Seções | Em Dia

"Não recebo devolutivas!"

Professores de 34 países reclamam da falta de retorno sobre sua prática e dizem que isso faria a diferença

POR:
Paula Peres, Elisa Meirelles e NOVA ESCOLA

Quase metade (46%) dos docentes de 34 países dizem que nunca receberam qualquer devolutiva do gestor escolar a respeito de seu trabalho. Entre os que tiveram algum retorno, 62% creem que isso ajudou a melhorar a prática. Esses foram os resultados da Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem (Talis) da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) com 100 mil educadores. No Brasil, 86% dos que tiveram feedbackacham que isso aumenta a confiança na profissão. Maura Barbosa, coordenadora pedagógica do Centro de Educação e Documentação para Ação Comunitária (Cedac) defende a parceria entre docente e gestor. "Antes de olhar os resultados atingidos pelo professor, deve haver uma análise regular do processo."


Saúde 

Inatividade pode matar


Os veículos e as máquinas se movimentam em nosso lugar. Essa praticidade, no entanto, traz más notícias. Segundo estudo da ONG Desenhado para o Movimento, este ano, 5,3 milhões de mortes no mundo serão atribuídas ao sedentarismo. O problema afeta principalmente crianças e precisa ser tratado na escola. A pesquisa alerta que, em muitas instituições de ensino, a Educação Física é considerada opcional ou extracurricular, não fazendo parte das rotinas dos alunos.


46% dos docentes

de escolas públicas usaram o computador e a internet durante as atividades realizadas com os alunos em 2013. Dois anos antes, eram só 22%.


Fonte TIC Educação


 

Campo

Jovens terão formação específica

O governo brasileiro destinará 35 milhões de reais para cursos de Agroecologia e criação de centros culturais e pontos de inclusão digital no campo. As ações são parte do Programa de Fortalecimento da Autonomia Econômica e Social da Juventude Rural, voltado ao combate do êxodo rural. Para Elisa Guaraná de Castro, coordenadora-geral de políticas transversais da Secretaria Nacional de Juventude, as demandas desses jovens não são atendidas, daí a necessidade de medidas direcionadas.


Infraestrutura

Laboratórios são exceção no país

Um estudo do movimento Todos pela Educação mostra que o laboratório de Ciências é item de luxo tanto na rede pública quanto na particular (leia os dados abaixo). Cristian Annunciato, coordenador da Abramundo, lembra que "as aulas nesses ambientes permitem a ampliação da investigação e do pensamento científico, sendo fundamentais para um Brasil desenvolvido". 

8% Rede pública
21% Rede particular

Fonte Todos pela Educação


Acesso

Em dez anos, 17 países reduziram a população fora da escola em quase 90%. Para tanto, foi preciso valorizar as minorias, rever currículos, apoiar financeiramente as famílias e abolir taxas. O Brasil está fora da lista. 

Fonte Organização das Nações Unidas para a Educação Ciência e Cultura (Unesco)

Compartilhe este conteúdo: