Uma criança de 7 anos é agressiva. Quando procurar o conselho tutelar?

Descontrole infantil

POR:
NOVA ESCOLA
Telma Vinha. Foto: Marina Piedade E agora, Telma?

Telma Vinha é professora de Psicologia Educacional na Unicamp e tira dúvidas sobre comportamento.

Clique aqui para mandar a sua dúvida

Pergunta enviada por Raquel Costa, Rio de Janeiro

Esse é o último recurso. Por mais difícil que o pequeno seja, é papel da escola planejar intervenções que o ajudem a lidar com a raiva, o descontrole e a impulsividade, substituindo atos agressivos por palavras. Um aluno assim pode gerar rejeição. Favoreça os vínculos de amizade dele brincando junto e auxiliando-o nos conflitos. Fique atenta às situações que desencadeiam a agressão e o ajude a lidar com as frustações de outra forma. Acalme a criança e a incentive a conversar com o colega. Pergunte: "Como ele pode saber quanto você está bravo sem que precise bater?". Acolha-a após as crises, ajude-a a conhecer outros modos de reagir e dê oportunidade para que compense ou repare o que fez. Na literatura, há vários procedimentos para enfrentar esse comportamento, como manejo da raiva e atividades de expressão de sentimentos. Vale estudá-los e elaborar um programa de intervenção e acompanhamento.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias