Matemática: usando dinheiro para estabelecer frações

Alunos vão relacionar composições e decomposições de quantidades de dinheiro utilizando diferentes moedas e estabelecendo equivalências entre elas

POR:
NOVA ESCOLA

Objetivo(s) 

  • Relacionar composições e decomposições de quantidades de dinheiro utilizando diferentes moedas e estabelecendo equivalências entre elas. 
  • Relacionar representações fracionárias e decimais. 

Conteúdo(s) 

  • Reconstrução de uma quantia de dinheiro usando moedas variadas;
  • Escritas de expressões que representam equivalências entre quantidades;
  • Análise da informação contida na notação decimal;
  • Adição e subtração em problemas envolvendo preços em reais.

 

Ano(s) 

Tempo estimado 

2 aulas

Material necessário 

  • Calculadora;
  • Lápis;
  • Papel.

Desenvolvimento 

1ª etapa 

Para introduzir ou retomar a relação entre representações fracionárias e decimais, propor situações envolvendo o contexto do dinheiro. Formar duplas e apresentar um problema usando moedas dos seguintes valores: R$ 1,00, R$ 0,50, R$ 0,10, R$ 0,05 e R$ 0,01. (O professor irá levar pra sala) . Propor que os alunos escrevam três maneiras de pagar R$ 3,75 (informar que eles podem usar várias moedas de um mesmo valor). Discutir as respostas com todos e pedir que cada um cite duas maneiras de formar R$ 0,87 e R$ 2,08. Analisar com a classe as possibilidades, incluindo os erros. Por exemplo, formar R$ 2,08 com 28 moedas de 10 centavos. Discutir os equívocos e pedir que digam se estão de acordo e justifiquem.

 

Anote no quadro-negro R$ 0,87 e R$ 2,08 e discuta a diferença entre o 8 de 0,87 e o 8 de 2,08.

2ª etapa 

Perguntar aos alunos quantas moedas de 10 centavos são necessárias para pagar as seguintes quantias: R$ 1,00, R$ 2,00, R$ 5,00, R$ 3,50. Depois, pedir que digam como pagar as mesmas quantidades com moedas de 50 centavos, de 25 centavos e de 1 centavo. Discutir se em todos os casos foi necessário fazer contas ou se encontraram outro jeito.

 

3ª etapa 

Para que a turma reconheça que 10 centavos equivalem a 1/10 de real e que 1 centavo é igual a 1/100 de real, organizar duplas e pedir que dividam igualmente R$ 1,00 por dez crianças. Proponha também que registrem os resultados com frações ( os alunos já tiveram aula sobre noção de frações). Propor que pensem no que aparecerá no visor da calculadora se fizerem o cálculo 1 : 10. Eles anotam o resultado e depois conferem na calculadora. Anotar as conclusões no quadro e pedir que copiem: 10 centavos = R$ 0,10 = R$ 1/10; 1 centavo = R$0,01 = R$ 1/100. Para estender esse recurso, propor que façam o mesmo com R$ 2,00, R$ 5,00, R$ 8,00, R$ 2,50, R$ 0,80 e R$ 0,10. Orientar os alunos a registrar os resultados utilizando frações.

 

4ª etapa 

Hora de generalizar o recurso utilizado no contexto do dinheiro. Pedir que resolvam os seguintes cálculos: 1 : 10, 4 : 10, 7 : 10, 2 : 10, 5 : 10 e 8 : 10. Depois, escrever o resultado com frações e com números com vírgula. Propor que observem que com base em cada divisão feita é possível deduzir o resultado de uma multiplicação por 10. Por exemplo: como 2 : 10 = 0,2, se deduz que 0,2 x 10 = 2.

 

Avaliação 

Retomar as anotações sobre a divisão de 1:10. Propor que se apoiem no que sabem sobre dinheiro e reflitam sobre as seguintes relações: 1 : 100 = 0,01, 0,1 : 10 = 0,01, 0,01 x 10 = 0,1, 0,1 x 10 = 1 e 0,01 = 1/100. Escrever essas relações no quadro e pedir que expliquem cada uma delas.    

Flexibilização 

1ª etapa  Flexibilização de recursos  O aluno pode ter como mote para as atividades o uso de folhetos de propaganda de supermercados, que se referem a um contexto conhecido e ajudam a lidar com situações da vida prática envolvendo números com vírgula. Se preferir, apresente esse material a todos.   2ª etapa  Flexibilização de tempo  No início de cada aula, retome o que foi feito na aula anterior. A repetição ajuda na compreensão   3ª etapa Flexibilização de recursos  Se necessário, priorize o uso da calculadora como recurso para a realização das operações.   Flexibilização de conteúdos  Retome o uso da calculadora e adeque o conteúdo para as competências do aluno, por exemplo, apresentando frações que já são de seu domínio.   4ª etapa Flexibilização de conteúdos  Dê números com vírgulas com foco só no sistema monetário.   Avaliação  Flexibilização de conteúdos  O aluno pode ir à cantina para conferir preços e realizar cálculos sobre o troco.   Flexibilização de recursos  Se necessário, proponha o uso da calculadora.  

Deficiências 

Intelectual

Créditos: Elaine Peres Ávila Formação: Professora da Escola Projeto Vida, em São Paulo, SP.