Diante de tantos assuntos, as aulas de História precisam ser divertidas?

Didática

POR:
NOVA ESCOLA
Heloisa Ramos. Foto: Marina Piedade Neury responde

Neurilene Martins é doutora em Educação e professora do curso de Pedagogia do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge) e responde a dúvidas sobre sala de aula

Clique aqui para mandar a sua dúvida

Pergunta enviada por Antonio Alves, São Pedro da Água Branca, MA

Não, Antonio. A postura intelectualmente ativa esperada do estudante e a construção de novos saberes quase nunca incluem a diversão como ponto de partida. O fundamental é que a proposta pedagógica desenvolvida desperte o interesse dos alunos e os desafie a aprender. Isso deve ser feito de forma que eles entendam os esforços necessários para dar conta do trabalho proposto. Elementos da aprendizagem significativa devem ser considerados na construção desse cenário pedagógico com destaque para o necessário diálogo entre os conhecimentos cotidiano, científico e escolar. O trabalho intelectual nem sempre tem como mote o prazer - e sim problemas a resolver. No entanto, a conclusão de um processo de aprendizagem tem muitos sabores e prazeres, como as conquistas e os avanços de cada aluno.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias