Reportagens | Reportagens

Confusões do Seu José

Texto para ler com crianças e adolescentes

POR:
Lidia Izecson de Carvalho

Seu José foi ao mercado
Comprar pra semana inteira
Pegou de tudo um pouco
Até uma enorme peneira 

Sem pensar como pagar
Continuou a gastança
Abacaxi, melancia e morango
Não era hora de fazer poupança 

Chegou na fila do caixa
Já meio de cabeça baixa
Não sabia onde estava o dinheiro
Teria esquecido no banheiro? 

Procurou por todo lado
Remexeu daqui e dali
Do bolso saiu tanta coisa
Pandeiro, alicate e jabuti

Mas onde estava o dinheiro
Isso todos queriam saber
De repente ele lembrou
Assim meio sem querer 

Deu um sorriso amarelo
E levantou o boné
Sabia que tinha o dinheiro
Não era nenhum caloteiro 

O que ninguém esperava
Foi o que se viu então
Tinha dez notas dobradas
Somando quase 1 milhão 

Com tanto ladrão por aí
Foi logo explicando o José
O melhor é se prevenir
Guardar na careca ou no pé 

Lidia Izecson de Carvalho

Autora deste poema, é pedagoga, mestre em Educação e formadora de professores e leitores. Em 2006, recebeu o prêmio Jabuti de melhor obra paradidática.

Ilustração: Victor Malta