Reportagens | Materiais | Recursos Que Ajudam A Formar | Reportagens

Escolher o brinquedo certo...

...para cada fase do desenvolvimento infantil permite que os pequenos aprendam (e muito) com vários modelos

POR:
fabiana faria

Os primeiros anos de vida são o período mais importante para estimular os sentidos e a curiosidade sobre o mundo. E o brinquedo desempenha um importante papel nesse processo. "É um acessório da aprendizagem na creche porque é por ele que os pequenos estabelecem relações com tudo o que os cerca", diz a especialista em brincar Adriana Friedmann. Ainda no berço, o bebê provoca um ato sem intenção e, estimulado pela reação, o repete. Até os seis meses, a exploração dos objetos é instintiva e ele se sente estimulado a pegar o que vê pela frente para colocar na boca.

Mas o que levar em conta na hora de escolher brinquedos para utilizar num ambiente escolar? O melhor é basear-se nas etapas do desenvolvimento infantil e nos grandes marcos das conquistas motoras, como sentar, engatinhar e andar. O bom brinquedo é aquele que atende às necessidades e possibilidades de cada fase sem se ater à indicação de idade. No entanto, de nada adianta encher uma sala com diferentes tipos e não ensinar a brincar. Além de fazer uma boa seleção, é seu papel mostrar as funções de cada brinquedo para que todos sejam aproveitados ao máximo.

E, claro, não dá para se descuidar da segurança. Como os pequenos adoram levar tudo à boca, evite peças miúdas, modelos muito frágeis e brinquedos que desmontam. O material mais recomendado é o tecido. O plástico, se não for maleável, pode machucar. Já a madeira, que solta lascas e objetos pontiagudos, nem pensar. Todos devem ser fáceis de lavar e higienizar para evitar riscos de contaminação. Para baratear custos, produza versões em materiais recicláveis. Reúna o material e monte embalagens atraentes para incentivar o uso, sem se esquecer de deixar tudo em locais acessíveis para as crianças. Confira acima e nas próximas páginas as indicações recomendadas por especialistas, divididas em sete blocos.

 

1. Móbiles

O que são Estruturas de plástico ou madeira com objetos pendurados. Devem ser fixadas no berço.

Etapa do desenvolvimento Para bebês que ficam deitados e ainda não seguram com firmeza.

Como usar Mexa no móbile para mostrar que ele se movimenta e produz som (quando tem um guizo). Nas versões eletrônicas, basta ligar.

O que desenvolvem Eles chamam a atenção por meio de cores, formas, texturas e sons e, assim, estimulam a visão, o tato (quando o bebê tenta pegar) e a audição.

Atenção Os elementos devem estar bem presos no suporte. A hora de tirar o móbile do berço é quando o pequeno consegue puxá-lo.

 

2. Mordedores e chocalhos

O que são Feitos de plástico, silicone, tecido ou vinil, têm formatos variados, como bichos, figuras geométricas e partes do corpo. Os chocalhos trazem pequenos objetos dentro.

Etapa do desenvolvimento Para bebês que seguram com firmeza.

Como usar Coloque o mordedor na mão do bebê e aproxime-o da boca, estimulando-o a morder. Balance o chocalho para mostrar que ele produz som antes de entregá-lo à criança.

O que desenvolvem Provocam sensações, estimulam a audição e também a segurar o objeto e movimentá-lo.

Atenção É fundamental verificar se eles não possuem peças que se desencaixam e possam ser engolidas. Como o bebê ainda não tem controle do movimento, não é recomendado o chocalho de plástico duro. Evite mordedores com água, pois eles podem ser perfurados.

 

3. Caixas, cubos e blocos

O que são Objetos de papelão, plástico ou tecido que servem para empilhar e encaixar.

Etapa do desenvolvimento Para bebês que ficam sentados, com ou sem apoio.

Como usar Sente-se na frente da criança e mostre como encaixar uma peça na outra - ou montar uma pilha para ser derrubada. Repetir a brincadeira inúmeras vezes é o grande barato nessa fase.

O que desenvolvem Ao encaixar, empilhar e derrubar os objetos, o pequeno aprimora a preensão e o controle dos movimentos do braço.

 

4. Bolas e carrinhos

O que são Confeccionados em diversos materiais, eles têm como principal característica a rolagem.

Etapa do desenvolvimento Para os que engatinham.

Como usar Sente-se no chão e empurre o brinquedo. O bebê se sentirá estimulado a ir atrás para pegá-lo.

O que desenvolvem Ao se deslocar para buscar o objeto, o corpo do bebê é todo trabalhado.

 

5. Carrinhos de empurrar

O que são Versões em miniatura, feitas de plástico, de utensílios do cotidiano.

Etapa do desenvolvimento Para os que andam.

Como usar Com o brinquedo no chão, incline-se e mostre como empurrá-lo. Em seguida, coloque a criança em pé e convide-a a imitar a ação.

O que desenvolvem Estimulam a criança a ficar ereta e permitem que ela ande com mais autonomia.

 

6. Livros

O que são Feitos de papelão ou de pano, têm grandes ilustrações e texturas.

Etapa do desenvolvimento Para os que começam a falar.

Como usar Sente ao lado da criança ou coloque-a no colo. Leia as páginas e folheie uma a uma, apontando as ilustrações. Deixe-a virar as folhas à vontade. Caso amasse ou rasgue, conserte-o.

O que desenvolvem A capacidade de virar as páginas e reconhecer figuras, como animais e personagens, o que é fundamental para desenvolver a linguagem.

 

7. Fantoches, máscaras e fantasias

O que são Objetos e acessórios que possibilitam o faz-de-conta. Também entram nessa categoria as bonecas e miniaturas.

Etapa do desenvolvimento Para os que começam a falar.

Como usar Experimente alguma roupa ou adereço. Automaticamente, a criança vai querer fazer a mesma coisa. Mostre as funções dos objetos: máscara no rosto, fantoche na mão etc.

O que desenvolvem O faz-de-conta, fundamental nessa fase por ajudar a compreender o mundo real e o imaginário. E também ajudam a desenvolver a linguagem.

Quer saber mais?

Contato

  • Adriana Friedmann, adriafried@globo.com

Bibliografia

  • Brincar para Todos, Mara O. Siaulys, 152 págs., Ed. Laramara, (11) 3660-6400, 40 reais
  • Criar para Brincar - A Sucata como Recurso Pedagógico, Nylse Helena Silva Cunha, 192 págs., Ed. Aquariana, tel. (11) 5031-1500, 48 reais
  • O Brincar no Cotidiano da Criança, Adriana Friedmann, 136 págs., Ed. Moderna, tel. 0800-17-2002, 24,50 reais
Fotos: Fernanda Sá (bebê) e Marcelo Kura (brinquedos); Agradecimentos: Imaginarte Empório Lúdico, Lilica&Tigor, Ri Happy e Trenzinho Brinquedos Educativos