Como orientar adolescentes que não cuidam da higiene?

E agora, Telma? - Asseio

POR:
NOVA ESCOLA
Telma Vinha. Foto: Marina Piedade E agora, Telma?

Telma Vinha é professora de Psicologia Educacional na Unicamp e tira dúvidas sobre comportamento.

Clique aqui para mandar a sua dúvida

Pergunta enviada por Marineuza Carbolin, Peixoto de Azevedo, MT

Uma forma de estimulá-los a cuidar da higiene pessoal é incorporar esse tema ao programa com aulas sobre as transformações do corpo características da adolescência e os cuidados necessários nessa nova fase da vida.

Adolescentes tendem a se preocupar com a aparência, pois estão sempre às voltas com namoros e paqueras. Use isso a seu favor. Conheço uma professora que montou um kit de beleza para a classe, contendo gel, perfumes, esmaltes, gloss, desodorante, creme dental e cortador de unhas, entre outros itens. Quinze minutos antes do intervalo, ela liberava os alunos e deixava que eles se arrumassem. Na verdade, até os ajudava com penteados e retoques de maquiagem. Ou seja: a professora os valorizava (e os estudantes adoravam, é lógico).

Uma experiência desse tipo pode mudar o comportamento dos seus dois alunos. Independentemente disso, você deve conversar com os pais desses jovens e pedir que ajudem os filhos a se conscientizar da importância de adotar padrões adequados de higiene pessoal. A colaboração da família em casos desse tipo é decisiva.

Compartilhe este conteúdo:

Tags

Guias

Tags

Guias