Como orientar o aluno que bate no colega e diz que o pai mandou?

Violência

POR:
NOVA ESCOLA

E agora, Telma?

Telma Vinha é especialista em Psicologia Educacional e responde dúvidas sobre comportamento.

Clique aqui para mandar a sua dúvida

Pergunta enviada por Marcos Eremita, Indaiatuba, SP

Em casa, as crianças aprendem a lidar com os conflitos da mesma forma que os familiares ou membros da comunidade o fazem. É na escola que elas têm a oportunidade de vivenciar maneiras mais assertivas e respeitosas de resolvê-los. Para tanto, reafirme sempre que entende a raiva do aluno, mas que na escola a gente não bate. "Nós conversamos sobre os conflitos e juntos podemos encontrar outra solução." Estimule o diálogo, a reconstituição dos fatos, a descrição dos sentimentos e a busca por respostas não violentas. Espaços sistematizados para discutir os problemas, como assembleias e círculos restaurativos, ajudam nesse trabalho. É preciso estar atento também a crianças que resolvem conflitos de maneira submissa, cedendo sempre. Os pais costumam estimulá-las a se defender batendo. Informe a eles como a escola entende e lida com os conflitos. Ajude a turma a refletir sobre as relações e a buscar novas formas de conviver.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias