É correto usar um apito para disciplinar os alunos?

O apito, embora não seja a melhor opção, pode ser empregado se o uso dele for decidido pelo grupo

POR:
NOVA ESCOLA
Telma Vinha. Foto: Marina Piedade E agora, Telma?

Telma Vinha é professora de Psicologia Educacional na Unicamp e tira dúvidas sobre comportamento.

Clique aqui para mandar a sua dúvida

Pergunta enviada por Klinthia Oliveira da Silva, Manaus, AM

O problema não está no uso do instrumento, Klinthia, mas no fato de o controle da disciplina estar centrado no professor. Mais do que discutir se devemos usar apito, sino ou outra forma de controle, é preciso pensar em como se chegou a essa solução e se a elaboração e a aplicação dela foram democráticas. Procure sempre envolver os alunos na reflexão e na busca por soluções para questões que dizem respeito a eles. Essas são oportunidades de aprendizagem do diálogo, da negociação, da procura por soluções e da construção de regras que beneficiam todos, promovem o respeito e melhoram a convivência. O apito, embora não seja a melhor opção, pode ser empregado se o uso dele for decidido pelo grupo após uma conversa sobre os problemas - e se qualquer um que se sentir incomodado possa soprá-lo como um sinal para que a turma fale mais baixo. Se a ideia não trouxer os resultados esperados, coloca-se novamente a questão para a turma. Lembre-se de que as soluções que não dão certo também são boas oportunidades de trabalhar a regulação de um grupo.

Tags

Guias

Tags

Guias