Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias

Faltam para:   

Devemos separar gêmeas que sempre estudaram juntas?

E agora, Telma? - Família

POR:
NOVA ESCOLA
Telma Vinha. Foto: Marina Piedade E agora, Telma?

Telma Vinha é professora de Psicologia Educacional na Unicamp e tira dúvidas sobre comportamento.

Clique aqui para mandar a sua dúvida

Pergunta enviada por Angela Maria Gusmao Dutra, Belo Horizonte, MG

Alguns gêmeos têm necessidade de permanecer juntos, pois dessa forma se sentem seguros e se adaptam melhor a novas situações. Nesses casos, é preferível deixá-los na mesma classe. Se a separação for forçada, pode causar angústia e queda no rendimento. Contudo, cedo ou tarde, eles terão de vivenciar situações sozinhos - e vão se sair melhor se os ajudarmos a criar independência. Na escola, Angela, incentive as meninas a interagir com os colegas propondo atividades em grupo e jogos cooperativos. Fora dela, sugira que realizem atividades sozinhas, como visitar a casa de um amigo ou fazer um curso diferente. À medida que elas se tornarem mais independentes, escola e pais perceberão o melhor momento para separá-las. Ajudar as crianças a lidar com as dificuldades é importante para desenvolver a autoconfiança. Não devemos impor a separação às gêmeas nem tratá-las como se fossem incapazes de enfrentá-la.

 

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias