Reportagens | Livros & cia. | Reportagens

Diversão e aprendizado para todos

Indicações de bons textos de formação e literatura e brinquedos

POR:
NOVA ESCOLA

Formação

Revisão de conceitos

Educação Infantil - Resposta Educativa à Diversidade, Gema Paniagua e Jesús Palacios, 256 págs., Ed. Artmed, tel. 0800-703-3444, 52 reais

Propor novas metodologias de ensino, avaliação e organização do espaço da escola de forma a respeitar a diversidade na Educação Infantil. Esse é o objetivo deste livro, que mostra que a diversidade está nos diferentes ritmos de aprendizagem, nas relações familiares, nas crianças com deficiências e nos tempos de desenvolvimento, tanto na creche como na pré-escola. Os autores receberam o Prêmio Aula de Melhor Livro de Educação de 2006, concedido pelo Ministério da Educação da Espanha.

A arte a serviço da leitura

Agora Eu Era, Anamelia Bueno Buoro, Beth Kok e Eliana Aloia Atihé, 64 págs., Ed. Ibep Nacional, tel. (11) 6099-7799, 26 reais

O processo de leitura começa nas imagens. Interpretá-las pressupõe entrar num mundo de referências culturais. Falar da infância utilizando obras de Alfredo Volpi, Iberê Camargo e Miguel Rio Branco é o objetivo deste volume, que tem ilustrações ricas e sugestões de atividades, tudo devidamente explicado em linguagem simples. Imagens e textos que contribuem para a formação de um olhar mais crítico desde a infância.


Literatura

Viva o folclore!

Ciranda Brasileira, Elias José, 64 págs., Ed. Paulus, tel. (11) 3789-4000, 25 reais

Juntas, as poesias de Elias José e as xilogravuras de J. Borges combinam beleza, cantigas de roda e cultura. O autor de mais de 100 livros infanto-juvenis e o "artista autodidata do sertão" instigam o imaginário popular e levam a literatura para as crianças. De Ciranda, Cirandinha a Lampião a Boi-Bumbá, a obra tem apuro estético e uma harmonia quase musical nas palavras.

O mundo nas mãos

Um Mundinho para Todos, Ingrid Biesemeyer Bellinghausen, 24 págs., Ed. DCL, tel. (11) 3932-5222, 26 reais

Em braile e com letras grandes para facilitar a leitura dos deficientes visuais, este volume ensina a incluir nesse "mundão" da diversidade social. A autora mostra como é simples conviver com as diferenças étnicas, religiosas e econômicas - e com as limitações das pessoas. Destaque para as ilustrações, coloridas e de formas geométricas, feitas com recorte e colagem de papéis e pontilhadas para a leitura tátil. Anexo, traz um alfabeto braile.


Produtos

Conversa entre irmãos

DVD Charlie e Lola - Minha Irmã Caçula, Cultura Marcas, tel. (11) 3081-3000, 29,90 reais e Charlie e Lola - Eu Nunca Vou Comer um Tomate e Charlie e Lola - Eu Não Quero Dormir Agora, Lauren Child, 32 págs. (cada um), Ed. Ática, tel. (11) 3990-2100, 15,90 reais (cada um)

Ele tem 7 anos e é o irmão mais paciente que alguém pode ter. Ela tem "quatro, quase cinco", como costuma falar. Charlie e Lola são engraçados e inteligentes. Enfrentam juntos os desafios da infância, desde o primeiro dente mole até o desejo de crescer. Das páginas dos livros da escritora inglesa Lauren Child, eles passaram para o DVD e já venderam mais de 1 milhão de cópias na Inglaterra. Por aqui, os lançamentos incluem dois volumes e seis episódios animados.

Semente da rima

Por Quê?, Rita Rameh e Luiz Waack, Distr. Tratore, tel. (11) 3085-1246, de 15 a 25 reais

As brincadeiras, os trabalhos e as festas de fim de ano na Escola Semente levaram a engenheira Rita Rameh a sair do mundo dos números para fazer poesia ao som de violão. As rimas bem pensadas e os arranjos do produtor musical Luiz Waack transformam as 15 composições de Por Quê? num diálogo com o universo infantil. Os animais, a família, a cidade e os problemas urbanos são abordados de forma inteligente e agradável em sambas, blues e rocks.

Feito gente grande

Kit Mestre-Cuca, De e Dé Brinquedos Educativos, tel. (11) 3088-4847, 42 reais e Meus Personagens, De e Dé Brinquedos Educativos, 26 reais

Para ser um mestre-cuca, é preciso avental, chapéu, colher, tigela e... gelatina! Nada de contato com fogo e instrumentos cortantes. Basta compor o visual e misturar água para criar pratos incríveis. Fora da cozinha, a pedida é artesanal. A criança pode criar os próprios fantoches, utilizando cola branca, fitas coloridas, retalhos de tecido, lã e enfeites de EVA. São três bonequinhos acompanhados dos acessórios e de uma cartela com sugestões para confeccionar.

Compartilhe este conteúdo: