Seções | Pós-graduação | Sua Carreira

Mestrado profissional: mitos e verdades

Tire suas dúvidas sobre esta modalidade de formação

POR:
Beatriz Santomauro, Patrick Cassimiro e Bianca Oliveira

Na última edição de NOVA ESCOLA, citamos o mestrado profissional como um caminho possível para a formação docente. Muitos leitores nos escreveram pedindo mais esclarecimentos. Com a palavra Arlindo Philippi Jr., diretor de avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), entidade que fiscaliza a pós-graduação: "O mestrado profissional foi regulamentado em 2009 e tende a crescer. É uma das opções para os docentes que já têm experiência refletirem e melhorarem a prática em sala de aula". Para os educadores com diploma de licenciatura, uma alternativa são as formações organizadas em parceria entre a Capes e diversas universidades públicas: ProfMat (formação em Matemática), ProfLetras (Língua Portuguesa), ProFis (Física), ProfArtes (Artes), ProfHistória (História) e ProfÁgua (geralmente procurado por formados em Geografia). Esses mestrados profissionais são gratuitos e têm formato variado (a distância ou com módulos presenciais). Saiba mais em abr.ai/capes e confira a seguir mitos e verdades sobre a modalidade.