Sala de Aula | Superpôster | Sala de aula

Uma útil estratégia de leitura em inglês

Identificar termos similares em duas línguas contribui para o entendimento do texto

POR:
Paula Valentim, Paula Peres e NOVA ESCOLA

 Quando estudamos uma língua estrangeira, encontrar palavras semelhantes às que existem no idioma materno é um dos primeiros recursos de que lançamos mão para compreender melhor um texto. A razão disso acontecer é encontrada na história das linguagens: ao longo do tempo, os vocábulos foram mudando, sendo ressignificados por diferentes grupos, que, muitas vezes, criavam idiomas. 

Às palavras que têm origem comum na etimologia damos o nome de cognatos ? e o português e o inglês têm muitos deles. Isso acontece porque ambos os idiomas vêm de línguas anteriores comuns. Na sala de aula, o professor pode ajudar os alunos a aproveitar essas semelhanças durante o momento da leitura. ?É interessante fazê-los se apoiar nos cognatos para tentar aferir o significado de outros vocábulos e, assim, a ideia central de um texto?, explica Sandra Baumel, diretora da Target Idiomas.

É muito importante salientar, porém, que a identificação de cognatos, de forma isolada, não é capaz de resolver todas as questões de uma obra, como diz Caroline Milan, professora da Escola da Vila, em São Paulo: ?O encontro de cognatos é uma das estratégias de leitura e acontece em um primeiro olhar acerca do texto. Nas apreciações seguintes, para buscar a compreensão total, o estudante deve utilizar recursos adicionais, como localizar palavras-chave e vocábulos que ele já domina no idioma?.

Nesta edição, você encontra uma sugestão de plano de aula e um pôster sobre os cognatos, com uma lista de palavras para trabalhar em sala. Converse com os jovens sobre outros exemplos e desperte a curiosidade deles incentivando-os a identificar as origens desses termos. 

O plano de aula está disponível aqui.

 

 

 

 

 

 

 

Clique para abrir o superpôster Cognatos

Compartilhe este conteúdo: