Seções | Internet | Imperdível

Coisas estranhas, mistério científico e curiosidade juvenil

POR:
Ana Ligia Scachetti e Anna Rachel Ferreira

E m uma cidade pacata, quatro amigos meio nerds jogam RPG, sofrem nas mãos de bullies e disputam corridas de bicicleta na volta para casa. A vida comum dos garotos é o convite para investir na maratona de Stranger Things, série original da Netflix que, na recém-lançada primeira temporada, resgata a atmosfera de clássicos adolescentes como E.T. e Os Goonies.

A escola, que no início da temporada serve de palco para a humilhação do quarteto, tem papel importante na transformação dele num grupo de investigadores após o sumiço de um deles, Will. A inquietação e a curiosidade dos meninos é amplificada pelo professor de Ciências. Com a lembrança das aulas e de informações extras coletadas com o docente - conceitos complicados de Física embasam explicações simples sobre como uma realidade alternativa seria possível --, Mike, Dustin e Lucas planejam um experimento que poderá colaborar para localizar o amigo. Também no colégio, encontram refúgio para colocar a ideia em prática e se proteger.

Você pode se incomodar com o clima de terror e suspense - mais forte nos episódios iniciais -,ou não se envolver com os meandros da ficção científica que permeia toda a existência da nova amiga dos garotos (ela surge misteriosamente e, como se comunica muito pouco, deixa dúvidas sobre de que lado está). Mas, se der uma chance, vai se divertir nessa balada repleta de referências retrô. Preste atenção aos pôsteres de filmes de Steven Spielberg discretamente posicionados ou compare o figurino com as roupas que provavelmente você mesmo usou (se você tiver mais de 30 anos, é claro). Precisa de mais um motivo? Assista por Winona Ryder, ela mesma um sucesso dos anos 1980, no papel angustiante de uma mãe separada e inconformada com o sumiço do filho.


 

EXPOSIÇÃO 

Memórias da guerra

A Guerra Civil Espanhola (1936-1939) foi um dos mais sangrentos confrontos do século passado. Além disso, é um marco do jornalismo. As lentes de Robert Capa, Gerda Taro e David "Chim" Seymour representaram, de modo visceral e inédito, as batalhas no front. Capa guardou os negativos dessa produção em uma valise que ficou perdida até 2007, quando a encontraram na Cidade do México. As três caixas guardavam 4.500 negativos. Na exposição estão 70 das fotos que registram sequências de batalhas e retratos de personalidades, mas também de pessoas comuns. Além dessas imagens, a mostra conta com 100 folhas de contato e 70 fac-símiles de capas de revista com fotos de Capa, Taro e Chim.

A Valise Mexicana: a Redescoberta dos Negativos da Guerra Civil Espanhola de Capa, Taro e Chim, de 23 de julho a 2 de outubro, de terça a domingo, das 9 às 19 horas, na Caixa Cultural São Paulo


 

LITERATURA

Protagonismo feminino

Antigamente, as histórias eram transmitidas de maneira oral de uma geração para a próxima. Sempre que um autor consegue compilar algumas delas, descobre-se um tesouro. Neste livro, somos presenteados com 16 narrativas de diversos lugares do mundo estreladas por mulheres fortes.

O Violino Cigano - E Outros Contos de Mulheres Sábias, Regina Machado, 136 págs., 34, 90 reais


 

INFANTOJUVENIL

Indiana Jones Brasileiro

Um sonho com o bisavô, morto há muito tempo, intriga o menino José. Quando um forasteiro chega à cidade, o sonho ganha sentido: nele, há pistas para encontrar o tesouro perdido que o recém-chegado busca. Sem perder tempo, José convoca seus amigos para desvendar o enigma. A obra lembra os clássicos de mistérios de Pedro Bandeira - sucesso entre os adolescentes.

Cinco Enigmas, um Tesouro, Caio Riter, 80 págs., 28, 70 reais


 

Televisão

 

Inovação que dá certo

Inovação é a palavra da vez. Em geral, ela aparece vinculada ao uso de alta tecnologia. A série Destino Educação - Escolas Inovadoras mostra que inovar pode ser mais simples. Toda vez que temos coragem de mudar o que sempre foi feito de determinada maneira estamos inovando e isso pode trazer ótimos resultados. Com base numa pesquisa realizada pelo site Porvir, foram selecionadas 12 escolas, de nove países diferentes, que modificaram os jeitos de ser delas e adotaram medidas como a personalização do ensino e a didática baseada em projetos.

Destino Educação - Escolas Inovadoras, a partir de 1/9, todas as quintas-feiras, às 21 horas, no Futura, disponível em youtube.com/canalfutura