Ir ao conteúdo principal Ir ao menu Principal Ir ao menu de Guias
Planos de Aula
02 de Setembro de 2017 Imprimir
5 4 3 2 1

Leitura de poemas: a linguagem poética

Por: novaescola

Objetivo(s) 

  • Perceber as especificidades da linguagem poética.
  • Ler poemas ajustando a leitura ao texto escrito.

Conteúdo(s) 

  • Leitura.
  • Elementos da oralização das poesias: ritmo, rimas, entonação, falsas terminações etc.

Ano(s) 

3º, 4º, 5º

Tempo estimado 

6 aulas

Material necessário 

  • Cartolina.
  • Cópias de alguns textos do livro Manuel Bandeira - 50 Poemas Escolhidos pelo Autor
  • Cópias xerocadas dos poemas que você escolher. Sugestões: Berimbau, Irene no Céu, Rondó dos Cavalinhos, Boca de Forno e Vou-me Embora pra Pasárgada.

Desenvolvimento 

1ª etapa 
Pergunte aos alunos se eles já viram alguém recitando poesias. O que uma pessoa precisa fazer para tornar esse texto bonito de ouvir? Estimule-os a refletir sobre essa questão distribuindo cópias das poesias de Manuel Bandeira e tocando o CD que vem com o livro. Deixe a turma ouvir algumas vezes, levantando idéias sobre os recursos da leitura. Registre as mais pertinentes em um cartaz, que servirá como material de consulta para o restante do trabalho.

2ª etapa 
Explique aos alunos que agora você fará a leitura dos poemas. Peça que eles observem sua forma de interpretar. Chame a atenção para a cadência pedindo que a classe acompanhe o poema com palmas em diversos ritmos. Em qual velocidade a leitura ficou melhor? Por quê? Em seguida, varie a entonação e pergunte: que tipo de voz transmite melhor as emoções presentes no texto? Discuta as sensações que cada interpretação despertou, enfatizando que o poema é um dos gêneros literários que melhor exprimem sentimentos - e que a leitura pode reforçar ou diminuir o efeito pretendido.

3ª etapa 
Organize as crianças em quartetos e entregue cópias de uma das poesias escolhidas. Explique que, enquanto uma delas lê a poesia em voz alta, as outras devem observar se a leitura segue as observações registradas no cartaz. Por fim, o grupo deve discutir o que cada um precisa melhorar para tornar a leitura mais envolvente.

Avaliação 

Observe o desempenho da turma em relação a algumas questões, como: "O aluno lê com fluência?", "Lê alto e com entonação?", "Posiciona o texto adequadamente, sem cobrir o rosto?" e "Controla o ritmo da falar?". Levando em conta as dificuldades, auxilie cada um nos aspectos que devem ser melhorados com a análise de bons modelos: algum colega ou o CD que acompanha o livro.

Flexibilização 

Flexibilização para deficiência intelectual (aluno em fase inicial de alfabetização)  ?Recitar poesias explorando os recursos existentes na oralidade. Repertório facilitador para início de alfabetização, como poesias de Cecília Meireles e Cora Coralina. Solicite ao AEE um trabalho com o gênero, antecipando o repertório que será utilizado em sala. Sugira vídeos e áudios com declamações. Caso seja necessário, organize com os professores específicos (de informática ou de Arte), momentos para essa atividade complementar. Antecipe uma poesia ou parte dela para que o estudante memorize-a com o auxílio do professor do AEE, pois a participação dele será com um texto (ou parte dele) memorizado. Caso seja necessário, proponha a memorização de uma frase ou uma estrofe com a colaboração dos colegas e desafie o grupo a fazer uma apresentação. Avalie o aluno de acordo com o objetivo. Verifique também o conhecimento do repertório literário, a percepção da sonoridade e o aperfeiçoamento da oralidade.  

Deficiências 

Intelectual

Créditos: Luara Leal Formação: Professora da EMEF Ângelo Raphael Pellegrino, em São Caetano, SP.

Tenha acesso a conteúdos e serviços exclusivos
Cadastre-se agora gratuitamente
Cadastrar