Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

  

5 práticas para exercitar a imaginação das crianças

Atividades para a descoberta de formas, texturas e cores, estímulo a expressão artística e interação com o ambiente

POR:
Larissa Teixeira
Crédito: Getty Images

A Educação Infantil é o período ideal para que as crianças desenvolvam sua capacidade de imaginação e curiosidade, já que estão começando a entender o mundo ao seu redor. Objetos do cotidiano, materiais plásticos e a argila, por exemplo, servem de suporte para a descoberta de formas, texturas e cores diferentes, além de estimular a expressão artística e a interação com o ambiente.

Confira, abaixo, algumas práticas inspiradoras que podem ajudar a criar brincadeiras na creche e na pré-escola, permitindo que os pequenos explorem novas sensações e exercitem a criatividade. Mas não esqueça: para garantir a progressão da aprendizagem, é importante que essas atividades sejam inseridas com regularidade na rotina das crianças e bebês.

Caixas sensoriais e ateliê de pintura

Nesta atividade, o professor oferece diversos materiais para a exploração das crianças, com formas, texturas e tamanhos diferentes. A partir deles, os pequenos podem observar suas características, fazer intervenções no ambiente ou até mesmo utilizá-los para criar histórias e narrativas.

Modelagem com argila

A argila é um material dinâmico que pode ser utilizado para pintura, desenho ou modelagem, oferecendo às crianças diversas possibilidades de criação e ricas experiências sensoriais. A prática também estimula a criatividade da turma, que pode dar forma aos mais diversos elementos do imaginário.

Exploração de materiais plásticos

A exploração de materiais plásticos, como misturas e melecas feitas com água, terra, areia, papel crepom e farinha, é ideal para crianças bem pequenas (de 1 a 2 anos). A atividade oferece aos bebês a possibilidade de manusear novas texturas, além de descobrir os efeitos que as suas ações provocam na interação com o mundo.

Brincadeira de faz de conta

Um dos melhores instrumentos de estimulação da capacidade criativa da criança, a brincadeira de faz de conta ajuda a desenvolver a linguagem verbal e a imaginação, além de melhorar a qualidade das interações com os colegas e adultos. Ela pode ser realizada com objetos diversos, como talheres, tecidos, e brinquedos. 

Objetos do cotidiano

Diversos materiais do cotidiano podem ser reinventados na escola para criar brincadeiras e estimular a linguagem corporal. Objetos que, a princípio, não são reconhecidos como brinquedos, como fios de elásticos, tecidos, pneus e caixas de papelão, servem de suporte para a criação de desafios e experiências sensoriais.