Seções | Planejamento | Maura Visita

Como elaborar um projeto institucional

Veja o vídeo com Maura Barbosa e as respostas dela a dúvidas dos leitores sobre a construção desse instrumento de planejamento

POR:
NOVA ESCOLA
Maura Barbosa,

Maura Barbosa,
coordenadora pedagógica da Comunidade Educativa CEDAC e consultora de GESTÃO ESCOLAR

Assista ao vídeo completo no site de GESTÃO ESCOLAR.

 

1. Quando chamamos a família para a escola, nossa intenção não é julgar a Educação dada em casa, mas encontrar juntos estratégias para melhorar o desenvolvimento da criança. Por isso, gostaria de elaborar um projeto para trazer os pais para a instituição, fora dos horários-padrão, para conversar conosco e com especialistas em diversas áreas. Por onde começar?


Rosângela Santos Arenhart | Diretora da EMEI Professora Terezinha Santos Tergolina, em Canoas, RS 

A primeira atitude é fazer um levantamento dos temas que os pais mais têm interesse ou dúvida. Com essa informação, a gestão é capaz de pensar em atividades relevantes para os familiares, como palestras temáticas ao longo do ano letivo ou envolvimento em atividades realizadas pelas crianças. Esses dados também embasarão um possível projeto institucional, que pode ter como objetivo promover a valorização da participação da família na escola e fortalecer a articulação entre as duas. 



2. A instituição fica numa região periférica da cidade e atende crianças de um bairro vizinho, onde a vulnerabilidade social é muito presente. O maior problema que enfrentamos é a infrequência dos alunos. É possível elaborar um projeto institucional que olhe para essa questão? 
César Roberto Nascimento | Diretor da EIEF Mário Louzada, em Bela Cruz, CE 

Sim. Para isso, você precisa analisar as variáveis que podem ser o motivo de tantas faltas. Quais são as características da comunidade de onde as crianças vêm? Como elas se locomovem até a escola? Elas são estimuladas a usar os espaços disponíveis? Os professores são frequentes e fazem bons planejamentos? Com esses dados em mãos, pode-se problematizar o tema com a equipe pedagógica e elaborar uma série de ações com as comunidades interna e externa para garantir a presença dos estudantes nas aulas. 



3. O principal problema é conseguir otimizar os poucos espaços disponíveis. Como construir um plano para mudar isso? 
Janete dos Santos Oliveira | Diretora da EEEF Ernestina Thedy, em Castanhal, PA 

Para otimizar os espaços da escola, o diretor precisa refletir sobre o que ele acredita que as crianças deveriam aprender em cada ambiente e como cada um deles pode ser modificado para atingir esse objetivo. Uma alternativa é mapear todos os locais disponíveis com fotos, por exemplo, e abrir a discussão para professores, funcionários e alunos. Reunida, a comunidade pode pensar sobre quais são as principais demandas e definir quais são os locais mais adequados para realizar determinadas atividades. Às vezes, os ambientes só precisam de uma simples reorganização para se transformar.


Foto: Gabriela Portilho

Compartilhe este conteúdo: