Seções | Inclusão | Questão de Ensino

Como gerir o tempo dos alunos com deficiência, que demoram mais na execução das tarefas?

Neurilene Martins responde a dúvidas sobre sala de aula

POR:
NOVA ESCOLA
Neurilene Martins,

Neurilene Martins,
doutora em Educação e professora do curso de Pedagogia do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge).

CARIVALDO NUNES, Frecheirinha, CE

Ter todos os estudantes fazendo a mesma atividade, no mesmo ritmo, é uma premissa da tradição escolar que compromete não só a inclusão, mas as práticas educativas de modo geral. É normal e esperado que saberes e tempos diversos coexistam. Compreenda que enquanto um aluno resolve um problema, outro pode estar terminando o anterior. No caso das crianças com deficiência, elas devem ter garantidas condições didáticas para que progridam. É necessário flexibilizar tanto o tempo quanto os materiais e os espaços.  Para determinar as adaptações a ser feitas, considere as especificidades cognitivas, motoras e emocionais de cada uma. Lembre-se de não generalizar os procedimentos: avalie o desenvolvimento individual dos estudantes para que as alterações não menosprezem o que eles sabem e o que têm condições de aprender.

Foto: Valter Pontes