Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Reportagens | Glossário | Reportagens


Por: Wellington Soares e Beatriz Vichessi

O que é avaliação

Avaliação ainda é considerada fora dos processos de ensino e aprendizagem em muitas escolas. O resultado dessa concepção é a criação de um campo fértil para a proliferação do autoritarismo - provas e notas se tornam um mecanismo de punição - e da exclusão de alguns estudantes. Em Avaliação da Aprendizagem Escolar: Estudos e Proposições, Cipriano Luckesi provoca os leitores: o que fazer para que o ato de avaliar os alunos tenha como foco observar a experiência realizada em sala a fim de reorientá-la para produzir o melhor resultado possível? Uma das coisas que ele defende é que a prática avaliativa seja revista para não ser mais usada com finalidade classificatória ou seletiva, e sim com propósitos diagnósticos e inclusivos. Uma das formas de colocar isso em prática é usar a avaliação como um espelho para que a escola, os professores e também os estudantes voltem o olhar para si mesmos buscando transformações das suas práticas. Esse tema é fundamental no livro, o quinto volume da Coleção Pensadores na Prática de NOVA ESCOLA, que reúne cinco obras para aprimorar o cotidiano de professores e gestores.

Livro

Coleção Pensadores na Prática

Veja mais em novaescola.org.br/colecoes

 

DEFINIÇÃO DESCOMPLICADA

Avaliação é o processo que revela como e o que o aluno aprendeu, como ele mudou seu jeito de pensar, alcançando as expectativas previamente traçadas. No Brasil, geralmente os educadores lançam mão de provas. Mas é possível avaliar o aluno em situações de trabalho em grupo, exposições orais, produções de texto e outras.

 

USO NA PRÁTICA

O que fazer quando a maioria não vai bem em uma avaliação?

Busque os motivos que determinaram o desempenho de cada aluno e da turma em geral.

Exemplo Analise as questões apresentadas aos estudantes para checar se elas estão em sintonia com o que foi ensinado anteriormente. Investigar se o vocabulário usado difere demais do usado nas aulas também é fundamental.

Outras opções

  • Converse com os alunos sobre os procedimentos de estudo usados por eles.
  • Retorne aos registros das aulas e analise como os conteúdos cobrados foram explorados em sala. Se necessário, considere retomá-los.

Imagem: Reprodução