Seções | Autorretrato

"Aprendi a ler, apesar dos tratamentos de saúde"

Augusto Ferreira de Oliveira é aluno do 2º ano

POR:
NOVA ESCOLA e Ana Ligia Scachetti
Augusto e a professora Daniela Alamino na sala da aula da ONG, em São Paulo

"Eu tenho 8 anos, moro em Juiz de Fora (a 276 quilômetros de Belo Horizonte) e desde outubro estou em São Paulo com minha mãe. Vim para cá fazer um tratamento, e quando saí do hospital passei a viver e estudar na Casa Hope (instituição que oferece apoio a crianças portadoras de câncer ou transplantadas e suas famílias) para continuar indo ao médico. 

Gosto da escola aqui. Estudo de segunda a sexta-feira das 8 às 18 horas e cada dia há uma atividade diferente. Tem o horário de ir à biblioteca, onde há vários livros e gibis, à quadra e à sala de informática. Lemos no computador e se sobrar um tempinho podemos jogar um pouco. Às terças e quintas-feiras pela manhã vou ao médico e quando chego corro para a classe. 

Minha sala de aula tem poucos alunos. Às vezes, somos só dois. Por isso, prefiro a classe de Juiz de Fora, que tem um montão de crianças e na hora do recreio podemos brincar. Também sinto muita falta do meu primo, que considero um irmão. Quando vou para minha cidade, quero ir direto para a casa dele, ir à piscina e fazer um monte de coisas legais. Mas enquanto estou lá também sinto falta dos amigos de São Paulo. 

Além da escola, aqui tem um solário, onde vou todas as noites após as aulas. É nele que brinco de balanço, escorregador, pique-esconde e pique-pega com as outras crianças. Também gosto de jogar bola, mas no momento não posso. 

Fico entre São Paulo e Juiz de Fora desde que eu era bem pequeno e transplantei o fígado. Quando tenho alta, minha mãe faz minha transferência e minha matrícula na nossa cidade. As escolas mandam tudo o que eu faço uma para a outra, então não preciso ficar levando meu caderno e meus trabalhos. Quando volto, conversam comigo para saber o que eu aprendi. Já perdi aulas por causa dos tratamentos, mas consegui aprender muitas coisas e estou no 2º ano. Fiquei feliz e orgulhoso porque no final do ano pude mudar de sala. 

Foi aqui que eu aprendi a ler, no início do ano passado, com a professora Elaine. Antes, meus colegas de Juiz de Fora riam porque eu não sabia e até fiquei com vergonha de ir à escola. Estudei os dinossauros e os substantivos e gosto de desenhar e ler gibis, especialmente os do Cascão, que não toma banho e é fedorento. Também já sei ver as horas e fazer conta de vezes e quase de dividir. Quero ver se vão rir de mim agora."

Augusto Ferreira de Oliveira é aluno do 2º ano


Augusto apresenta as áreas educacionais da Casa Hope:

 

 

Compartilhe este conteúdo: