Uma criança de 2 anos tem um amigo imaginário. Como agir?

Fantasia

POR:
NOVA ESCOLA
Telma Vinha. Foto: Marina Piedade E agora, Telma?

Telma Vinha é professora de Psicologia Educacional na Unicamp e tira dúvidas sobre comportamento.

Clique aqui para mandar a sua dúvida

Pergunta enviada por Bruna Correa, São Paulo

O amigo imaginário é uma forma de jogo simbólico. Esses jogos são expressões espontâneas que a criança usa para tentar entender os papéis dos adultos. Ela reelabora as experiências pelas quais passou, alterando-as para atender a desejos, vontades, interesses e necessidades. O faz de conta é valioso para o equilíbrio emocional, pois dá aos pequenos a chance de transformar a realidade, seja para resolver ou compensar dificuldades, seja para levar magia para o cotidiano. É importante que você, Bruna, não apenas permita que a criança jogue simbolicamente na escola como também abra espaço para isso. Quando ela mencionar o amigo imaginário, fale sobre o assunto. Pergunte do que brincam, do que ele gosta, como ele é. Com o tempo, o amigo desaparecerá espontaneamente. Fique atenta, ainda, para intervir se outros alunos, geralmente mais velhos, zombarem dela.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias

Tags

Guias