conseguiram realizar a conversão de entre os medidas da informática com a finalidade de compará-las posteriormente. Esse é um excelente momento para você (professor) registrar informações importantes referente ao conhecimento que os alunos têm sobre múltiplos de um número, se eles reconhecem a importância de utilizar uma mesma unidade para comparar medidas, ou seja, se eles aplicam adequadamente o conceito de razão para comparar duas medidas/grandezas. Procure anotar as dificuldades observadas, realizar as devidas intervenções, fazendo análises de erros e retomadas conceituais e de conteúdos se necessário. Se possível, no final reserve um tempo para um debate coletivo registrando algumas soluções na lousa. Retome as regras de conversões entre medidas da informática (deduzidas por eles mesmos na aula anterior).

Utilize as Atividades Complementares para abordar outras atividades sobre este assunto!

Propósito: Verificar se os alunos realizam conversões e comparações entre medidas da informática.

Materiais complementares:

Raio X para impressão

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade complementar

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Grandezas e Medidas do 9º ano :

Com o plano de aula sobre grandezas e medidas os alunos aprendem unidades de medida da informática, resolução de problemas com medidas de volume (prismas e cilindros retos; uso de expressões de cálculo ou fórmulas).

MAIS AULAS DE Matemática do 9º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF09MA18 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano