Mídias na escola

Tecnologia

POR:
Mariana Queen, Elisa Meirelles
Marli Germano Librelato. Foto: arquivo pessoal
Marli Germano Librelato, professora de Língua Portuguesa e Lingua Estrangeira na EE Carmela Bortot, em Pato Branco, PR.

"Sempre quis ampliar meus conhecimentos sobre recursos tecnológicos e, em 2011, ingressei no Programa Mídias na Educação, do Ministério da Educação (MEC). O curso é ofertado pela Universidade Estadual do Centro Oeste Paraná (Unicentro), em Pato Branco, a 438 quilômetros de Curitiba, onde moro. O programa nos prepara para orientar a produção dos alunos em diferentes mídias, conhecer terminologias - como multimídia, hipertexto e hipermídia - e refletir sobre o papel da TV, do rádio, da internet e até do cinema na Educação. São três módulos a distância e, no fim, estarei apta a editar vídeos e programas de rádio e a criar plataformas para a exposição de conteúdos, como fotologs e blogs. Hoje, já utilizo o que aprendo com os alunos."

Mídias na Educação
Quem oferece Universidade Aberta do Brasil (UAB), por meio de parcerias entre secretarias e universidades públicas
Duração 360 horas
Informações Tel. 0800-616161


Funcionários
Existem cursos de formação para monitor ou inspetor de alunos? 
Pergunta enviada por Denis Pinto Souza, Curitiba, PR
 

Sim. Dentro da política nacional de formação dos profissionais da Educação Básica do MEC, existe o Curso Técnico de Formação para os Funcionários da Educação (Profuncionário). As aulas são dadas por institutos federais, mas quem inscreve os servidores são os estados e municípios. Os interessados devem ser concursados e ter o Ensino Médio completo. Para quem não prestou concurso, o indicado é procurar a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e fazer a inscrição por demanda social. Saiba mais. Além da formação, é importante que o trabalho do monitor esteja na pauta das reuniões na escola.


Formação
Diretores de São Paulo e Rio terão MBA gratuito

No segundo semestre deste ano, gestores das escolas da rede estadual de São Paulo e do Rio de Janeiro terão acesso a MBAs (sigla em inglês para Master in Business Administration) gratuitos na área de Gestão Empreendedora. A iniciativa é fruto de uma parceria firmada em abril entre os governos de São Paulo e do Rio de Janeiro, a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan). A ideia da formação é ajudar os diretores na gestão escolar. Segundo o governo paulista, a meta é formar 3,2 mil gestores em São Paulo e 1,2 mil no Rio de Janeiro nos próximos cinco anos. Os cursos serão ministrados a distância e vão contar com encontros presenciais regulares. Para mais informações, acesse aqui e aqui.


768.188

É o número de professores que lecionam em cinco turmas ou mais. O dado corresponde a 38% do total.

Fonte MEC 2010

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias