9546
Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Plano de aula - Explorando os múltiplos

Plano de aula de matemática com atividades para 4 do Fundamental sobre Identificar padrões e regularidades em uma sequência numérica dada, e continuar a sequência de acordo com o padrão fornecido e usar os conhecimentos aprendidos sobre sequências

Plano 02 de 5 • Clique aqui e veja todas as aulas desta sequência

Plano de aula alinhado à BNCC • POR: Márcia Regina Kaminski,

 

Objetivo select-down

Slide Plano Aula

Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autora: Márcia Regina Kaminski

Mentora: Carla Simone de Albuquerque

Revisora Pedagógica: Eliane Zanin

Especialista de área: Sandra Regina Correa Amorim



Habilidade da BNCC

(EF04MA11)  Identificar regularidades em sequências numéricas compostas por múltiplos de um número natural.



Objetivos específicos

  • Identificar padrões e regularidades em uma sequência numérica dada, e continuar a sequência de acordo com o padrão fornecido.
  • Usar os conhecimentos aprendidos sobre sequências numéricas para resolver situações- problema.

Conceito-chave

Sequência numérica recursiva formada por múltiplos de um número natural.

Recursos necessários

  • Folha de papel A4 branca;
  • Atividades impressas em folhas, coladas no caderno ou não;
  • Datashow ( opcional ).




Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou leia o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.

Retomada select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos. (slides 3 e 4)

Orientações: Lembre, através da discussão oral e coletiva com a turma, que sequências podem ser formadas por diferentes elementos (figuras, letras, símbolos, formas, números, etc). Estes elementos precisam estar organizados de acordo com um critério de formação que obedece a um padrão e regularidade predefinida. Mostre o slide e os exemplos de sequências que foram apresentados e peça que os alunos descrevam oralmente qual o critério de formação em cada um dos exemplos. Depois ajude os alunos a refletirem se já viram algum tipo de sequência em alguma situação cotidiana ou em alguma brincadeira.

Propósito: Retomar a ideia de sequência, identificando padrões e regularidades em sequências pictóricas e numéricas.

Discuta com a turma:

Sobre cada uma das sequências exemplificadas:

  • Esta sequência é formada por quais tipos de elementos? Desenhos, formas, letras, números?
  • Qual é a regra de formação aqui? Como podemos ter certeza disso? Como você pode definir e ter certeza sobre essa regra?
  • Será que o jogo da amarelinha é um tipo de sequência?
  • E as cartas de um baralho?
  • Será que existem sequências na natureza?

Retomada select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos. (slides 3 e 4)

Orientações: Lembre, através da discussão oral e coletiva com a turma, que sequências podem ser formadas por diferentes elementos (figuras, letras, símbolos, formas, números, etc). Estes elementos precisam estar organizados de acordo com um critério de formação que obedece a um padrão e regularidade predefinida. Mostre o slide e os exemplos de sequências que foram apresentados e peça que os alunos descrevam oralmente qual o critério de formação em cada um dos exemplos. Depois ajude os alunos a refletirem se já viram algum tipo de sequência em alguma situação cotidiana ou em alguma brincadeira.

Propósito: Retomar a ideia de sequência, identificando padrões e regularidades em sequências pictóricas e numéricas.

Atividade Principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. (slides 5, 6 e 7)

Orientação: Questione os alunos sobre ECOLOCALIZAÇÃO. Se já ouviram falar e o que sabem sobre isso. Após ouvir os comentários, leia o pequeno texto para introduzir o conceito de ecolocalização. Leia o problema com os alunos. Discuta com eles o que os números podem representar. Ajude-os a perceberem, através de questionamentos e da observação do “s” inserido após cada número, que se trata da indicação do tempo que as ondas sonoras estão levando para percorrer o mar. Explique que as linhas são apenas uma representação simples da propagação das ondas sonoras. Peça que se organizem em equipes de dois ou três alunos, e proponha que respondam às questões. Deixe que os grupos leiam as questões e tentem responder. Oriente que façam registros de todas as formas que utilizarem para resolver para posterior discussão com a turma.
Propósito: Aplicar os conhecimentos adquiridos sobre sequências numéricas para identificar padrões e regularidades e resolver situações- problema.

Discuta com a turma:

  • Como será que isso funciona?
  • Como podemos saber o que esses números representam?
  • O que poderia ser? (Podem surgir diferentes respostas: distância, velocidade etc.) Chame a atenção dos alunos para o “s” inserido após cada número e questione: O que indica esta letra? Seria uma unidade de medida? Qual unidade de medida pode ser representada pela letra “s”? Segundos podem ser representados assim? E segundos são utilizados como unidades de medidas de que? Através destes questionamentos ajude-os a concluir que se trata de uma medida de tempo.
  • O que podemos observar em relação ao tempo de propagação do som?
  • Podemos dizer que é uma sequência? Qual a regra para formação dela neste caso?
  • Como ficaria a sequência completa de ida do som e retorno do eco?

Materiais complementares:

Atividade Principal

Guia de intervenção

Atividade Principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. (slides 5, 6 e 7)

Orientação: Questione os alunos sobre ECOLOCALIZAÇÃO. Se já ouviram falar e o que sabem sobre isso. Após ouvir os comentários, leia o pequeno texto para introduzir o conceito de ecolocalização. Leia o problema com os alunos. Discuta com eles o que os números podem representar. Ajude-os a perceberem, através de questionamentos e da observação do “s” inserido após cada número, que se trata da indicação do tempo que as ondas sonoras estão levando para percorrer o mar. Explique que as linhas são apenas uma representação simples da propagação das ondas sonoras. Peça que se organizem em equipes de dois ou três alunos, e proponha que respondam às questões. Deixe que os grupos leiam as questões e tentem responder. Oriente que façam registros de todas as formas que utilizarem para resolver para posterior discussão com a turma.
Propósito: Aplicar os conhecimentos adquiridos sobre sequências numéricas para identificar padrões e regularidades e resolver situações- problema.

Discuta com a turma:

  • Como será que isso funciona?
  • Como podemos saber o que esses números representam?
  • O que poderia ser? (Podem surgir diferentes respostas: distância, velocidade etc.) Chame a atenção dos alunos para o “s” inserido após cada número e questione: O que indica esta letra? Seria uma unidade de medida? Qual unidade de medida pode ser representada pela letra “s”? Segundos podem ser representados assim? E segundos são utilizados como unidades de medidas de que? Através destes questionamentos ajude-os a concluir que se trata de uma medida de tempo.
  • O que podemos observar em relação ao tempo de propagação do som?
  • Podemos dizer que é uma sequência? Qual a regra para formação dela neste caso?
  • Como ficaria a sequência completa de ida do som e retorno do eco?

Atividade Principal select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. (slides 5, 6 e 7)

Orientação: Questione os alunos sobre ECOLOCALIZAÇÃO. Se já ouviram falar e o que sabem sobre isso. Após ouvir os comentários, leia o pequeno texto para introduzir o conceito de ecolocalização. Leia o problema com os alunos. Discuta com eles o que os números podem representar. Ajude-os a perceberem, através de questionamentos e da observação do “s” inserido após cada número, que se trata da indicação do tempo que as ondas sonoras estão levando para percorrer o mar. Explique que as linhas são apenas uma representação simples da propagação das ondas sonoras. Peça que se organizem em equipes de dois ou três alunos, e proponha que respondam às questões. Deixe que os grupos leiam as questões e tentem responder. Oriente que façam registros de todas as formas que utilizarem para resolver para posterior discussão com a turma.
Propósito: Aplicar os conhecimentos adquiridos sobre sequências numéricas para identificar padrões e regularidades e resolver situações- problema.

Discuta com a turma:

  • Como será que isso funciona?
  • Como podemos saber o que esses números representam?
  • O que poderia ser? (Podem surgir diferentes respostas: distância, velocidade etc.) Chame a atenção dos alunos para o “s” inserido após cada número e questione: O que indica esta letra? Seria uma unidade de medida? Qual unidade de medida pode ser representada pela letra “s”? Segundos podem ser representados assim? E segundos são utilizados como unidades de medidas de que? Através destes questionamentos ajude-os a concluir que se trata de uma medida de tempo.
  • O que podemos observar em relação ao tempo de propagação do som?
  • Podemos dizer que é uma sequência? Qual a regra para formação dela neste caso?
  • Como ficaria a sequência completa de ida do som e retorno do eco?

Discussão da solução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos. (slides 8 a 11)

Orientação: Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se seria possível saber o tempo e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Ajude os alunos a perceberem a presença de uma sequência numérica na situação. Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se o tempo de ida e de volta são ou não iguais e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Depois de chegarem à conclusão que o tempo é igual, questione-os como podemos saber qual é o tempo que o eco levará para chegar até o golfinho: Fizeram cálculos? Fizeram esquemas? Anote os diferentes tipos de soluções em um outro espaço na lousa.

Propósito: Discutir as possíveis formas de solução encontradas pela turma.

Discuta com a turma:

  • Dá pra saber qual é o tempo? Como vocês pensaram?
  • Vamos anotar as formas como vocês pensaram?
  • Aparece alguma sequência numérica em alguma destas soluções? Qual é a regra de formação dela?
  • Os números obtidos nesta sequência podem ser encontrados em alguma tabuada de multiplicação?
  • De quantas maneiras diferentes podemos resolver isso?
  • Se usamos operações diferentes para resolver, o resultado foi o mesmo? Por que será?
  • Se fizermos 2 X 30 ou 30 X 2, o resultado será diferente? Por quê?
  • Podemos resolver usando a ideia de sequência numérica? Como?
  • Agora temos alguma outra sequência numérica presente em alguma das soluções? Qual a regra para a formação dela?

Material Complementar:

Resolução da Atividade Principal

Discussão da solução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos. (slides 8 a 11)

Orientação: Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se seria possível saber o tempo e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Ajude os alunos a perceberem a presença de uma sequência numérica na situação. Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se o tempo de ida e de volta são ou não iguais e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Depois de chegarem à conclusão que o tempo é igual, questione-os como podemos saber qual é o tempo que o eco levará para chegar até o golfinho: Fizeram cálculos? Fizeram esquemas? Anote os diferentes tipos de soluções em um outro espaço na lousa.

Propósito: Discutir as possíveis formas de solução encontradas pela turma.

Discuta com a turma:

  • Dá pra saber qual é o tempo? Como vocês pensaram?
  • Vamos anotar as formas como vocês pensaram?
  • Aparece alguma sequência numérica em alguma destas soluções? Qual é a regra de formação dela?
  • Os números obtidos nesta sequência podem ser encontrados em alguma tabuada de multiplicação?
  • De quantas maneiras diferentes podemos resolver isso?
  • Se usamos operações diferentes para resolver, o resultado foi o mesmo? Por que será?
  • Se fizermos 2 X 30 ou 30 X 2, o resultado será diferente? Por quê?
  • Podemos resolver usando a ideia de sequência numérica? Como?
  • Agora temos alguma outra sequência numérica presente em alguma das soluções? Qual a regra para a formação dela?

Discussão da solução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos. (slides 8 a 11)

Orientação: Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se seria possível saber o tempo e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Ajude os alunos a perceberem a presença de uma sequência numérica na situação. Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se o tempo de ida e de volta são ou não iguais e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Depois de chegarem à conclusão que o tempo é igual, questione-os como podemos saber qual é o tempo que o eco levará para chegar até o golfinho: Fizeram cálculos? Fizeram esquemas? Anote os diferentes tipos de soluções em um outro espaço na lousa.

Propósito: Discutir as possíveis formas de solução encontradas pela turma.

Discuta com a turma:

  • Dá pra saber qual é o tempo? Como vocês pensaram?
  • Vamos anotar as formas como vocês pensaram?
  • Aparece alguma sequência numérica em alguma destas soluções? Qual é a regra de formação dela?
  • Os números obtidos nesta sequência podem ser encontrados em alguma tabuada de multiplicação?
  • De quantas maneiras diferentes podemos resolver isso?
  • Se usamos operações diferentes para resolver, o resultado foi o mesmo? Por que será?
  • Se fizermos 2 X 30 ou 30 X 2, o resultado será diferente? Por quê?
  • Podemos resolver usando a ideia de sequência numérica? Como?
  • Agora temos alguma outra sequência numérica presente em alguma das soluções? Qual a regra para a formação dela?

Discussão da solução select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos. (slides 8 a 11)

Orientação: Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se seria possível saber o tempo e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Ajude os alunos a perceberem a presença de uma sequência numérica na situação. Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se o tempo de ida e de volta são ou não iguais e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Depois de chegarem à conclusão que o tempo é igual, questione-os como podemos saber qual é o tempo que o eco levará para chegar até o golfinho: Fizeram cálculos? Fizeram esquemas? Anote os diferentes tipos de soluções em um outro espaço na lousa.

Propósito: Discutir as possíveis formas de solução encontradas pela turma.

Discuta com a turma:

  • Dá pra saber qual é o tempo? Como vocês pensaram?
  • Vamos anotar as formas como vocês pensaram?
  • Aparece alguma sequência numérica em alguma destas soluções? Qual é a regra de formação dela?
  • Os números obtidos nesta sequência podem ser encontrados em alguma tabuada de multiplicação?
  • De quantas maneiras diferentes podemos resolver isso?
  • Se usamos operações diferentes para resolver, o resultado foi o mesmo? Por que será?
  • Se fizermos 2 X 30 ou 30 X 2, o resultado será diferente? Por quê?
  • Podemos resolver usando a ideia de sequência numérica? Como?
  • Agora temos alguma outra sequência numérica presente em alguma das soluções? Qual a regra para a formação dela?

Encerramento select-down

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientação: Destaque através de conversação coletiva com a turma que utilizamos o conceito de sequência para resolver a situação- problema que foi proposta nesta aula, porque as sequências estão presentes na forma de organização e estrutura de muitas coisas que utilizamos no dia a dia e na própria natureza. Os padrões e regularidades das sequências são muito utilizados em arte, e são responsáveis por proporcionar harmonia e beleza em desenhos, arranjos musicais, plantas etc.

Propósito: Refletir sobre a aplicação prática das sequências em diferentes situações.

Discuta com a turma:

  • Vocês sabiam disso?
  • Proponha que pesquisem em casa procurando em revistas, jornais, internet, outras situações em que as sequências estão presentes.

Raio X select-down

Slide Plano Aula

Orientações: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem, identificando os padrões utilizados em cada sequência. Em seguida, deixe que discutam com um colega suas soluções e modos que utilizaram para identificar os padrões. Reserve um tempo para um debate coletivo e deixe que as duplas compartilhem o que discutiram.

Propósito: Identificar padrões e regularidades nas sequências dadas e utilizar essa dado para completar as sequências com os elementos ausentes.

Discuta com a turma:

  • Como podemos encontrar os padrões para completar as sequências?
  • Com quais tabuadas da multiplicação cada uma das sequências está relacionada?
  • Toda tabuada é uma sequência numérica que segue um padrão?

Materiais complementares:

Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade Complementar

Resumo da aula

download Baixar plano

Tempo sugerido: 2 minutos.

Orientação: Projete ou leia o objetivo para a turma.

Propósito: Compartilhar o objetivo da aula.


Este plano de aula foi elaborado pelo Time de Autores NOVA ESCOLA

Autora: Márcia Regina Kaminski

Mentora: Carla Simone de Albuquerque

Revisora Pedagógica: Eliane Zanin

Especialista de área: Sandra Regina Correa Amorim



Habilidade da BNCC

(EF04MA11)  Identificar regularidades em sequências numéricas compostas por múltiplos de um número natural.



Objetivos específicos

  • Identificar padrões e regularidades em uma sequência numérica dada, e continuar a sequência de acordo com o padrão fornecido.
  • Usar os conhecimentos aprendidos sobre sequências numéricas para resolver situações- problema.

Conceito-chave

Sequência numérica recursiva formada por múltiplos de um número natural.

Recursos necessários

  • Folha de papel A4 branca;
  • Atividades impressas em folhas, coladas no caderno ou não;
  • Datashow ( opcional ).



Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos. (slides 3 e 4)

Orientações: Lembre, através da discussão oral e coletiva com a turma, que sequências podem ser formadas por diferentes elementos (figuras, letras, símbolos, formas, números, etc). Estes elementos precisam estar organizados de acordo com um critério de formação que obedece a um padrão e regularidade predefinida. Mostre o slide e os exemplos de sequências que foram apresentados e peça que os alunos descrevam oralmente qual o critério de formação em cada um dos exemplos. Depois ajude os alunos a refletirem se já viram algum tipo de sequência em alguma situação cotidiana ou em alguma brincadeira.

Propósito: Retomar a ideia de sequência, identificando padrões e regularidades em sequências pictóricas e numéricas.

Discuta com a turma:

Sobre cada uma das sequências exemplificadas:

  • Esta sequência é formada por quais tipos de elementos? Desenhos, formas, letras, números?
  • Qual é a regra de formação aqui? Como podemos ter certeza disso? Como você pode definir e ter certeza sobre essa regra?
  • Será que o jogo da amarelinha é um tipo de sequência?
  • E as cartas de um baralho?
  • Será que existem sequências na natureza?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 5 minutos. (slides 3 e 4)

Orientações: Lembre, através da discussão oral e coletiva com a turma, que sequências podem ser formadas por diferentes elementos (figuras, letras, símbolos, formas, números, etc). Estes elementos precisam estar organizados de acordo com um critério de formação que obedece a um padrão e regularidade predefinida. Mostre o slide e os exemplos de sequências que foram apresentados e peça que os alunos descrevam oralmente qual o critério de formação em cada um dos exemplos. Depois ajude os alunos a refletirem se já viram algum tipo de sequência em alguma situação cotidiana ou em alguma brincadeira.

Propósito: Retomar a ideia de sequência, identificando padrões e regularidades em sequências pictóricas e numéricas.

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. (slides 5, 6 e 7)

Orientação: Questione os alunos sobre ECOLOCALIZAÇÃO. Se já ouviram falar e o que sabem sobre isso. Após ouvir os comentários, leia o pequeno texto para introduzir o conceito de ecolocalização. Leia o problema com os alunos. Discuta com eles o que os números podem representar. Ajude-os a perceberem, através de questionamentos e da observação do “s” inserido após cada número, que se trata da indicação do tempo que as ondas sonoras estão levando para percorrer o mar. Explique que as linhas são apenas uma representação simples da propagação das ondas sonoras. Peça que se organizem em equipes de dois ou três alunos, e proponha que respondam às questões. Deixe que os grupos leiam as questões e tentem responder. Oriente que façam registros de todas as formas que utilizarem para resolver para posterior discussão com a turma.
Propósito: Aplicar os conhecimentos adquiridos sobre sequências numéricas para identificar padrões e regularidades e resolver situações- problema.

Discuta com a turma:

  • Como será que isso funciona?
  • Como podemos saber o que esses números representam?
  • O que poderia ser? (Podem surgir diferentes respostas: distância, velocidade etc.) Chame a atenção dos alunos para o “s” inserido após cada número e questione: O que indica esta letra? Seria uma unidade de medida? Qual unidade de medida pode ser representada pela letra “s”? Segundos podem ser representados assim? E segundos são utilizados como unidades de medidas de que? Através destes questionamentos ajude-os a concluir que se trata de uma medida de tempo.
  • O que podemos observar em relação ao tempo de propagação do som?
  • Podemos dizer que é uma sequência? Qual a regra para formação dela neste caso?
  • Como ficaria a sequência completa de ida do som e retorno do eco?

Materiais complementares:

Atividade Principal

Guia de intervenção

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. (slides 5, 6 e 7)

Orientação: Questione os alunos sobre ECOLOCALIZAÇÃO. Se já ouviram falar e o que sabem sobre isso. Após ouvir os comentários, leia o pequeno texto para introduzir o conceito de ecolocalização. Leia o problema com os alunos. Discuta com eles o que os números podem representar. Ajude-os a perceberem, através de questionamentos e da observação do “s” inserido após cada número, que se trata da indicação do tempo que as ondas sonoras estão levando para percorrer o mar. Explique que as linhas são apenas uma representação simples da propagação das ondas sonoras. Peça que se organizem em equipes de dois ou três alunos, e proponha que respondam às questões. Deixe que os grupos leiam as questões e tentem responder. Oriente que façam registros de todas as formas que utilizarem para resolver para posterior discussão com a turma.
Propósito: Aplicar os conhecimentos adquiridos sobre sequências numéricas para identificar padrões e regularidades e resolver situações- problema.

Discuta com a turma:

  • Como será que isso funciona?
  • Como podemos saber o que esses números representam?
  • O que poderia ser? (Podem surgir diferentes respostas: distância, velocidade etc.) Chame a atenção dos alunos para o “s” inserido após cada número e questione: O que indica esta letra? Seria uma unidade de medida? Qual unidade de medida pode ser representada pela letra “s”? Segundos podem ser representados assim? E segundos são utilizados como unidades de medidas de que? Através destes questionamentos ajude-os a concluir que se trata de uma medida de tempo.
  • O que podemos observar em relação ao tempo de propagação do som?
  • Podemos dizer que é uma sequência? Qual a regra para formação dela neste caso?
  • Como ficaria a sequência completa de ida do som e retorno do eco?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 20 minutos. (slides 5, 6 e 7)

Orientação: Questione os alunos sobre ECOLOCALIZAÇÃO. Se já ouviram falar e o que sabem sobre isso. Após ouvir os comentários, leia o pequeno texto para introduzir o conceito de ecolocalização. Leia o problema com os alunos. Discuta com eles o que os números podem representar. Ajude-os a perceberem, através de questionamentos e da observação do “s” inserido após cada número, que se trata da indicação do tempo que as ondas sonoras estão levando para percorrer o mar. Explique que as linhas são apenas uma representação simples da propagação das ondas sonoras. Peça que se organizem em equipes de dois ou três alunos, e proponha que respondam às questões. Deixe que os grupos leiam as questões e tentem responder. Oriente que façam registros de todas as formas que utilizarem para resolver para posterior discussão com a turma.
Propósito: Aplicar os conhecimentos adquiridos sobre sequências numéricas para identificar padrões e regularidades e resolver situações- problema.

Discuta com a turma:

  • Como será que isso funciona?
  • Como podemos saber o que esses números representam?
  • O que poderia ser? (Podem surgir diferentes respostas: distância, velocidade etc.) Chame a atenção dos alunos para o “s” inserido após cada número e questione: O que indica esta letra? Seria uma unidade de medida? Qual unidade de medida pode ser representada pela letra “s”? Segundos podem ser representados assim? E segundos são utilizados como unidades de medidas de que? Através destes questionamentos ajude-os a concluir que se trata de uma medida de tempo.
  • O que podemos observar em relação ao tempo de propagação do som?
  • Podemos dizer que é uma sequência? Qual a regra para formação dela neste caso?
  • Como ficaria a sequência completa de ida do som e retorno do eco?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos. (slides 8 a 11)

Orientação: Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se seria possível saber o tempo e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Ajude os alunos a perceberem a presença de uma sequência numérica na situação. Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se o tempo de ida e de volta são ou não iguais e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Depois de chegarem à conclusão que o tempo é igual, questione-os como podemos saber qual é o tempo que o eco levará para chegar até o golfinho: Fizeram cálculos? Fizeram esquemas? Anote os diferentes tipos de soluções em um outro espaço na lousa.

Propósito: Discutir as possíveis formas de solução encontradas pela turma.

Discuta com a turma:

  • Dá pra saber qual é o tempo? Como vocês pensaram?
  • Vamos anotar as formas como vocês pensaram?
  • Aparece alguma sequência numérica em alguma destas soluções? Qual é a regra de formação dela?
  • Os números obtidos nesta sequência podem ser encontrados em alguma tabuada de multiplicação?
  • De quantas maneiras diferentes podemos resolver isso?
  • Se usamos operações diferentes para resolver, o resultado foi o mesmo? Por que será?
  • Se fizermos 2 X 30 ou 30 X 2, o resultado será diferente? Por quê?
  • Podemos resolver usando a ideia de sequência numérica? Como?
  • Agora temos alguma outra sequência numérica presente em alguma das soluções? Qual a regra para a formação dela?

Material Complementar:

Resolução da Atividade Principal

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos. (slides 8 a 11)

Orientação: Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se seria possível saber o tempo e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Ajude os alunos a perceberem a presença de uma sequência numérica na situação. Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se o tempo de ida e de volta são ou não iguais e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Depois de chegarem à conclusão que o tempo é igual, questione-os como podemos saber qual é o tempo que o eco levará para chegar até o golfinho: Fizeram cálculos? Fizeram esquemas? Anote os diferentes tipos de soluções em um outro espaço na lousa.

Propósito: Discutir as possíveis formas de solução encontradas pela turma.

Discuta com a turma:

  • Dá pra saber qual é o tempo? Como vocês pensaram?
  • Vamos anotar as formas como vocês pensaram?
  • Aparece alguma sequência numérica em alguma destas soluções? Qual é a regra de formação dela?
  • Os números obtidos nesta sequência podem ser encontrados em alguma tabuada de multiplicação?
  • De quantas maneiras diferentes podemos resolver isso?
  • Se usamos operações diferentes para resolver, o resultado foi o mesmo? Por que será?
  • Se fizermos 2 X 30 ou 30 X 2, o resultado será diferente? Por quê?
  • Podemos resolver usando a ideia de sequência numérica? Como?
  • Agora temos alguma outra sequência numérica presente em alguma das soluções? Qual a regra para a formação dela?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos. (slides 8 a 11)

Orientação: Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se seria possível saber o tempo e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Ajude os alunos a perceberem a presença de uma sequência numérica na situação. Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se o tempo de ida e de volta são ou não iguais e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Depois de chegarem à conclusão que o tempo é igual, questione-os como podemos saber qual é o tempo que o eco levará para chegar até o golfinho: Fizeram cálculos? Fizeram esquemas? Anote os diferentes tipos de soluções em um outro espaço na lousa.

Propósito: Discutir as possíveis formas de solução encontradas pela turma.

Discuta com a turma:

  • Dá pra saber qual é o tempo? Como vocês pensaram?
  • Vamos anotar as formas como vocês pensaram?
  • Aparece alguma sequência numérica em alguma destas soluções? Qual é a regra de formação dela?
  • Os números obtidos nesta sequência podem ser encontrados em alguma tabuada de multiplicação?
  • De quantas maneiras diferentes podemos resolver isso?
  • Se usamos operações diferentes para resolver, o resultado foi o mesmo? Por que será?
  • Se fizermos 2 X 30 ou 30 X 2, o resultado será diferente? Por quê?
  • Podemos resolver usando a ideia de sequência numérica? Como?
  • Agora temos alguma outra sequência numérica presente em alguma das soluções? Qual a regra para a formação dela?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 10 minutos. (slides 8 a 11)

Orientação: Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se seria possível saber o tempo e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Ajude os alunos a perceberem a presença de uma sequência numérica na situação. Questione os grupos a respeito de como pensaram para definir se o tempo de ida e de volta são ou não iguais e como chegaram a esta conclusão. Deixe que comentem se acham que sim ou que não e que expliquem as razões. Anote as diferentes respostas em um espaço da lousa. Ao chegarem à resposta, pergunte se todos concordam com ela. Depois de chegarem à conclusão que o tempo é igual, questione-os como podemos saber qual é o tempo que o eco levará para chegar até o golfinho: Fizeram cálculos? Fizeram esquemas? Anote os diferentes tipos de soluções em um outro espaço na lousa.

Propósito: Discutir as possíveis formas de solução encontradas pela turma.

Discuta com a turma:

  • Dá pra saber qual é o tempo? Como vocês pensaram?
  • Vamos anotar as formas como vocês pensaram?
  • Aparece alguma sequência numérica em alguma destas soluções? Qual é a regra de formação dela?
  • Os números obtidos nesta sequência podem ser encontrados em alguma tabuada de multiplicação?
  • De quantas maneiras diferentes podemos resolver isso?
  • Se usamos operações diferentes para resolver, o resultado foi o mesmo? Por que será?
  • Se fizermos 2 X 30 ou 30 X 2, o resultado será diferente? Por quê?
  • Podemos resolver usando a ideia de sequência numérica? Como?
  • Agora temos alguma outra sequência numérica presente em alguma das soluções? Qual a regra para a formação dela?

Slide Plano Aula

Tempo sugerido: 3 minutos.

Orientação: Destaque através de conversação coletiva com a turma que utilizamos o conceito de sequência para resolver a situação- problema que foi proposta nesta aula, porque as sequências estão presentes na forma de organização e estrutura de muitas coisas que utilizamos no dia a dia e na própria natureza. Os padrões e regularidades das sequências são muito utilizados em arte, e são responsáveis por proporcionar harmonia e beleza em desenhos, arranjos musicais, plantas etc.

Propósito: Refletir sobre a aplicação prática das sequências em diferentes situações.

Discuta com a turma:

  • Vocês sabiam disso?
  • Proponha que pesquisem em casa procurando em revistas, jornais, internet, outras situações em que as sequências estão presentes.

Slide Plano Aula

Orientações: Peça que, individualmente, os alunos leiam a atividade e a realizem, identificando os padrões utilizados em cada sequência. Em seguida, deixe que discutam com um colega suas soluções e modos que utilizaram para identificar os padrões. Reserve um tempo para um debate coletivo e deixe que as duplas compartilhem o que discutiram.

Propósito: Identificar padrões e regularidades nas sequências dadas e utilizar essa dado para completar as sequências com os elementos ausentes.

Discuta com a turma:

  • Como podemos encontrar os padrões para completar as sequências?
  • Com quais tabuadas da multiplicação cada uma das sequências está relacionada?
  • Toda tabuada é uma sequência numérica que segue um padrão?

Materiais complementares:

Raio X

Resolução do Raio X

Atividade complementar

Resolução da Atividade Complementar

Slide Plano Aula

Compartilhe este conteúdo:

pinterest-color Created with Sketch. whatsapp-color

PRÓXIMAS AULAS:

AULAS DE Álgebra do 4º ano :

Com o plano de aula sobre álgebra, os alunos aprendem a conceituar o que é múltiplo e a identificar regularidades em sequências numéricas compostas por múltiplos de um número natural; reconhecer as relações inversas entre as operações fundamentais com números naturais e reconhecer que uma igualdade não se altera quando se adiciona, subtrai ou multiplica um mesmo número a seus dois termos.

MAIS AULAS DE Matemática do 4º ano:

Planos de aula para desenvolver a habilidade EF04MA11 da BNCC

APRENDA MAIS COM ESTE CURSO EXCLUSIVO

Curso relacionado ao Plano

Resolução de Problemas em Matemática com Esforço Produtivo

Neste curso, Kátia Smole ensina como estimular o raciocínio matemático dos alunos, por meio de sugestões de atividade, textos com dicas e a realização de uma prática de sala de aula.

Ver mais detalhes

Encontre outros planos de Matemática

Encontre planos de aula para outras disciplinas

Baixar plano