O que fazer quando os alunos deixam o celular ligado durante a aula?

E agora, Telma? - Tecnologia

POR:
NOVA ESCOLA
Telma Vinha. Foto: Marina Piedade E agora, Telma?

Telma Vinha é professora de Psicologia Educacional na Unicamp e tira dúvidas sobre comportamento.

Clique aqui para mandar a sua dúvida

Pergunta enviada por Ana Lins, Florianópolis, SC

Ana, se um celular toca quando estou dando aula, prefiro lidar com a situação com bom humor, colocando a questão em particular ao aluno se isso se repetir. Queremos que os jovens sigam as regras por achá-las necessárias e não por conformismo ou medo de punições, não é mesmo? Assim, é válido que os aparelhos toquem durante algumas aulas incomodando os demais e, depois, nos espaços destinados à discussão dos conflitos (como as assembleias), o problema seja analisado por vários ângulos e se busquem soluções não punitivas. Esses acordos servem para melhorar a convivência. Porém é preciso incentivar o comprometimento de todos com as decisões tomadas. É sempre bom lembrar que uma regra não precisa ser rígida. Há exceções, como quando um parente está doente. Nesses casos, o ideal é discutir o uso consciente do aparelho, como pôr no modo vibratório e sair para atender. Esse processo contribui para um ambiente de respeito mútuo, no qual professores e alunos podem cooperar e se autorregular.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias