Reportagens | Teste | Administração | Reportagens

Como você evita o desperdício?

A seguir, são apresentadas situações que permitem avaliar algumas atitudes em relação aos recursos que chegam à instituição. No fim, não há tabulação de resultados. Clique nas opções para ler os comentários

POR:
Karina Padial
Caso 1

Os materiais de limpeza comprados para o próximo trimestre acabaram de chegar. Qual é o encaminhamento mais adequado para eles?

a) Conferir se o que chegou está de acordo com a nota fiscal e com o que foi pedido, verificar o prazo de validade dos produtos e ver se as embalagens não estão violadas.
Produtos que não atendem à solicitação realizada, que sejam menos eficientes ou mais baratos do que os comprados normalmente ou que tenham prazo de validade próximo, representam desperdício de recurso financeiro.
b) Retirar os produtos da embalagem original e misturá-los, em outro recipiente, com o que sobrou dos itens antigos.
Os produtos devem ficar nas embalagens originais e com a identificação visível para evitar que sejam confundidos e utilizados incorretamente. Misturar com os antigos também é um equívoco porque pode-se confundir o prazo de validade e há substâncias químicas que combinadas podem causar mal à saúde.

 

Caso 2

Após realizar a prestação de contas para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), responsável pelo Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), o que a escola precisa fazer?

a) Arquivar, de maneira adequada e durante 20 anos, os originais das notas fiscais, os recibos, as faturas e demais documentos que comprovem as despesas realizadas.
Esse é o tempo que a legislação prevê que a documentação comprobatória dos gastos seja armazenada, garantindo a transparência e permitindo que os órgãos de controle possam consultá-la caso alguma investigação envolvendo as compras ou as empresas fornecedoras seja realizada.
b) Após a aprovação das contas pelo FNDE, descartar os documentos referentes às compras para evitar que os registros antigos se confundam com os do ano seguinte.
Essa documentação ainda não pode ser eliminada. É necessário organizá-la corretamente nos arquivos. Além de constar na legislação, o armazenamento permite que a própria escola compare os gastos entre períodos equivalentes e ajuda os gestores recém-empossados a analisar as receitas e as despesas de anos anteriores.

 

Caso 3

A escola está tomando diversas medidas para economizar na conta de luz. Qual das ações abaixo é mais indicada para ser incluída no plano contra o desperdício?

a) Trocar toda a instalação elétrica para 220 volts porque nessa voltagem se gasta menos energia e a economia a longo prazo compensará o valor investido na obra.
É um mito que a instalação em 220 volts é mais econômica. O consumo de energia e, consequentemente, o valor da conta de luz, é determinado pelo tempo de uso e a potência dos eletrodomésticos.
b) Retirar das tomadas todos os aparelhos ligados em stand by (modo de espera), o que pode representar uma economia de até 12%.
Dependendo do tempo de uso efetivo de um equipamento, ele acaba consumindo mais energia enquanto está em modo de espera do que no período em que permanece ligado. Portanto, tire tudo da tomada.

 

Caso 4

Depois de muita reivindicação, a rede municipal instituiu o cargo de coordenador pedagógico. Agora que esse profissional faz parte da equipe, o que é esperado que ele faça?

a) Use as horas-atividade para passar informes e discutir encaminhamentos burocráticos com os professores - o que antes ficava a cargo do diretor -, para que eles fiquem a par de tudo o que acontece na escola.
Essas atividades devem ser realizadas em outros momentos para que as horas-atividade sejam de fato aproveitadas para as formações que contribuam com a prática dos professores em sala. Caso contrário, deixa-se de colaborar para a melhoria da aprendizagem dos alunos.
b) Faça um diagnóstico das necessidades de aprendizagem dos alunos e das dificuldades dos docentes, planeje as reuniões formativas com base nas prioridades constatadas e elabore um cronograma dos encontros.
Esse tempo instituído por lei, e que deve fazer parte da jornada do professor, tem como objetivo, justamente, o aperfeiçoamento das práticas pedagógicas. As leituras, discussões e demais estratégias voltadas ao aprimoramento devem ser planejadas, organizadas e conduzidas pela coordenação com base na realidade de cada instituição.

 

Caso 5

A sala de leitura está cheia de livros e uma nova remessa enviada pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) acaba de chegar. Como ela deve ser organizada?

a) É interessante separar as obras por gênero, tema ou faixa etária, permitindo que sejam encontradas com mais facilidade. No caso da Educação Infantil, isso significa colocar os livros em alturas mais baixas e com a capa visível.
Para que os livros sejam consultados pelos alunos, não basta colocá-los de qualquer jeito nas prateleiras. Faz parte do processo de construção do hábito de leitura ensinar os estudantes a buscar, localizar e selecionar as obras e, para isso, uma catalogação diferente da tradicional pode ajudar.
b) A melhor maneira é seguir a catalogação bibliográfica tradicional - que inclui, entre outras informações, o título, o autor, o número da edição e a editora - para que os alunos se familiarizem com esse formato, que segue normas nacionais.
A formação de leitores mais autônomos passa por uma organização do acervo que estimule as crianças a fazer escolhas e, por isso, a catalogação tradicional pode ser difícil de ser entendida pelos estudantes, principalmente os mais novos.

 

Compartilhe este conteúdo: