Como proceder quando a mãe de um aluno o proíbe de participar de uma aula sobre lendas urbanas alegando motivos religiosos?

Religião

POR:
NOVA ESCOLA
Heloisa Ramos. Foto: Marina Piedade Neury responde

Neurilene Martins é doutora em Educação e professora do curso de Pedagogia do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge) e responde a dúvidas sobre sala de aula

Clique aqui para mandar a sua dúvida

Pergunta enviada por Ivanoilda Azevedo de Oliveira, Itaetê, BA

É fundamental que você e o coordenador pedagógico escutem as críticas dessa mãe e busquem compreender a lógica familiar. Em seguida, é hora de retomar a proposta pedagógica do ano em que o garoto está e usá-la para apresentar claramente os objetivos do trabalho. Mostre que a atividade não tem nenhuma função de doutrinação, catequese ou moralização. Lendas como A Loira do Banheiro ou O Velho do Saco são parte do universo cultural contemporâneo. Portanto, podem ser incluídas em propostas voltadas à formação de leitores e escritores proficientes no âmbito das práticas sociais. A apreciação e a produção de narrativas literárias de diferentes gêneros devem compor o portfólio dos estudantes durante toda a trajetória escolar.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias