Seções | Caro Educador

Vontade de avançar

Ela motiva escolas em assentamentos, o PNE e a reflexão sobre a prática

POR:
NOVA ESCOLA
MAGGI KRAUSE,

MAGGI KRAUSE,
Diretoda de Redação

Observar um cotidiano que não corresponde ao da maioria dos brasileiros faz parte da prática jornalística. Em NOVA ESCOLA, a curiosidade nos move a lugares improváveis, sempre de olho na Educação do país. Assim surgiu a ideia de conhecer as escolas em assentamentos, nascidas em um contexto de luta por direitos no campo. Mesmo vivendo em situações de dificuldade, em tendas de lona sob sol forte, os acampados frequentam as aulas e lutam para ter um ensino de qualidade e que valorize sua história, conta a jornalista Fernanda Salla. Ela e Elisa Meirelles visitaram, no Paraná e no Pará, instituições que refletem a organização do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) (leia aqui). Duas escolas são fixas na região dos assentados e outra é itinerante. As três contam com apoio dos órgãos públicos, mas ainda têm problemas de infraestrutura.

Uma das notícias mais ansiadas dos últimos anos, a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE), abre perspectivas para a próxima década. Mas como ele impacta a vida dos professores? A seção Educação em Debate discute a necessidade do envolvimento e do protagonismo docente para que o ensino no Brasil se transforme.

Você está acostumado a fazer registros com o objetivo de aprimorar sua prática? A reportagem de capa revela que de nada adianta clicar situações ou filmar atividades se depois não houver olhar crítico e reflexão. Veja o exemplo de professores que avançaram ao retomar anotações pessoais, compartilhar textos e opiniões em espaços virtuais de discussão ou analisar a interação em sala com ajuda de fotografias e vídeos. Em muitos casos, o exercício de observar e refletir levou a mudanças significativas na gestão da sala de aula e na aprendizagem dos alunos.

Para facilitar sua rotina, principalmente na hora de preparar as atividades, renovamos a área de planos de aula em novaescola.org.br/planos. Uma nova ferramenta possibilita fazer buscas em conteúdos já existentes, adequá-los ao contexto de sua turma, adaptar e customizar uma sequência didática, acrescentar material e socializar suas criações. E, se você é professor de Arte, não deixe de apreciar o círculo de cores pintado pelo designer Victor Malta nas páginas centrais desta edição. Pendure o pôster na parede da sala, oriente os estudantes e aproveite!

Compartilhe este conteúdo: