Seções | Mentiras na pré-escola | E agora, Telma?

Como agir quando uma criança inventa coisas que a professora teria falado?

Telma Vinha responde a dúvidas sobre comportamento

POR:
NOVA ESCOLA
Telma Vinha,

Telma Vinha,
professora de Psicologia Educacional da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Pergunta enviada por Laíse Roque Santos, Ilhéus, BA

Os pequenos podem afirmar que a docente falou algo que não foi dito por não entenderem o significado de verdade e mentira ou para que um colega os obedeça. Um exemplo: "A professora disse que sou o primeiro". Na pré-escola, a criança tem dificuldade em resolver conflitos, então usa artifícios para que o outro faça o que ela quer, como ameaçar, subornar e apelar para quem tem o poder - no caso, o adulto. Também vale considerar a pseudomentira, quando ela distorce a realidade sem perceber. Natural da faixa etária, ela está próxima da imaginação e não deve ser vista como falha do caráter. Com o tempo, tende a desaparecer. Você pode ajudar a distinguir realidade de desejo contra-argumentando: "Você queria ser o primeiro, mas o que tínhamos combinado antes?".

Compartilhe este conteúdo: