Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Blog de Alfabetização

Troque experiências e boas práticas sobre o processo de aquisição da língua escrita.

O que fazer nas merecidas férias do professor

Filmes, livros, passeios, música. Mara Mansani conta como vai aproveitar o merecido descanso

POR:
Mara Mansani
Crédito: Getty Images

Olá, professores!

Este é o último texto do ano aqui no blog de Alfabetização. Estive pensando muito sobre o calendário que rege nossos anos e marca os dias. O melhor da criação de um sistema de medidas como esse não é somente marcar o tempo, mas abrir e fechar ciclos. Já disse antes, mas como este ano foi corrido! Incertezas e grandes acontecimentos na nossa Educação, como a aprovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Por mais que o ano tenha sido difícil e que no final estejamos cansados e estressados, o que importa é que um ciclo se fecha e outro se abre. Com ele, surgem novas perspectivas e possibilidades e a vontade de fazer tudo melhor em prol da Educação de qualidade para nossos alunos.

Fechamos o ano e vamos para 2018 com algumas preocupações na mente: as atribuições de sala (muitos professores pelo Brasil ainda têm a incerteza de até mesmo ter uma turma no ano que vem), o processo de implementação da BNCC nas redes, escolas e salas de aula, a construção desses novos currículos tendo o documento como referência, a aposentadoria dos professores e vários outros problemas.

É necessário que fiquemos de olho nesses pontos e em outros que surgirão ao longo do ano? Sim, muito. Mas nem só de problemas vive o professor, e as férias escolares são justamente um período para esfriarmos a cabeça, aproveitarmos a família, os amigos, a nossa cidade. Tempo para retomar livros, filmes, passeios que queríamos ter aproveitado ao longo do ano mas se perderam na correria do dia a dia.

Fiz uma lista do que pretendo fazer nos meus merecidos dias de descanso e compartilho com vocês. Minha prioridade é curtir a família e descansar, mas também quero fazer algumas coisas legais e importantes para a minha formação. Vejam o que pretendo fazer abaixo e se inspirem para criar as suas:

Passeios

Além de fazer as tradicionais visitas a amigos e familiares para mostrar que estou viva e me lembro deles, pretendo tomar um banho de mar, cachoeira, rio ou qualquer local em que seja possível limpar "aquelas coisas não tão legais" que se acumulam em nossa energia ao longo do ano. Faz um bem danado! Além disso, quero me programar para andar de Maria Fumaça ou algum trem, para curtir devagar a paisagem, vendo o mundo andar mais lentamente e sair um pouco da correria do dia a dia.

Livros

  • Alfabetização: A questão dos métodos, da Magda Soares - Editora Contexto. 1º Lugar na categoria Educação e Pedagogia na Edição 59º do Prêmio Jabuti, 2017. Leitura obrigatória para alfabetizadores. Assim que eu terminar de ler, venho escrever sobre ele aqui no blog.

  • Mentalidades Matemáticas, de Jo Boaler - Editora Penso. Já estou lendo e vou terminar nessas férias. Quer ampliar seus horizontes na Matemática e descobrir muitas ideias e possibilidades de trabalhar de forma inovadora em sala de aula? Leia esse livro maravilhoso!

  • Vou ler também algum livro trate sobre como desenvolver o aprendizado de alunos com deficiência. Ainda estou pesquisando a respeito, então não tenho um título escolhido. Uma de minhas metas para 2018 é ser uma professora mais preparada para atender todos os meus alunos!

  • Nem só de educação vive um professor, por isso e por amar cozinhar, também lerei outro livro premiado com o Jabuti 2017: Enciclopédia dos Alimentos Yanomami (Sanöma): Cogumelos. Organizadores: Moreno Saraiva Martins, Carlos Sanuma, e outros. Na verdade, tudo a ver com a educação, inclusive este livro de culinária, pois quebra estereótipos em relação à cultura indígena.

Música

  • CD Tchiribim Tchiribom, da cantora Fortuna, pelo Selo SESC. São músicas infantis de vários países e regiões do mundo inteiro! O encarte é lindo e o que ouvi até agora está maravilhoso!

  • CD Cavaleiro Macunaíma, do cantor e compositor João Bá, em comemoração aos seus 80 anos. O CD foi gravado em 2013 em cinco estados diferentes do Brasil: São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Amazonas e Goiás. É simplesmente emocionante! João Bá, além de trazer a mensagem da preservação do meio ambiente e da vida, traz e apresenta a cultura popular brasileira como ninguém! Já ouvi e escolhi suas músicas para o meu repertório de férias!

Filmes

Nas férias, quero pesquisar a respeito de filmes e documentários sobre Educação. Para isso, pretendo investigar nos três sites que relaciono abaixo:

Minha programação tem algumas outras coisas também. Não sei se terei tempo para tudo, farei o que estiver ao meu alcance. E você, querido professor? Qual a sua programação de férias? Conte aqui nos comentários e inspire outros professores!

Muito obrigada a todos vocês que acompanharam o blog de Alfabetização e a Nova Escola por todo esse ano! Foi muito bom ter vocês aqui com suas sugestões, ideias e práticas educativas! Que venha 2018, com muito trabalho e mais felicidade e valorização aos professores brasileiros!

Um grande abraço,

Mara Mansani

Tags

Guias

Tags

Guias