Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Reportagens | Apresentação | Reportagens


Por: Vivian Goldmann e Tatiana Pinheiro

Viagem pela literatura

Saiba como organizar ótimos momentos de leitura com os pequenos e assim estimular o interesse deles por bons textos literários

Despertar o encantamento pelos livros é a primeira coisa a fazer quando se trata de formar bons leitores. E isso vale para a rotina dos pequenos desde o berçário. Quando a criança ainda não é alfabetizada, cabe ao educador ler para ela. "A leitura de um adulto e uma criança em conjunto ajuda a provocar o interesse pelos textos literários", explica Patricia Diaz, pedagoga e coordenadora pedagógica da Comunidade Educativa Centro de Educação e Documentação para Ação Comunitária (Cedac), em São Paulo.

Segundo Emilian Fátima da Cunha Santos, formadora de coordenadores do Instituto Avisa Lá, também na capital paulista, o ideal é ler novas e velhas histórias, poemas, contos e crônicas, como as publicadas nesta edição especial. "Esse contato pode ser iniciado cedo, mas a seleção dos textos deve respeitar as características específicas para cada faixa etária, como o tipo de linguagem e as ilustrações", diz.

Entre as crianças da Educação Infantil, tem grande importância o tempo de duração das histórias. Elas devem ser curtas para prender a atenção. Poemas ou textos que contenham rimas e repetições também figuram entre as melhores escolhas. Nessa etapa, o educador pode formar pequenos grupos de leitura e privilegiar textos bem ilustrados. É possível introduzir narrativas mais extensas e complexas gradativamente, o que permitirá, aos poucos, o maior envolvimento dos pequenos com enredos e personagens. Depois disso, já dá para passar à leitura de livros por capítulos.

Para Marisa Lajolo, professora da Universidade Presbiteriana Mackenzie, é essencial que o educador leia muito para a turma. Isso significa ler de tudo: contos de fadas, fábulas, poemas, bilhetinhos, o cardápio da merenda, a lista de chamada. "A escola precisa estar mergulhada na cultura escrita. E ele precisa ler sem gaguejar e sem tropeçar nas palavras, com ritmo e entonação."

Também é preciso entender bem as características do texto a ser lido para a turma em voz alta, suas entrelinhas, sua relação com as ilustrações, e treinar a leitura previamente. No seu planejamento, o educador pode ainda buscar referências para apoiar o trabalho, como filmes e outras versões da narrativa, e programar como lerá a obra.

É igualmente importante elaborar uma ou mais questões de antecipação, que servirão para que as crianças ouçam a história buscando desvendar o desafio colocado. "Essa estratégia permite que elas façam inferências, criem expectativas sobre o que será lido e aguardem para conferir", explica Emilian. Para tanto, basta contar uma parte da história e deixar que os pequenos digam o que acham que vai acontecer.

A conversa das crianças sobre um texto é uma parte importante do processo. Isso pode ser feito por meio de questões estimulantes antes, durante e depois da leitura. Perguntar a elas sobre os trechos de que mais gostaram e quem foram seus personagens preferidos (em vez de questionar sobre os personagens principais) é um caminho possível. O ideal é avançar além da simples leitura, estimulando reflexões. "Só assim dá para conduzir uma discussão de maneira interessante", pondera Patricia.

Ritual de leitura

Ler com as crianças exige organização. Veja como preparar os pequenos para esse momento especial:

  • Treine a leitura, capriche na entonação e interprete a narrativa.
  • Estabeleça um horário fixo e diário para a roda de leitura.
  • Crie um cantinho aconchegante: vale colocar almofadas, apagar algumas das luzes para ler à meia-luz ou acomodar as crianças sobre um tapete à sombra de uma árvore.
  • Mostre as ilustrações do livro enquanto faz a leitura.
  • Antecipe mistérios da história para facilitar o entendimento.

Quer saber mais?

Contatos

  • Emilian Fátima Cunha Santos, dami_rog@yahoo.com.br
  • Marisa Lajolo
    , marisal@uol.com.br
  • Patricia Diaz, patricia@cedac.org.br

Bibliografia

  • A Formação do Leitor Literário - Narrativa Infantil e Juvenil Atual, Teresa Colomer, 454 págs., Ed. Global, tel. (11) 3277-7999, 53 reais
  • Letramento Literário - Teoria e Prática, Rildo Cosson, 145 págs., Ed. Contexto, tel. (11) 3832-5838, 27 reais
 Ilustração: Renato Faccini